História Our Body - Min Yoongi - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Minyoongi
Visualizações 388
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, Yaoi, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA DELICIAS S2

Capítulo 4 - Whatever the cost


Fanfic / Fanfiction Our Body - Min Yoongi - Capítulo 4 - Whatever the cost

Pov. Park S/n

Após acabar às aulas do dia, eu e Min-ah fomos para casa, Min-ah estava um pouco estranha, pensativa e quieta demais, o que não é normal. Uma coisa que me perturbou demais hoje, foi o fato de Mim Yoongi, meu chefe, ser meu novo professor sabe, é algo inesperado, principalmente quando essa mesma pessoa disse que queria Transar com você. 

(…)

Já havíamos chego em casa e Min-ah logo foi para seu quarto por um motivo que ela não quis falar, já eu decidi que mesmo tarde da noite, eu caminharia pela rua apenas para esfriar um pouco a cabeça

[10:37 p.m]

As ruas de Seul estavam realmente frias e pouco iluminadas, apenas por postes de luz meio amarelada, não havia quase nada de pessoas ao meu redor, mas mesmo assim estava tendo um grande pressentimento de que alguém me seguia. Quando saí de casa, nem sequer peguei um casaco, pois a única coisa que eu queria era ficar um tempo pensando em como o meu dia foi conturbado por causa de Min Yoongi. 

Durante o caminho, minhas pernas foram ficando fracas e eu nem sequer sabia onde eu estava, apenas sabia que andei demais sem pensar em qual rua iria entrar ou não. Para a minha sorte, encontrei um banco de madeira perto de um lugar cheio de grama, provavelmente um pequeno parque, sento-me no pequeno banco, mesmo sentindo que estava sendo perseguida, o medo era grande, mas a vontade de sentar era mil vezes maior. Cada vez mais parecia que o aperto em meu coração aumentava, até que um homem com casaco preto, alto e encapuzado parou ao meu lado encarando-me intensamente, ele iria dizer algo, eu senti, mas ele não disse, apenas sorriu

–Ora Ora, o que temos aqui...–O homem desconhecido disse chegando perto de mim, até encostar suas mãos gelidas em mim

–Quem é você?! E me solta!–Gritei

–Shiiiiu mocinha, eu te conheço tem um bom tempo.–Sorriu– conheço sua amiguinha também.

–Como você Conhe–

–Digamos que...–Fez uma breve pausa–Estamos perseguindo vocês tem bastante tempo. Pra falar a verdade, desde que você entrou na "Min's communication". Ou seja, a uns 2 anos atrás.–Sorriu largo e debochado

–Mas por que?! Não fizemos nada a vocês!–Me desesperei

–Por que você trabalha para Min Yoongi, e se você quiser ter a sua amiguinha sã e salva...–Gargalhou–Vai ter que fazer o que nós mandarmos

–Que?! Não mesmo! Não vou fazer o que você quiser!

–Ah, vai sim–Ameaçou-me–Por que se não fizer o que mandarmos, sua amiguinha vai pagar–Sorriu

–Você acha que eu vou acreditar em você?! Você pode muito bem ser algum louco que soube da minha vida e está tentando me bajular usando minha amiga.–Virei-me para ir embora, mas logo parei quando ouvi

–Só não diga que não avisei...–Me virei e o homem já não estava mais lá. 

Liguei para um táxi, e em alguns minutos ele chegou.

[00:57 a.m]

Chego em casa bastante apavorada, subindo as escadas e indo para o quarto de Min-ah, apenas para checar se estava realmente tudo bem. Termino de subir as escadas e dou de cara com a porta do quarto da mais nova, bato uma, duas, três vezes, mas ela não respondia e eu já estava preocupada o suficiente pra sair entrando no quarto, mas acabo me deparando com ela dormindo serenamente em sua cama, bem embrulhadinha em um edredom. 

–Aish, pensei que eu iria realmente te perder...–Sentei na cama e acariciei os cabelos negros, lisos e macios da mais nova– não importa o que eu tenha que fazer, mas eu vou te proteger. Custe o que custar...

[07:30 a.m]

–Unnie? Unnie, acorda...–Min-ah chamava-me

–Hm?–olhei para a mais nova–O que houve?

–Você tem que ir trabalhar...

–Hoje é quinta Min...estou de folga!–Me enrolo na coberta outra vez e fecho os olhos, mas os abro rapidamente quando a mais nova diz

–Tá, quando terça feira se tornar quinta você fica de férias–Pulei da cama 

–Sao que horas?!–ela olhou em seu relógio

–07:30...

–07:30?! Estou muito atrasada!–corri para o banheiro

Após um banho super ligeiro, vesti minha saia branca e uma blusa tomara que caia justa com listras pretas e brancas finas e meu salto preto, soltei meus cabelos e fiz uma pequena maquiagem.

(…)

–Desculpe Yang.–Chego correndo na recepção da empresa– esqueci que hoje não é minha folga

–Vá logo para a sua sala, você tem muito o que fazer.–Rimos

Andei por todo aquele corredor até chegar em minha sala, assim que dei de cara com a porta, adentrei na sala. 


Notas Finais


Gente, juro que vai ficar bom dksbnzbsmd

Espero que tenham gostado

Sigam meu perfil: @Fuckup


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...