História Os três lados do guerreiro - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Baraggan Louisenbairn, Genryuusai Shigekuni Yamamoto, Gin Ichimaru, Hirako Shinji, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Kaien Shiba, Kaname Tousen, Kensei Muguruma, Nelliel Tu Odelschwanck, Orihime Inoue, Personagens Originais, Renji Abarai, Rukia Kuchiki, Shihouin Yoruichi, Soi Fong "Soifon", Ukitake, Ulquiorra Schiffer, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Zangetsu
Tags Ação, Guerra, Hollows, Hueco Mundo, Ichigo, Luta, Quincy, Reviravoltas, Rukia, Soul Society, Suspense, Urahara
Visualizações 143
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei muito mas cheguei, estava tendo problemas para achar tempo e escrever a história mas finalmente a vida deu uma trégua. espero que gostem do novo capitulo. Comentem o que acharam ou qualquer duvida que tiverem.

Capítulo 13 - Traição e assasinato


Fanfic / Fanfiction Os três lados do guerreiro - Capítulo 13 - Traição e assasinato

Dangai, a passagem entre os mundos.

Os três tenentes andavam pelo túnel sombrio escuro, Hisagi levava a prisioneira desacordada enquanto os outros dois se ajudavam a andar, eles andavam devagar já que ainda estavam se recuperando da derrota contra o estranho garoto ruivo, Omaeda mancava lento enquanto era carregado Kira, mas isso não impedia o shinigami de reclamar o tempo todo:

- Maldito garoto eu ainda acabo com ele, se eu tivesse mais tempo eu teria...

- Teria apanhado ainda mais- Hisagi o cortou- não sei se fosse esqueceu, mas ele nem suou para te derrotar.

- E com você não foi diferente Hisagi- o gordo retrucou zangado- eu não tive tempo de usar a espada, mas você e o Kira foram derrotados usando as suas shikais!

- Ainda bem no final tudo acabou tudo bem- Kira tentou diminuir o clima tenso entre eles- o capitão Ichimaru apareceu e conseguimos terminar a missão.

- E cadê o capitão falando nisso?- Hisagi falou parando no caminho- ele não disse que vinha atrás da gente Omaeda?

Mas o grande shinigami não respondeu, ele ficou imóvel sem falar olhando para o vazio e então caiu sem vida no chão. Os com outros tenentes ficaram chocados ao ver o companheiro morto diante dos seus olhos com um pequeno corte nas costas e antes mesmo que pudessem ajuda-lo eles ouviram um assobio agudo como se algo cortasse o ar, mas Kira conhecia esse assobio muito bem. Era a espada do capitão Ichimaru.

Antes mesmo que pudessem socorrer o companheiro uma chuva de golpes rápidos e precisos atingiu os dois, era como se milhares de espadas os atingissem em poucos segundos. Ela foi tão rápida e certeira que estraçalhou os uniformes e a pele dos tenentes. Foi rápido e antes mesmo que eles tivessem percebido alguma coisa os dois estavam sangrando no chão com centenas de cortes no corpo, o capitão então veio com passos calmos e pegou a garota que não tinha um arranhão sequer. E calmo como sempre ele foi andado sem nem ao menos olhar para os dois tenentes caídos no chão, quase mortos. Kira então olhou para seu capitão e com muito esforço perguntou:

- Por quê?

O homem de cabelos brancos não disse nada, ele só continuou andando enquanto levava a garota no colo.

 O hospital

-Então quer dizer que o cara que armou pra você esta tentando incriminar a Rukia- Ichigo perguntou sentado na cama de hospital- e pra isso ele transformou ela numa vaizard para ter uma desculpa para prendê-la?

-Sim – Urahara respondeu ainda apoiado na janela- o plano dele parece que é parecer que ela escolheu virar uma vaizard para ganhar poder e assim incriminar ela.

- Mas por que a garota Kisuke? - Ryūken perguntava calmo enquanto puxava um cigarro do bolso- me parece trabalho demais só para incriminar alguém.

O vendedor deu um triste suspiro antes de continuar.

- Antes de Rukia virar uma shinigami eu escondi um item no corpo dela, na época eu achava que o melhor jeito de sumir com a coisa era a colocar dentro de uma das centenas de pessoas comuns que viviam na sociedade das almas, não deu certo.

- Você usou ela! - Ichigo falou com raiva- meteu ela numa confusão gigante sem motivo nenhum! E agora ela vai morrer por causa desse troço.

- Mas diz ai- Ishin interrompeu o filho - O que foi que você escondeu nela? Foi uma arma?

- Foi o hougyoku, um objeto capaz de mudar a natureza das coisas com o seu poder, ele reconstrói os seres vivos e pode muda-los completamente dando poderes fora da realidade, mas se o tirarem do corpo dela ela pode morrer com tanto poder sendo retirado dela.

Nisso o ruivo se levantou com dificuldade e foi caminhando até a porta.

- Aonde você vai garoto as suas feridas nem fecharam direito- Ryūken gritou com ele- você quer se matar por acaso?

- Não posso deixar ela morrer assim merda! Eu vou salvar ela!

- Mas por quê? Você nem a conhece direito e vai sair numa missão suicida atrás dela?

- Ela salvou a Orihime e o Ishida! E se eu não tivesse viajado ela não teria se metido nessa confusão!

- Fala alguma coisa Ishin! Vai deixar o seu filho se matar?

Mas o homem de cabelos pretos só ficou quieto no canto. O no quarto de hospital estava tenso e pesado como se todos estivessem prestes a lutar, quando eles ouviram uma voz familiar vindo da cama de onde Ichigo levantou:

- Talvez eu possa dar um jeito nessa situação.

Era Yoruichi, a moça de pele morena falou enquanto deitava na cama do rapaz. A moça falava com o seu tom brincalhão de sempre enquanto posava na cama e nisso o quincy de cabelos brancos a cortou:

- E posso saber como você vai passar por um exercito de ceifeiros sozinha, fugindo com uma garota ferida e incapacitada? Isso se você chegar lá assassina.

- E quem disse que eu vou sozinha? - ela falou apontando para Ichigo- afinal eu vou ter um grande e poderoso samurai para me escoltar ate lá.

 

Soul Society

Dois shinigamis conversavam enquanto variam o chão de uma rua  perto de seu esquadrão, com vasouras de palha:

- Ei sábia que uma nobre foi preza?- falava o soldado mais jovem- E que ainda por cima ela é uma shinigami?

- Sério isso? Não acredito – respondeu o segundo parando com o serviço- os nobres sempre dão um jeito de negociar os crimes deles com os esquadrões, não acho que um daqueles esnobes seria preso.

- É mais parece que o crime foi de traição contra o alto escalão.

- Jura? e quem foi a traidora?

- uma garota do clã Kuchiki, uma tal de Rukia.

Logo que terminou de falar o rapaz sentiu um soco poderoso na boca que o jogou para longe, antes que ele pudesse ver qualquer coisa sentiu alguém puxa-lo pela gola e coloca-lo contra a parede, era outro shinigami. Um rapaz forte com cabelos vermelhos como fogo e que usava sobre o kimono preto uma braçadeira de tenente, o oficial com raiva começou a interrogar o rapaz:

- MAS QUEM FOI QUE DISSE ESSA MERDA???

O soldado ficou tão aterrorizado que nem conseguia responder a o tenente Renji Abarai.  


Notas Finais


bem como disse estava sem tempo essas semanas então a fic saiu meio fraca mas em breve voltarei a postar mais regularmente essa e a minha outra história. Agora uma duvida minha, se o curupira faz o moonwalk ele vai para frente ou para trás?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...