História Our lives Taekook vkook - Capítulo 21


Escrita por: ~

Exibições 169
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Deoscupa ficar três dias sem postar essa coisa aqui, mas eu fiquei sem net ;--; foi mal!
(●♡∀♡)

Capítulo 21 - Capítulo XXI


Fanfic / Fanfiction Our lives Taekook vkook - Capítulo 21 - Capítulo XXI

Cada dia que passa HyoJin fica mais e mais preocupada com o sumiço da amiga que nem atende mais o celular.
Depois de muito tempo ela resolveu ir vê-la,só para ter certeza de que estava tudo bem.
Ao chegar em frente a cada azul ela sente um frio na barriga, um nervosismo, e juntou as forças que tinha para tocar a campainha.
Ninguém atende, mas as luzes da casa estão ligadas e pode se ouvir alguns passos.
LE insiste até que Hyuna finalmente atenda a porta.
- Hyuna! Que saudade de você!
LE abraçou Hyuna a apertando forte em seus braços.
Hyuna não conseguia explicar o que estava sentindo, era uma felicidades gigantesca, fazia uma semana que não se viam e ela estar ali agora era incrível.
Hyuna não se conteve e começou a chorar.
- Entra Hyo!
Ela disse limpando as lágrimas com as costas da mão.
LE entrou e as duas foram até a sala para conversar.
- Onde está HyunSeung?
LE perguntou já sentada no sofá.
- Ele  saiu, talvez ele só volte amanhã.
Hyuna respondeu meio cabisbaixa com a voz fraca.
- Hyo eu... Preciso te contar uma coisa, mas você não pode contar isso pra ninguém.

❓❓❓❓❓❓❓❓❓❓❓❓❓

- 'Ta, o que você quer fazer Yoona?
Kook perguntou se jogando no sofá ao lado da pequena deixando ela entre TaeHyung e ele.
- Eu quero desenhar.
Ela disse deitando a cabeça no ombro de Kook e segurando a mão de Tae.
- Quer que eu pegue seu caderno e seus giz de cera?
Tae perguntou e fez cafuné no cabelo da menina.
- Quero.
Tae se levantou e pegou a pequena mochila retirando de lá um caderno de desenhos e uma caixa de giz de cera usados e pegou Yoona no colo levando a mesma até a cozinha para ela desenhar.
Ele colocou os materiais na mesa e depois puxou a cadeira para Yoona que se sentou e arrumou o vestidinho.
- Obrigada oppa!
Yoona disse quando já havia começado a desenhar.
Tae sorriu para a mesma e voltou a sala se sentando com calma ao lado de Kook, que deu uma bela olhada de soslaio para a bunda de Tae.
" ​Pare com isso,seu idiota! "
JungKook berrava para seu subconsciente que não se importava em escutá-lo nem um pouco, ele ainda olhava as vezes para a bunda ou para as coxas de Tae.
- Então, Jeon, o que vamos fazer agora?
" Transar? "
- Não sei.
Eles fitaram a televisão, estava passando um reality show entediante de pessoas famosas.
- E você mora sozinho Tae?
Kook perguntou sem tirar os olhos dos cabelos laranja desbotado de TaeHyung.
- Não, eu moro com meu irmão e com um amigo.
Kook esboçou uma reação de surpresa.
- Eu não sabia que você tinha um irmão.
- Tem muitas coisas que você não sabe sobre mim JungKook.
Tae deu um sorrisinho de canto que fez Kook arfar bem discretamente.
- Qual o nome do seu irmão?
Kook se virou sentando com as pernas cruzadas na pose chamada vulgo "indiozinho" e Tae fez o mesmo.
- Byun BaekHyun, ele é meu irmão de criação.
- Então vocês não tem os mesmos pais?
Kook fitava Tae que brincava com um botão da jaqueta jeans.
- Não, meus pais são divorciados e o pai dele morreu já faz muito tempo.
- Então seu pai é casado com a mãe dele.
Kook concluiu mas ainda em um tom de pergunta.
- Não.
Tae gargalhava um pouco, e apesar do barulho que ele fez Yoona não tirou os olhos do papel.
- Minha omma é casada com a omma dele.
Tae disse e virou apenas a cabeça para ver a televisão com um pequeno sorriso no rosto.
Ele sempre teve orgulho de dizer que tem duas mães, e ele afirmava com absoluta certeza de que não existiam mães melhores.
- Ah! Desculpe. Elas devem ser bem legais pelo entusiasmo que você tem ao falar delas.
Kook olhou o relógio para checar as horas.
- Sim, elas são muito legais! Minhas ommas sempre me fazem felizes, e elas me deram o Baek então elas sabem dar os melhores presentes.
Tae ria, ele tinha uma risada tão gostosa de se ouvir, tão contagiante.
" ​E​u ouvir essa risada para o resto da minha vida, e eu quero ser o principal motivo delas."

- Você parece gostar muito do seu irmão.
- Ele sempre cuidou de mim. Quando nossas mães começaram a morar juntas ele sempre brincava comigo, eu tinha quatro anos e ele tinha nove. Nós nunca tivemos problemas e as raras vezes que brigamos não foi nada sério. Por isso eu gosto muito dele.
Kook admitiu internamente que sentiu um leve ciúmes de Baek mas sabia que aquilo era ridículo, afinal eles eram irmãos.
- Ok, vamos pedir uma pizza?
- Pode ser, mas e Yoona? Ela não pode comer pizza.
Tae disse olhando em direção a cozinha e Yoona os respondeu sem levantar a cabeça.
- Eu não estou com fome, e o Seung trouxe comida para mim.
- O que você acha de pedir uma porção de fritas então? Você pode comer batata frita né?
Kook sugeriu e Yoona assentiu levantando a cabeça com um sorriso animado.
- Eu amo batata frita, é uma das poucas coisas gostosas que eu posso comer.
A pequena voltou a desenhar e deixou com que Tae e Kook encomendassem a maior porção de fritas que pudessem.
- Eu pedi fritas com bacon, me disseram que é muito boa, e tem bacon então ela é perfeita!
Kook brincou e sentou-se novamente no sofá.
" Nove e quarenta e cinco, Tae vai dormir aqui também? "
Kook pensou na hipótese e deu um sorriso.
- Tae, você vai dormir aqui?
Tae pareceu lembrar de algo.
- Eu até dormiria aqui mas eu não trouxe roupas.
Kook deu um sorriso largo, de orelha a orelha.
" Para que roupas? Você pode ficar nu. "
- Eu te empresto uma roupa minha.
- Tudo bem então, se estiver bom para você.
" Está ótimo! "
Ansioso Kook estava pensando nas maneiras de fazer Tae dormir no seu quarto.
- Tae.
Kook chamou o mesmo que estava prestando atenção no entediante reality show.
- Hum?
- Você se... Incomoda de dormir no mesmo quarto que eu? É que só tem dois quartos na casa e eu iria deixar um quarto só para Yoona, já que ela é menina e seria bom darmos privacidade a ela.
Tae assentiu.
- Claro que não tem problema, mas você não quer que eu durma aqui na sala?
" Não torne as coisas difíceis Tae! "
- Não, de jeito nenhum eu vou deixar você dormir nesse sofá desconfortável!
Tae não queria admitir nem para si mesmo que estava feliz com aquilo, mas um sorrisinho malicioso escondido se formou em seu rosto.


Notas Finais


Só tenho uma coisa a dizer: Kook safadenho (❍ᴥ❍ʋ)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...