História Os Viajantes - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Comedia, Romance, Sexo
Visualizações 3
Palavras 1.601
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa noite meus Brotinhos.
Como prometido, outro cap.

Capítulo 27 - Noticias


Fanfic / Fanfiction Os Viajantes - Capítulo 27 - Noticias

Deryan

Ao chegar na sala de Teletransporte, vejo Faye e Lúcios dentro do teletransportador.

- PAREM! – grito me aproximando de Dex. – Conseguimos.

Ele me olha surpreso e tenta mexer rápido na mesa de comando.

- Não consigo cancelar.

Ouso sem tirar os olhos do casal, parados na plataforma circular se abraçando. Eles não podem mais nos ver devido aos escudos de proteção e as luzes da maquina, mas nos podemos observa los. Seus corpos se iluminam e vão se apagando aos pouco. Um pouco antes de sumirem por completo, eles se beijam.

- Sacha, vá atrás deles e cuide de sua segurança. – Dex diz segurando sua mão. – Vão para a minha casa em Solfen, e nos esperem lá.

Os observo se despedirem, quando Sacha desaparece no transportador, Dex coloca a mão em meu ombro e diz.

- Conseguimos! Relaxa, apliquei um dose de Fluido-n7 nele. Temos 80% de chançe de chegarem inteiros.

Ao voltarmos para a sala de controle não escontramos Barão, avaliamos a situação das coisas e ativamos a energia reserva da nave. Dex vai atrás de Will e eu vou atrás de Nick, precisamos juntar a equipe e procurar por sobreviventes. No caminho ate o arsenal encontro Barão com Nick no corredor.

- Ainda não acabou. Eles estão fugindo em uma nave pequena. – Barão diz

- Vou pegar umas das naves de fuga e irei atrás deles. – digo me retirando mais Barão me segura dizendo.

- Nossa prioridade agora são os nossos. Pegue uma das naves e vá ate a central buscar socorro.

- Sim senhor. – respondo e vou correndo.

Após ir e voltar com uma nave de resgate, fazer um relatório do ocorrido e mandar uma busca atrás dos caçadores. Dex e a equipe vão em busca do casal, eu e Barão ficamos na central para relatar tudo. Agora estou deitado em um dos quartos na Central esperando por noticias da equipe. Ate que Nix vai abrindo a porta do quarto dizendo.

- Toc toc! - Nix diz abrindo a porta - Posso entrar?!

- Sim. Aconteceu alguma coisa? O casal esta bem? – pergunto ficando de pé.

- Primeiro coloque uma camisa. Seus incriveis musculos, o cabelo bagunçado e a cara preocupada são uma distração enorme para mim! – ela diz em tom zombeteiro sorrindo. Eu ia dizer algo mas Nix declara – Quando você relaxar e estiver vestido eu conto.

- Esta bem. Fale enquanto me visto! – digo pegando uma camisa.

- Sua ajudante Sacha e Lúcios já recebeu alta e estão bem, Faye se recuperou muito bem , mas por ordens de Dex ela vai passar a noite em observação.

Me sento para colocar os sapatos. Usar o Teletransportador já e perigoso, e usado apenas em emergências pois ocorre risco do usuário ter o corpo alterado durante o transporte. Sacha tem uma estrutura molecular bem densa então não corre muito risco, mais o casal não tem. Ao acorda Lúcios teve apenas algumas dores, já Faye teve hemorragia interna. Sacha conseguiu cuidar deles e levalos ao hospital mais próximo. Com eles assim Dex esta acompanhando tudo de perto, já eu e Barão ficamos com a parte burocrática.

- Vim avisar que você e sua equipe estão de licença.

- Não preciso de licença, posso...

- E uma ordem Deryan. Va descansar.

Ela diz isso e vai embora. Ótimo, agora eu não tenho nada pra fazer.

 

Já se passaram duas semana desde o ataque, eu estou indo ate Solfen. Will e Nick planejaram um jantar para todos na casa de Dex. Eu recusei, mas Sacha foi ate minha casa e esta me obrigando a ir. Ela disse que precisava de todos juntos para um anuncio importante.

- O que seria tão importante assim?!

- Saberá na hora certa. Agora melhora a cara que já estamos chegando.

Aterrissamos na frente da casa do Dex, ao sair do veiculo vejo a casa que antes era azul, agora esta com algumas paredes pintadas de rosa, lilás, vermelho e laranja. O pequeno jardim da frente esta bem cuidado e com alguns brotinhos de flores e uns arbustos, o caminho ate a porta e de cristais triangulares douradas. Olho para Sacha que esta pegando uma bolsa e digo.

- O que aconteceu com a casa?

- Estou reformando, ela transparecia muita solidão. Agora ela parece mais..

- Que foi atingida por um meteoro feminino raivoso. – falo e dou uma risada, mas em seguida sinto algo atingir a minha cabeça e tudo escurece.

Ao acordar estou sentado em uma cama, um quarto com as paredes e os moveis com vários tons de verde espalhados e o desenho de uma arvore na parece logo acima da cama. Na cadeira ao lado da cama estava Dex sorrindo.

- O que foi que você disse para ela lhe dar uma descarga de energia tão forte assim?

