História Our Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Drama, Gip, Lauren Jauregui, Romance, Sexo
Visualizações 224
Palavras 1.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey!! Eu sei que demorei pra postar mas é que esse negócio de faculdade não é fácil e só tende a piorar, mas enfim...
Vamos ao capítulo
Enjoy!

Capítulo 9 - Ela é grande


Fanfic / Fanfiction Our Love - Capítulo 9 - Ela é grande

Pov Lauren

Acordei ao sentir uma pressão em meu quadril, ainda de olhos fechados tentei me mexer mas algo me impedia. Aos poucos minha consciência foi voltando e senti algo quente e molhado em meu pênis, automaticamente abri os olhos espantada mas relaxei quando vi Camila me chupando, levei as mãos aos seus cabelos e ajudei-a nos movimentos.

Ela colocou todo meu membro dentro da boca e senti os músculos de sua garganta se alargando, tirou e chupou a glande com força, senti meus dedos dos pés formigarem e fechei os olhos gemendo alto e sentindo meu gozo jorrar em sua boca, relaxei na cama e senti ela arrumando meu pau dentro da cueca e subindo até estar próxima a minha boca e me deu um longo selinho.

− Bom dia. − disse sorrindo e acariciando minha bochecha.

− Ótimo dia. − sorri e levei as mãos até suas costas e fiz carinho. − Você pode me acordar assim todos os dias. − ela sorriu com a língua entre os dentes.

− Vou pensar no seu caso. − me deu outro selinho e saiu de cima de mim. − Você tem que levantar, já são quase dez da manhã.

− Fazia tanto tempo que eu não dormia assim tão bem. − comentei enquanto me levantava e me espreguiçava. − Você me acompanha no banho? − perguntei agarrando sua cintura e beijando seu pescoço.

− Não tente se aproveitar de mim senhorita Jauregui. − disse em tom zombeteiro.

− Você se aproveitou de mim primeiro senhorita Cabello. − ela gargalhou e fomos juntas ao banheiro.

− Você não estava reclamando quando seu pau estava na minha boca. − disse arqueando uma sobrancelha e sorrindo de lado.

...

− Eu achei que vocês não vinham mais. − Dinah disse assim que nos viu na porta de sua casa. − Entrem logo, ela já vai chegar e ainda tem muita coisa pra fazer. − saiu em direção a cozinha e nós seguimos ela.

− Nossa. − me assustei assim que vi o estado da cozinha.

− É... − Dinah suspirou e levou as mãos aos cabelos. − Ela vai chegar e tudo vai estar uma bagunça. − disse em um tom choroso.

− Calma Dinah, nós vamos te ajudar. − Camila disse e eu concordei.

− Certo. − ela se animou. − Branquela, vai amassar as batatas. − apontou pra uma panela cheia de batatas cozidas. − Walz, você vai levando as coisas pra mesa do quintal. − ordenou e começou a limpar a sujeira do balcão.

− Vocês deveriam trancar a porta sabe? É mais seguro. − Troy nos assustou ao aparecer na cozinha.

− Cala a boca e vem me ajudar a limpar tudo. − Dinah jogou a vassoura pra ele que muito a contra gosto começou a limpar.

Depois de mais ou menos 1 hora, terminamos tudo e Dinah foi tomar banho, o resto de nós estávamos na sala conversando banalidades até que a campainha tocou e Camila foi abrir.

− Meu Deus Mila, que saudade. − ouvi a voz de Normani e sorri olhando em direção a porta e vendo ela abraçada com Camila. − Onde está a Laur? − perguntou entrando com uma mala gigante e tinha outras 3 iguais no canto da porta.

− Eu estou aqui Mani. − ela correu até onde eu estava e me abraçou apertado. − Senti sua falta. − disse a apertando em meus braços.

− Eu senti muita falta de todos vocês. − sorriu com os olhos marejados. − Até de você Troy. − foi até o loiro e lhe deu um abraço.

− Eu não sei se fico magoado ou lisonjeado com isso. − ele disse e todos rimos.

− Onde está a Dinah? − perguntou sorridente.

− No banho, vou chamar ela. − Camila já ia subindo as escadas quando Normani a chamou.

− Vamos pregar uma peça na Dinah. − sorriu diabólica.

