História Our hearts are like firestones - - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 62
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaaaaaa, trazendo cap um pouquinho mais tarde hoje mas está entregue. Quero agradecer aos nove favoritos e ao comentário do último cap, me deixa muito feliz saber que estão gostando. Nesse capítulo só temos a versão da Sakura mas no próximo vem a do Sasuke okay ?

Música do cap -

Cold water - Major Lazer (feat. Justin Bieber e MO) música maravilhosa meu povo.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Enfiei um dedo e constatei : virgem. Como uma mulher daquela pode ser virgem !? Enfiei mais um e movimentei. Ela gozou e me puxou para cima, mudou de posição indo para cima de mim e ficou no comando.


(Sakura Haruno)


Fiquei em cima de Sasuke e o beijei arranhando sua barriga, senti seu membro duro na minha bunda e para provocar rebolei de leve e ele gemeu. Hum, então ele gosta que rebole.


- Você gosta Sasuke ? - perguntei e lambi sua orelha.


- Não sabe o quanto - disse ele com a voz ainda mais rouca. Me colocou embaixo dele, colocou a camisinha e abriu minhas pernas, eu assenti e ele foi entrando devagar. Doeu e ardeu mas eu não podia estar mais feliz, perdi a virgindade com o cara mais gato que eu já vi na vida.


- Dói ? - ele perguntou e parecia que estava com medo de me machucar.


- Um pouco - disse e ele esperou mais um pouco. Começou a se movimentar e a dor virou prazer.


- S-sasuke, mais rápido ah - disse e ele atendeu meu pedido indo mais rápido me fazendo delirar, estava adorando.


- Caralho Sakura - falou ele extasiado. Parecia que estava se esforçando para ser carinhoso.


- Sasuke, não precisa se segurar - disse e ele aumentou ainda mais a velocidade e apertou minha bunda, chupou meu pescoço e meu Deus que homem é esse.


Estava quase chegando lá, meu segundo orgasmo da noite. Uma, duas, três, contei na cabeça e gritei.


- Vai rosinha, pode gozar - ele disse e foi meu fim.


- Aaaaah Sasuuuuke, porra - disse e ele entrou em mim mais duas vezes e gozou, tirou a camisinha e deitou ao meu lado fitando a cidade pela janela.


- Sabe Sakura, te achei incrível - disse ele e eu sorri, estava deitada de barriga para baixo com um lençol cobrindo só minha bunda.


- Você também foi ótimo - disse e ele também sorriu me abraçando e se cobrindo também. Conheci esse cara hoje e já estamos na mesma cama sem roupas meu Deus.


- Como uma mulher como você era virgem ? - perguntou e eu não sabia como responder.


- Só queria que fosse com alguém especial - fui sincera e ele deu risada.


- Nos conhecemos hoje - ele disse e eu também ri.


- Mas sinto que posso confiar em você - eu disse e ele me olhou nos olhos. Que homem intenso, esses são os olhos mais lindos que eu já vi.


Ele me beijou calmo, não tinha malícia. Era um beijo simples e calmo, como um agradecimento.


- A propósito, quero que qualquer dia desses dance para mim - ele disse e eu sorri assentindo.


Dormimos abraçados e eu acordei sozinha na cama. Coloquei minha calcinha e a blusa de Sasuke, minha roupa eu ponho depois. Fui no banheiro e fiz minha higiene, quando voltei fui para a sala. Sasuke estava sentado no sofá tomando café.


- Bom dia - falei e ele me olhou de cima a baixo rindo baixinho.


- Bom dia, adorei sua roupa. Tem café na cozinha pode pegar - disse e tomei meu café na cozinha.


Estava lavando minha xícara quando senti Sasuke me prensando. Abaixei de propósito e guardei a xícara no armário embaixo da pia. Ele me virou e me prensou ainda mais, senti o volume nas minhas pernas e fiquei molhada na hora.


- Logo cedo Sasuke - perguntei e ele riu.


- Ninguém mandou você se vestir assim - ele disse perto do meu ouvido me arrepiando. Me puxou pela cintura para cima e rasgou minha calcinha, parabéns senhor Uchiha como vou embora agora ?


Abracei ele com as pernas, ele tirou uma camisinha de sei lá onde e entrou quente e grande dentro de mim. Não esperou e começou a se movimentar, estava gemendo alto e arranhando as costas dele.


- Porra Sakura - ele disse e gemeu em seguida. Aumentou os movimentos e eu gozei, logo em seguida ele também gozou apertando minha cintura. Saiu de dentro de mim e tirou a camisinha. O olhei com cara de brava.


- Como vou embora agora senhor Uchiha ? - ele me olhou confuso e eu mostrei a calcinha rasgada, ele estava chorando de rir e eu dei um soco no braço dele.


