História Os Terroristas De Konoha - Capítulo 8


Escrita por: ~

Visualizações 15
Palavras 720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui está o Capítulo 8 e eu espero que vocês se divirtam. Vou tentar postar os capítulos dessa fic o mais rápido possível porque preciso terminá-la o quanto antes pra poder focar nas minhas originais.

Capítulo 8 - O Estuprador Invisível


Sakura Povs On:

Eu entrei naquele quarto , tirei minha roupa por causa do caloir e fiquei me olhando no espelho.

Sakura: Até que eu estou bem gostosa.

 Então eu entrei no banheiro, já que o quarto era uma suíte, e tomei uma ducha de água quente, depois saí do banho com um roupão branco e sentei-me de frente ao espelho, tirando a toalha da cabeça e arrumando o meu cabelo, quando escuto alguma coisa.

Sakura: Sasuke? É você? Deidara?

 Eu olho ao redor mas não vejo nada, apenas a porta do quarto fechando sozinha, o que era bem estranho já que eu me lembrava muito bem de tê-la fechado.

Sakura: Quem está aí? – Eu pergunto.

 Então alguma coisa invisível do nada arranca o meu roupão e começa a apalpar meus peitos.

Sakura: Aaaaaah! Me solta! Mas o que é isso?!

 Então a coisa invisível me derruba da cadeira e eu caio deitada, então tudo fica tranquilo, mas do nada eu sinto alguma coisa lambendo minha região íntima e pesar de estar gostoso eu fiquei com muito medo e dei um chute na cara dele, mesmo sem poder vê-lo.

Estuprador Invisível: Você não devia ter feito isso!

Sakura: Quem é você?

Estuprador Invisível: Agora sofra as consequências!

 Então ele me puxou e me deixou de quatro, me penetrando bem na porta dos fundos. Eu grito assustada e sem poder fazer nada , então de repente ele para e tudo fica  mais calmo. Eu olho pra porta e a vejo abrir e fechar novamente.

Sakura: Acho que ele foi embora, graças à Pein.

Sakura Povs Off

Deidara Povs On:

 Eu estava no meu quarto escolhido, sentado na cama e brisando, quando de repente ouço alguns gritos vindos do corredor.

- Pare! Pare com isso! É tão grande! – Dizia os gritos, que parecia ser de uma garota.

Fiquei cagando de medo.

Deidara: Eu to fodido, essa casa é mal-assombrada!

 Eu me deito na cama e me cubro com o cobertor, como se fosse adiantar de alguma coisa. Ouço a porta do meu quarto abrir e passos vindos em direção à minha cama.

Deidara: Quem ta aí?!

 Então de repetente alguma coisa puxa o cobertor bruscamente de mim, revelando meu esconderijo secreto.

Deidara: Ai merda! Que porra foi essa?

 O pior era que eu não tava vendo nada, mas tinha alguma coisa ali!

Estuprador Invisível: Muahahaha! Agora eu vou estuprar você!

Deidara; Que porra é essa?! Quem falou isso?! É pegadinha do Silvio Santos?

 Então alguma força invisível vai tirando minha camiseta e depois minha calça, até finalmente retirar minha peça íntima.

Estuprador Invisível: O que?! Você é homem?!

Deidara: Não ta vendo o meu pau não seu merda?!

Estuprador Invisível: ta difícil, mas eu to!

Deidara: Até você...

Estuprador Invisível: Porra, o que é que eu to fazendo da minha vida? Eu quase  comi um homem! Acho que eu vou sair daqui e nunca mais voltar!

 Ele então pulou pela janela. Como eu sei? A mesma se quebrou em estilhaços.

Deidara: Mas que porra foi essa?

Deidara Povs Off

Madara Povs On:

Madara: Galinhas!

Madara Povs Off:

Sasuke Biersack Povs On:

Eu estava no quarto ouvindo algumas músicas bem obscuras e trevosas no meu fone de ouvido. Eu havia ouvido alguns barulhos estranhos, como o de vidro se quebrando, mas foda-se, não to nem aí. Do nada Sakura e Deidara entram no meu quarto com cara de quem viu uma sombração.

Sakura: Sasuke! Eu vi uma assombração!

Eu tiro o fone de ouvido.

Sasuke: QUE?!*

Deidara: É verdade cara! Tem um fantasma nessa casa, esse lugar é mal-assombrado!

Sakura: Sim, e ele é um estuprador ainda por cima! Ele me estuprou bem na porta dos fundos!

Deidara: Credo.

Sasuke; Vão se fuder! Você entram no meu quarto, interrompem minha música bem na parte do solo, só pra contar uma história idiota dessas?!

Deidara: Mas é verdade!

Sakura: Sasuke, nós temos que sair daqui, e rápido!

Sasuke: Silêncio sua testuda! Essa história não cola não! Eu já to cansado, nós vamos passar essa noite aqui e ponto final!

Sakura e Deidara: ...

Narrador: Os dois então voltaram para seus quartos e dormiram. O que será que vai acontecer no dia seguinte? O que o destino reserva aos nossos heróis?

Sasuke: Cala a boca aê porra! Eu to tentando dormir!

Narrador: Filho da puta!


Notas Finais


Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...