História Os Tombos do Chittaphon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Johnny, Ten
Tags Boyxboy, Chittaphon, Gay, Johnny, Johnten, Malexmale, Nct, Neo Culture Technology, Ten, Tenny, Yaoi
Visualizações 84
Palavras 320
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amém JohnTen 💗


~ Boa Leitura 🌈 ~

Capítulo 1 - Único


Os Tombos do Chittaphon - Capitulo Único

ChanHyunKim

-----

Eu, Chittaphon, sou um ser extremamente desgorvernado e muitas das vezes isso me causa um constrangimento enorme, é péssimo.

Bem, micões a parte, falamos sobre isso depois, vamos falar sobre o presente, hoje Seo Youngho, aquele deus grego a.k.a meu senpai e melhor amigo (clichezão mas né…) vai dormir aqui em casa, coisa que acontece todo bem no dia 13, um dia sagrado desde que nos conhecemos.

Mas atualmente isso tem tido um lado ruim, Johnny está bravo comigo por eu estar viciado em uma música brasileira que eu não sei o nome ou a cantora, sei que ela diz “Já que é pra tombar, tombei”. É bem legal, pesquisei na internet e isso significa algo como “Já que é para cair, caí”, tombo é uma palavra bem engraçada. Enfim, essa é mais uma vez em que eu estou cantando essa música, risos.

— Já chega! Eu estou traumatizado com o Brasil depois dessa! Pare de cantar isso, por favor! É tão chato! — suas bochechas ficaram vermelhas, acontece quando ele está com raiva.

— Aish hyung, não seja assim, vá tomar um banho e esfrie a cabeça, sim? — ele suspirou e foi. O legal do hyung é que ele sempre me escuta, porque eu sempre tenho a razão.

Algum tempo depois dele ter ido ainda estava lá, mas eu queria ir ao banheiro e já não dava mais para aguentar.

— Ei hyung, saia logo, eu quero fazer xixi! — estou parado em frente a porta, quando ela abre dou de cara com um Johnny sexymente – não se essa palavra existe, provavelmente não – molhado jogando os cabelos para trás.

Bem, como já dizia uma bela poeta: Já que é pra tombar, tombei! Só que no sentido literal, eu realmente tropecei nos meus pés enquanto ia um pouco pra trás para dar espaço para o hyung passar e tombei, mas com motivos porque ô homenzão da porra!


Notas Finais


Eai povão? Likaram? Espero q sim ^^
Coments plz


Tchaau 😘💖🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...