História Our Heart - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Bts, Jungkook, Our Heart, Taehyung, Vkook, Yaoi
Visualizações 13
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É vkook sim por que eu quis rs
Essa história na verdade poderia ser contada com qualquer shipp mas eu quero ter fanfics de todos os shipps no meu perfil, portanto, eu obviamente não iria deixar esse OTP lindo de lado não é mesmo?
Primeiro de tudo, essa história foi baseada em uma oneshot de mesmo nome lá do wattpad(vou deixar o link dela nas notas finais do último cap) mas não tem praticamente nada igual a ela no decorrer da trama.
Segundo, eu vou dedicar ela para minha amiga que me arrastou para esse shipp maravigold. Te amo Creuza 💙
Terceiro, obrigada pela capa Paola. Te asmo também 💙
Mas agora, sem mais enrolas, eu espero que gostem dessa shortfic
E só pra lembrar, quero que imaginem que o Kookie tem a idade do Tae aqui, ok?
Boa leitura :3

Capítulo 1 - First


Olá, muito prazer, meu nome é Kim Taehyung e hoje eu vou te contar a minha história.

Se você está aqui com a intenção de chorar, se emocionar ou qualquer outra coisa do gênero, sinto informar-lhe, mas essa não é a história certa, bom, pelo menos não até agora, já que por enquanto está tudo correndo aparentemente bem.

Até demais...

Mas comecemos do início.

Eu tenho 20 anos e moro na Coréia do Sul em uma cidade próxima à capital chamada Daegu. Eu namoro um garoto chamado Jeon Jungkook – ou apenas Kookie, como eu o apelidei – mas este está no momento cursando seu primeiro ano da faculdade de medicina em Seul, portanto, conseguimos nos ver apenas aos fins de semana e, mesmo assim, nem sempre ele consegue permissão para vir me visitar, mas sempre nos falamos por skype durante a noite.

Eu o amo muito, mais do que você consegue imaginar e eu sei que ele sente o mesmo, afinal, ele escolheu sua ramificação da faculdade pensando em mim.

E agora você deve estar se perguntando: Tá, mas o que ele escolheu?

Ele escolheu ser um médico cardiologista. E o que isso tem a ver comigo?

Eu sofro de uma doença cardiológica e ele me disse que quer entender melhor sobre isso para buscar uma forma de me ajudar sem que eu precise passar por uma cirurgia.

Obviamente existem centenas de doenças cardíacas por aí, mas a minha é diferente.

Não, eu não tenho nenhuma síndrome rara, pelo contrário, eu sofro de arritmia cardíaca, que é uma das mais comuns nos dias atuas mas, no meu caso, eu preciso de um transplante para continuar sobrevivendo, uma vez que meu coração não vai conseguir continuar bombeando sangue por muito tempo.

Quando descobri sobre a doença minha única preocupação era justamente essa: A necessidade de passar por um processo cirúrgico. E sim, ela era existente logo no início já que eu demorei tempo demais para me diagnosticar, porém, não tão emergencial quanto agora.

Parte dessa minha angústia era o fato de eu saber que ninguém quer doar um coração hoje em dia, no entanto, hoje meu médico me contatou dizendo que houve um doador e que ele iria fazer a cirurgia para doá-lo no mesmo dia que eu fizesse a minha para recebe-lo só que, obviamente, um tempo antes, pois ele queria ter certeza de que seu órgão chegaria a mim rapidamente mas, quando perguntei ao doutor sobre sua identidade, ele me disse que o doador lhe pediu para manter em segredo.

É claro que eu estranhei de início, afinal, por que essa pessoa não queria expor seu nome para o indivídio no qual ela salvou a vida?

Mas, apesar de todas as minhas dúvidas, a cirurgia vinha como prioridade antes de qualquer coisa pois segundo todos os médicos que passei até agora: Eu estar vivo atualmente já é um milagre

Nesse momento, estou esperando uma chamada do Kookie no computador já que ele sempre me liga por volta das oito da noite que é quando ele finalmente consegue terminar todos os afazeres da faculdade, e eu estou realmente muito ansioso para contar a ele sobre a cirurgia mas também um pouco aflito. Como será que ele vai reagir a isso tudo?