- Acho que eu falei da casa!

Dex faz sinal de silencio para mim, se levanta e abre a porta verificando se não tem ninguém no corredor, volta a se sentar na cadeira falando baixinho.

- Ela dominou a minha casa! Tudo esta fofo, colorido, com jeito de menina. Minha casa parece uma casinha de brinquedo!

- Por que você a deixou fazer isso? Era so dizer não!

- Lembra o que acontece quando alguém diz não a Sacha. – Dex tira a camisa mostrando vários aranhões, mordidas e chupões. – Primeiro ela brigou comigo, depois fizemos amor no estilo selvagem, logo em seguida brigamos de novo e ela me atacou. No final concordamos em conversar com calma sobre todas as mudanças, mas enquanto eu dormia ela pintou a frente da casa.

Começamos a rir enquanto ele ia me contando em como ela aos poucos foi ganhando as discussão. Ao final da conversa minha barriga já estava doendo de tanto rir. Por mais que tento ser durão, era bom relaxar.

Vamos para o quintal onde a mesa esta posta com um banquete, Will, Lúcios, Amber e Lilian estavam brincando com uma bola, Nick e Faye estavam comendo na mesa e Barão e Sacha estavam conversando. Aos nos verem todos vão se sentando a mesa e Nick diz.

- Fico muito feliz em ver todos juntos novamente. Passamos por um belo confronto e provamos que somos mais fortes, inteligentes e habilidosos do que todos imaginam. Um Salve a nós!

- Salve! – todos brindam. Barão se levanta e diz

- Quero também comunicar a todos o que o conselho decidiu. – ele ergue a taça em direção a Faye dizendo – Faye Jocker Lavin, ou como prefere, Faye Jackson, o conselho decidiu nomeá-la a 4° comandante de defesa especial da S.P.A.R.

Todos brindam e vão parabenizar Faye, já eu fico atônico. 4° comandante de defesa especial. Um cargo. Ela era uma caçadora, uma mercenária criminosa, cujo o “ex noivo” era um bandido e o irmão ainda era de uma gangue de mercenários. Por mais indignado que eu possa estar, prefiro conversar com Barão em particular depois.

Todos comem e conversam bastante, tento manter a boca ocupada ao máximo. Não quero ser rude, mas quando Sacha se levanta ao fim do jantar fico preocupado. O que mais esta por vir.

- Já que todos estão satisfeitos e felizes, quero contar a todos o que eu decidi. – Dex limpa a garganta, Sacha o olha de lado e o faz ficar de pé. – “NÓS” decidimos que vamos nos caçar mês que vem, no outono!

- já?! Não e muito cedo?! – Faye pergunta. – A tanto a organizar em tão pouco tempo.

- Nem tanto, serão nossos pais e minhas primas organizando tudo, conosco dando a decisão final. – Sacha responde agarrando o braço de Dex, que exibia uma expressão meio preocupada. – Há antes que eu me esqueça. Deryan e Anusa serão nossos padrinhos.

- Quem e Anusa? – Lúcios pergunta

- Minha prima. - Sacha responde.

Conversamos mais e comemos a sobremesa. Após o jantar puxo Barão para o canto e pergunto por que o conselho escolheu Faye como comandante.

- Ela fara parte das atualizações de segurança contra os caçadores. Assim podemos fica de olho nela, pegar aqueles criminosos e ainda iremos evoluir em nossa segurança.

- Não sabemos exatamente se sua lealdade estará conosco.

- Usarão Lúcios para mantela sob controle. – Barão diz serio, mas noto que nem ele gostou do que acabou de dizer – Eu não concordei com isso, mas eles não farão nada. E só uma garantia.

- E muito arriscado. – digo dando as costas ao Barão.- Mas confio em você, Barão. Espero que esteja certo.

E vou embora. Não gosto da ideia, mas não sou eu que decido isso. Em vez de ir para a base vou para meu apartamento. Um lugar onde me sinto relaxado, onde posso beber e descansar em paz.

Era grande, luxuoso, com meu estilo e cheio de livros. Vou ate meu bar pegando um copo de bebida e sento na poltrona. Vou passando os canais da TV holográfica ate parar no noticiário, aumento o volume ao ver a foto de Brow em uma luta.

“Denominados ‘Caçadores de Sangue’ esses criminosos estão aterrorizando vários planetas. Um planeta por semana e visitado, incêndios, tiroteios, explosões e roubos são cometidos. Ate agora não se sabe muito sobre eles, só que o lider e Brow e que fazem qualquer coisa por dinheiro. As autoridades já estão a procura deles, pedimos que todos tenham cuidado”

Desligo e suspiro. Se Faye quiser mesmo ajudar, capturar os Caçadores de Sangue seria um ótimo começo.

E nessa hora que eu entendo o real destino do casal. Eles trarão uma nova era de segurança espacial.

- De filha do ministro a mercenária, e de mercenária para policial. – sorrio e bebo mais. – Bem pensado Conselho.


Notas Finais


Esse e pequeno mas espero que tenham gostado.
Comentem o que acharam, e me deem ideias para o ultimo cap.
Amanha tem mais... bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...