História Os sonhos de uma garota~♡ - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jungkook, Romance
Visualizações 18
Palavras 1.332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghassheyo pessoas, tudo bem com vcs? Espero que sim 😊 Voltei com um capítulo da fic do nosso delicioso Jãocu ❤ espero que gostem. Boa leitura ❤😊

Capítulo 15 - Cáp 15_ Ela conseguiu!


Fanfic / Fanfiction Os sonhos de uma garota~♡ - Capítulo 15 - Cáp 15_ Ela conseguiu!

Anteriormente:

Estava encarando o celular esperando a Ligação de Leticia até que recebo a mesma. Por impulso atendo na hora.

{ Ligação On }

Jk- Alo?

Lt- Kookie! A cirurgia foi um sucesso! Ela está bem e vocês tem dois filhos lindos.- Recebo uma notificação e ao ver vejo pela primeira vez meus filhos...

Continuação...

Lt- Kookie! A cirurgia foi um sucesso! Ela está bem e vocês tem dois filhos lindos.- Recebo uma notificação e ao ver vejo pela primeira vez meus filhos... Naquele momento entrei em euforia. A sensação de saber que o amor da minha vida e meus filhos estão bem, foi a melhor sensação que alguém poderia sentir.

Jk- Eu sou pai?- Digo baixo, quase um sussurro, mas a mesma ouviu.

Lt- Sim kook, você é pai!- Ela começa a chorar. - Vou ter que desligar. Acho que hoje não poderei mais ligar, então amanhã falo com você. Tchau kook. Parabéns.

{ Ligação Off }

Jm- Então Kook o que foi?- Todos estavam olhando pra mim. Levanto a cabeça sorrindo e com lágrimas nos olhos.

Jk- Ela conseguiu Hyungs. Parece que agora eu sou pai.- Eles começaram a gritar e Vinheram me abraçar.

Hk- AaaaaEeeeeeee kook.

Jn- Parabéns Kook.

V- Tem alguma foto? EU QUERO VER!

Jk- Calma eu vou mostrar.- Pego o celular e mostro a foto (foto da capa). Eles pegam o celular e me derrubam no chão.

Jn- Olha como são lindos...

Jm- Que fofos!

Hk- Vou roubar pra mim.

Yg- Olha mini swaeg's

V- A AAAAAHHHHHHH EU QUERO APERTAR! ALGUÉM ME SEGURA.- Hobi segura Taehyung.

Jm- Olha essas bochechas!

Hk- Só eu que acho que eles são a cara do Jungkook?- Todos olham pra mim e depois pro celular novamente.

V- É mesmo.

Jk- Deixa eu ver isso.- Pego o celular novamente. Olho a foto novamente, mas dessa vez preto atenção em todos os detalhes, cada cor, traço, tudo com atenção. Acabo me apaixonando. • Meu Deus, como criaturas tão perfeitas podem ser meus filhos?• Acabo me sentando na cama.

Jk- Eles... são.... lindos.

Jn- Own um pai apaixonado.

Rm- Vamos deixar você em paz.

V- O que? Porque? Eu quero saber mais dos bebês.

Jm- Vamos Tae.- Eles puxam o Tae e saem, foi me organizar para dormir. Ao voltar pro quarto, me deito e fico encarando a foto. • Agora vocês e sua mãe vão vir pra cá e poderemos montar nossa família. Prometo ser o melhor pai do mundo. Obrigado Deus por essa chance de me fazer mais feliz. • Fico encarando a foto por mais alguns segundos e logo pego no sono.

{ Pov's Amanda On}

Acordo e logo sinto uma dor mais que insuportável na minha barriga, olho pros lados e percebo que estou no hospital. • O que aconteceu? Por que minha barriga está menor? Será que?? Não, não, não. Não posso ter perdido meus bebês.• Começo a chorar, logo vejo minha mãe entrando, logo ela pergunta:

N- Filha já acordou? O que houve? Porque está chorando?- Veio até mim e se sentou na cama.

Am- Mãe não me diga que eu perdi os bebês por favor...

N- O que?! Não filha! Pelo contrário. Você já os teve.

Am- Como assim mãe?!

N- Você sofreu um acidente enquanto voltava pra casa, e tiveram que fazer uma cesariana de emergência.

Am- E como eles estão? Posso ve-los?

N- Mesmo eles sendo prematuros, não precisaram de nenhum atendimento medico especial, e eu já ia busca - los. Eles tinham ido tomar banho e eu fui para a lanchonete comer. Tavares foi em casa com Felipe para pegar algumas roupas suas, Jorge está em casa arrumando as coisas dele, mas ele já veio aqui lhe ver.

