História Ouija ||MiTw|| - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felps, Mike, Pac, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Mitw
Exibições 138
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tarik só se fode nessa fic, parece ate eu

Capítulo 6 - 85℅- The Boy



T A R I K


Me viro e vejo de onde a voz veio, um garoto estava sentado ao lado da porta, com os braços cruzados e a cabeça encostada na parede. Ele tinha olhos castanhos, e cabelo preto, e usava oculos de grau.

Ele estava com um sorriso no rosto, e eu me pergunto, como alguém pode sorrir em uma situação assim?

Vai ficar sem falar nada?- ele me pergunta e eu continuo em silêncio —Ah, pare com esse medo... Aqui não é tão ruim!

—Q-Quem é você?- pensei na hipótese de ele ser o espirito do Ouija, mas acho que não seria possível... Ou séria?

Me chame de Linnyker, ou Link- ele da de ombros —Você veio com Rafael e Felipe não é mesmo?- c-como ele sabe? —Bem, os dois sairam correndo quando aquela "menina" idiota os assustou e disse que você não poderia mais sair desta casa-

—C-Como é?-

—Você esta preso nessa casa, na verdade nesse cômodo, daqui você não pode sair, já que o Ouija foi desrespeitado quando você largou a peça, e ele te fez de refém com essas marcas em sua perna- ele aponta para minha perna, pelo menos não estava mais sangrando, mas ardia para um cacete...

como vo-voce entrou aqui?- 

—Eu nunca sai daqui, também estou preso...- ele puxa a manga de seu moletom para cima —esta vendo?- ele aponta para algumas marcas em sua pele —eu também fui marcado...-

R A F A E L

ANONIMUS!- eu e Felipe entramos gritando

Ah caralha...o que é Rafael?- Ele sai da cozinha com os braços cruzados.

O tabu-Tabuleiro...e-espirito...T-Tarik...- Ele me olhou confuso

Primeiro: toma fôlego pra poder falar, segundo: correu maratona?, terceiro: o que tem meu irmao?- ele pergunta 

Ahh...Ja to melhor, não, não corri a maratona, e o Tarik...ta preso com um espirito- ele arregalou os olhos bicolores e sua boca fez um "0"

Eu falei pra ele não ir! Sempre que ele faz essas coisas da merda!- ele piscava os olhos freneticamente

O que aconteceu dessa vez?- ele levanta um pouco a cabeça para me olhar -ja que ele é mais baixo que eu-

Eu so sei que estavamos jogando Ouija, e ai do nada a perna dele começou a sangrar...- Felipe para de falar e pensa —Ai, um espirito Chamado Error apareceu e disse que Tarik não podia ter soltado a peça, e que alguém iria atrás dele...- ele novamente toma fôlego —...e ela iria nos matar!-

—Ai meu deus!, o que o Tarik tem na cabeça! Ele tinha que mexer com o Ouija do Erro?!-

—Então esse é o nome dessa desgraça!- eu falo ainda com as mão no joelho tentando regularizar minha respiração

Como era esse espirito?- ele me pergunta e vai até a gaveta da sala, de la ele trás uma caneta e um papel

Tinha cabelos roxos longos, um olho verde e outro azul, como o seu...- Felipe para pra pensar

Tinha orelha de gato...e era muito palida...assim como você-

—Ah, vocês viram a guardiã não é mesmo?

—Huhum...

—Acho que sei o que posso fazer para tirar Tarik de la...

T A R I K

Eu estava encostado na porta, com as pernas dobradas e meus braços envolta dela com minha cabeça entre meus joelhos.

Eu ainda não posso acreditar que estou preso aqui...e bem, não sou só eu, esse Link também está aqui...mas será que...ele ja tentou fugir daqui?

Link...- ele para de olhar para a janela e me olha —voce ja tentou fugir?...- ele me olha com raiva

Se você tentar fugir, morre- 

—então não é possível sair...- ele sai da janela e se senta do meu lado

Eh...não tem saida...- ele se encosta na porta, bem perto de mim 

Por quê...

—Huh?

—Por quê sera que logo eu sou especial ? Quer dizer, tinha o Rafael e o Felipe aqui, não podia ser um deles?

—Ah... Espíritos escolhem aqueles que a voz diz, ou aqueles que eles acham melhor...

Por um momento algo me veio a mente

sera que...

—Que o que?- ele chega mais perto, eu juro que tremi um pouco

E que eu tenho um irmão...ele é quase idêntico a mim, será que o espirito saberia que ele não é eu?

—Espiritos não são burros Tarik.

—hum....

Ele encosta em mim, sinto uma sensação estranha mas tento ignorar

Eu só quero ir embora...




Notas Finais


Hj ainda tem mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...