Após 10 minutos Dinah desceu as escadas com um sorriso de rasgar o rosto, mas seu sorriso morreu assim que viu nossa cara.

− Ok, a Lauren eu até entendo a cara de morte, olha esse fantasma. − apontou pra mim. − Mas vocês dois? O que houve? − cruzou os braços na frente do corpo.

− A Mani ligou e disse que não vem mais. − disse com meu melhor tom de tristeza e vi Dinah deixar os braços cair ao lado do corpo. − Ela conheceu um cara e eles estão namorando, ela não vem mais. − segurei o riso mas fiquei preocupada pois Dinah não falava ou demonstrava nenhuma reação.

− Dinah? − Camila levantou do sofá e foi até ela que continuava igual uma estátua. − Você está bem?

Vi Dinah tremer e segundos depois ouvi um soluço escapar por seus lábios e as lágrimas rolarem por seu rosto.

− Ela... Ela.. − tentava falar mas não conseguia formular nenhuma frase.

Eu já estava pra dizer que tudo era uma brincadeira quando Normani saiu de seu esconderijo e correu até Dinah a abraçando com força.

Shiiu... Eu estou aqui Dinah. − Mani disse acariciando suas costas mas Dinah parecia ainda está em choque. − Eu voltei. Olha, estou aqui. − se afastou e fez a loira olhar pra ela, Dinah olhou todo o rosto de Normani e depois se jogou em seus braços novamente.

− Eu deveria matar vocês. − disse com a voz embargada e nós sorrimos.

Quando Dinah finalmente se acalmou, o que só aconteceu depois de muitos xingamentos e ameaças de morte direcionados a mim, Camila e Troy, fomos até o quintal para comer, Dinah tinha feito comida para um batalhão, tinha frango, carne, dois tipos de arroz, macarronada, bacon, purê de batata, salada de legumes, salada de verdura, salada de frutas, lasanha, torta de frango, sorvete e outras coisas que eu nem consegui olhar porque estava tão cheia que só de olhar pra comida eu já tinha vontade de colocar tudo pra fora.

Ficamos muito tempo do lado de fora conversando sobre tudo e ao mesmo tempo sobre nada, o assunto principal obviamente era a viagem de Normani. Ela tinha ganhado do seu pai uma viagem para o Caribe, passou um mês fora e tinha muito a nos contar sobre as praias e principalmente sobre os homens caribenhos.

Troy foi o primeiro a ir embora, ele tinha que resolver alguns problemas na gráfica e não queríamos tomar mais do tempo dele. Decidimos entrar e ficamos na sala assistindo filme. Dinah estava deitada no chão, Normani tinha ido deixar as malas no quarto dela e eu e Camila estávamos no sofá grande, eu estava deitada com a cabeça em seu colo e já fazia um bom tempo que eu tentava segurar a vontade de mijar, eu teria que subir as escadas e não estava com nenhum pingo de vontade, mas se eu não fosse era capaz de minha bexiga estourar. Olhei pra Camila e ela dormia tranquilamente, nem parecia que estava sentada.

− Dinah. − cutuquei-a e ela me olhou. − Eu preciso ir ao banheiro. − disse e ela levantou pra me ajudar a levantar e subir as escadas.

Pov Dinah

Ajudei a branquela a subir as escadas e depois que ela entrou no banheiro eu fui até o quarto da Mani.

Toc Toc. − disse parada na porta do seu  quarto.

− Hey, o filme já terminou? − perguntou e jogou o restante das roupas no guarda-roupas.

− Não, trouxe a Lauren ao banheiro. − ela assentiu e colocou a mala embaixo da cama. − Vamos? − chamei e estendi a mão pra ela que aceitou e saímos do quarto indo em direção ao banheiro.

Assim que chegamos na porta do banheiro, a mesma estava entreaberta e dava pra ver o sanitário, onde Lauren estava mijando, eu arregalei os olhos e olhei pra Normani que estava olhando na mesma direção. Assim que vimos Lauren terminando de mijar, corremos de volta para o quarto.

− Ela é grande. − dissemos ao mesmo tempo e gargalhamos.

 

 


Notas Finais


E então?
Gente, eu não gosto dessa capa da fic, foi eu que fiz, por isso tá uma merda. Se por acaso algum de vocês tiver criatividade e disposição pra fazer uma capa legal, eu vou agradecer muito.
Até depois


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...