Am- Ata... mãe e o kook?

N- Eu falei que você estava em cirurgia...

Am- Ai meu Deus eu tenho que ligar pra ele, ele deve estar preocupado.- Digo tentando me levantar sem sucesso.

N- Tudo bem. Tavares já falou com ele, até já mandou uma foto dos bebês.

Am- *suspira aliviada* Aí que bom. Mãe pode ir pegar meus filhos? Eu quero muito ve-los.

N- Claro. Espera um pouquinho.- Ela me da um beijo na testa e sai, mas após mais ou menos 15 minutos depois volta com meus dois anjinhos.

N- Amanda esses são seus filhos: Yang-mi Tuan Jeon e Kwan Tuan Jeon.- Eu não aguento e começo a chorar.- quer segura - los?- Assinto com a cabeça e pego eles. • Os melhores presentes que eu já ganhei, as crianças mais lindas do mundo, e melhor de tudo, meus filhos são saudáveis.• Minha mãe me ajuda e e eu logo começo a amamentar a Yang-mi, Ela comia enquanto olhava pra mim.

Am- *voz de bebê* Quem é a menina mais esperta desse mundinho?- Ele fica mais um tempo mamando e depois foi a vez de Kwan. O pequeno menino era diferente, mamava de olhos fechados, suavemente e sem pressa. Mas logo percebo que ele parou de mamar e coloco ele no berço do hospital. Fico os admirando mais um tempo e durmo.

Me vejo na sala, mas dessa vez já estou deitada na cama, como eu não conseguia me mecher muito por causa da dor na barriga, então eu apenas fiquei parada esperando o kook...

Jk- Amor?- olho pra ele e ele está em frente a porta, o mesmo vem correndo até mim e me abraça.- Ai amor, eu tive tanto medo de te perder.

Am- Calma eu estou aqui.- Abraço ele mais forte, mas logo sinto a dor e digo:- Kook será que pode me abraçar menos forte? É que ainda está doendo.

Jk- Ai Meu desculpe.- ele me deita suavemente na cama.- Então como foi o parto?

Am- Não sei. Não senti nada.

Jk- Como eles são?

Am- *sorri* São muito lindos, espertos e fofos. Eles já mamaram e agora estão dormindo.

Jk- Eu vi uma foto deles. Eu me apaixonei.

Am- *risos* Eu também. Nunca pensei que amaria alguém tanto assim.

Jk- Eu também.- Ele pega minha mão e olha em meus olhos.- Eu prometo ser o melhor pai do mundo.

Am- Eu ja sabia que você seria o melhor pai do mundo.

Jk- Eu te amo.

Am- Eu te amo.- Nos beijamos e nos abraçamos, ficamos um tempo em silêncio até que ele quebra.

Jk- Era pra ser uma surpresa mas... Amor, eu já comprei nossa casa.- Ele separa o abraço.

Am- Amor... Eu já falei que eu iria morar com meus pais até ficar maior de idade.

Jk - Eu sei. É que eu gostei muito daquela casa e eu tenho certeza que você vai amar... então não me segurei. Não precisamos morar lá agora, podemos esperar um tempinho.

Am- Tá bom, me convenceu.- Beijo ele de novo.

Jk- Quando vocês vem pra Coréia?

Am - Acho que daqui a 4 meses mais ou menos. Por que ainda precisamos pegar o passaporte e tirar o visto, então infelizmente vai demorar um pouquinho.

Jk- Eu estava tão ansioso pra ver os bebês. - Faz um biquínho triste.

Am- Que tal eu ligar pra você assim você vai ve-los.

Jk- Ótima idéia. Mas você não está no hospital?

Am- Sim, mas não tem problema, é só não mostrar seu rosto pro lado de fora. Kook, só vou poder ligar quando estiver um pouco mais recuperada.

Jk- Ok. Se for assim, eu aceito.- Ele me abraça.

Am- Amor estou um pouco preocupada.

Jk- Com o que?

Am- É que... eles são tão novinhos e já estão viajando de um lado pro outro. Não quero que a vida deles seja agitada, quero que seja calma, com uma infância comum e feliz.

Jk- Eu sei amor. Mas prometo que eles vão ter a infância mais comum, normal, divertida e feliz que qualquer criança precisa.- Ele beija minha testa.

Am- Eu ja disse que eu te amo e que sou perdidamente apaixonada por você?

Jk- Já. Mas eu adoro ouvir você repetir.- Ele me beija. Nos deitamos na cama e logo dormimos abraçados.

CONTINUA????


Notas Finais


Muito obrigado por ter lido. Até o próximo capítulo se Deus quiser. Bjs amo vcs ❤😍😚😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...