Ele demorou um pouco mais dessa vez e, logo quando eu já havia perdido as esperanças, ouvi o barulho do skype e aceitei a chamada de vídeo sem hesitar:

— Amor, eu tenho novidades! – comecei antes que ele pudesse dizer qualquer coisa

— Nossa, o que é de tão incrível que você não pediu nem explicações da demora? – ele dizia curioso

— Depois você me fala o porque demorou, isso é mil vezes mais importante – eu dizia animadamente e pude perceber que ele sorria ao me ver tão feliz

— E o que o senhor está esperando para me contar? – ele encarava minha imagem na webcam atentamente

— Tá, olha, primeiro eu não quero que você fique triste, tudo bem?– ele assentiu desconfiado e eu olhei em seus olhos através da tela do computador – Eu sei que quando você começou a faculdade de medicina foi com a intenção de conseguir uma cura para a minha doença sem ser por meio cirúrgico mas o doutor me ligou hoje dizendo que uma pessoa se dispôs a fazer a doação para mim...

— Isso é maravilhoso anjo, por que eu ficaria triste com essa notícia? – ele parecia realmente feliz por mim – Mas o seu médico falou quem foi o doador?

— Quem foi não. Quem vai ser – eu dizia glorioso – Ele não falou o nome da pessoa mas me disse que ela queria fazer a remoção no mesmo dia do meu transplante para ter certeza de que fosse chegar até mim mais rapidamente. Isso não é incrível?

— Sim, com certeza! Poxa, eu estou tão feliz por você. Queria poder te dar um abraço agora – seu semblante ficou triste ao lembrar da distância que nos separava e pude perceber que seus olhos começavam a marejar.

É óbvio que eu sentia sua falta. Eu sentia sua falta mais que tudo nesse mundo.

Você não tem noção do quanto é difícil ter que ver o amor da sua vida somente através de uma webcam.

É claro que não estávamos assim tão longe um do outro. Mas era o suficiente para me fazer querer beijar a tela do notebook desesperadamente assim que a imagem dele aparecia no monitor.

Eu sei que ele se sente da mesma maneira mas não quero que fique triste por minha causa, afinal, ele já havia planejado seu futuro todo pensando em mim:

— Não fica assim Kookie, se você chorar eu choro também – eu tentei consolá-lo mas foi em vão, ao passo que meu emocional também não estava completamente intacto – Eu sei que daqui a pouco você tem que ir mas eu queria te fazer um pedido antes

— Que pedido?

— Será que tem como você vir aqui pra Daegu amanhã? Ta em cima da hora mas a cirurgia foi marcada com emergencia e eu não queria ter que ficar sozinho na sala de espera, fora a saudade que eu to sentindo de você– meu peito se apertou e meus olhos começaram a lacrimejar também 

— Amor, eu não sei, eu vou tentar fazer de tudo para estar aí mas infelizmente não posso te dar certeza. Só eu não quero que você fique decepcionado comigo, por favor, eu jamais poderia suportar isso

— Você nunca me decepciona amor, eu vou entender se você não puder, mas caso consiga vir, eu tenho que estar no hospital as nove da manhã então, se der certo, me encontra lá pode ser?

— Encontro sim, pode deixar – ele sorriu – Agora eu preciso ir, daqui a pouco é o horário do toque de recolher. Me desculpa demorar para ligar, outro dia eu te explico melhor. Boa noite meu anjo.

— Boa noite Kookie. 


Notas Finais


Bom, foi isso espero que tenham gostado 💙
Ah, e pra quem quiser saber essa fic vai ter apenas 3 capítulos sendo o próximo o principal de toda a história. Provavelmente não vou demorar muito para postar ele já que eu já deixei tudo mais ou menos pronto
Me contem suas teorias sz
Obrigada por lerem 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...