- AÍ MEU OLHO - eu ri alto, como assim ? - coloque a sua roupa que nós vamos comprar umas novas, pega uma cueca minha ou se quiser vai sem mesmo - ele disse e eu fui para o quarto me trocar.


Fui sem calcinha mesmo. E aquele palhaço me fez ir para o shopping, qual o problema dele ? Cheguei na loja e aproveitei para comprar umas roupas normais.


Fomos para o caixa e a moça não parava de secar o Sasuke, miga vamo para. Peguei meu cartão para pagar só que Sasuke se adiantou.


- Eu pago - eu fiz que não com a cabeça e ele disse em alto e bom som - para agradecer a melhor noite da minha vida - ele disse e a menina que estava secando ele parou na hora. Saímos dali e eu fui no banheiro trocar de roupa, Sasuke estava me esperando na praça de alimentação. Coloquei um cropped curto da adidas, um short cintura alta e um sapato sola reta da TC. Saí e ele estava me esperando, me olhou de cima a baixo e riu em seguida.


- Para de colocar essas roupas se não vou te foder na frente de todo mundo - bem sincero e direto.


- Comprou o que para mim comer ? - disse abrindo o pacote e era um big mac - meu favorito - ri e em seguida ataquei o lanche.


- Quer sorvete ? - ele perguntou, tinha acabado de comer. Assenti e fomos tomar sorvete só que eu acabei me sujando toda.


Depois Sasuke me levou para conhecer o estúdio de fotografia dele e até bateu uma foto nossa com a cara toda melada de sorvete e rindo feito dois idiotas. Também tiramos uma comigo no colo dele e outra como se nós estivéssemos dançando.


- Quer ver eu dançando ? - perguntei e ele assentiu animado. Já estávamos no carro e o guiei até o lugar onde eu dava aula, a academia de dança era minha então não me importei.


- Gostei do lugar - disse vendo a sala principal. Acendi as luzes e liguei o som, estava no aleatório e parou em cold water.



Everybody gets high sometimes, ya know?
What else can we do when we're feeling low?
So take a deep breath and let it go
You shouldn't be drowning on your own


A música começou e eu seguia o ritmo mexendo os quadris de um lado para o outro.

And if you feel you're sinking, I will jump right over

Into cold, cold water for you

And although time may take us into different places

I will still be patient with you 

And I hope you know

Eu girava e mexia os quadris no ritmo com as mãos passeando pela cintura e Sasuke me olhava como uma criança olha para um doce.


I won't let go
I'll be your lifeline tonight
I won't let go
I'll be your lifeline tonight


O refrão chegou e eu fui para perto dele. Colei meu corpo com o dele e fui descendo conforme a batida, sai de perto e fiz o mesmo movimento que fazia antes.


'Cause we all get lost sometimes, you know?
It's how we learn and how we grow
And I wanna lay with you 'til I'm old
You shouldn't be fighting on your own


A letra começou de novo e eu mexia os quadris girando como na outra parte. Soltei o cabelo e jogava de um lado paro o outro sentindo a música.


And if you feel you're sinking, I will jump right over
Into cold, cold water for you
And although time may take us into different places
I will still be patient with you
And I hope you know



Mexi a cabeça de um lado para o outro e minhas mãos iam para cima e para baixo do lado do meu corpo enquanto eu mexia os quadris e a cintura no ritmo.


I won't let go (I won't let go, no no, no more)
I'll be your lifeline tonight
I won't let go
I'll be your lifeline tonight


O refrão chegou e de novo fui para perto dele, colei meu corpo com o dele frente e o segurei pelo queixo enquanto ele me olhava, coloquei a mão no seu quadril e o ajudei a se movimentar junto comigo.


Come on, come on
Save me from my rocking boat
I just want to stay afloat
I'm all alone
And I hope, I hope
Someone's gonna take me home
Somewhere I can rest my soul
I need to know


Continuamos colados e seguindo o ritmo, chegou na parte lenta e eu cantei no ouvido dele.


You won't let go (I won't let go, no no, no more)
I'll be your lifeline tonight
You won't let go
I'll be your lifeline tonight

I won't let go
I won't let go


O refrão chegou e voltamos a fazer os mesmos movimentos. Juntei meus braços com os dele e mexíamos de cima para baixo no ritmo enquanto nossos quadris se mexiam juntos. A música acabou e ele me beijou, como se me agradecesse pela dança.


- O que foi isso ? - ele perguntou e eu ri.


- Não foi nada - ele me olhou curioso e também deu risada.


- Sério, você dança muito bem -


- Com um parceiro igual a você quem não dançaria ? - perguntei e ele me beijou de novo apertando minha bunda.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e perdoem a autora por ter demorado. Se gostaram deixem um kokoro ou um comment, sempre me deixa muito feliz. Até amanhã amores.

Beijinhos da tia coruja


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...