História Our love is written in the stars - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~DuLima29

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Delfina, Gaston, Jazmin, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Simón, Yam
Tags Gastina, Luna Valente, Lutteo, Matteo Balsano, Simbar, Soy Luna
Visualizações 940
Palavras 2.301
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii amorecos.
Desculpa não ter postado antes. Tive um bloqueio de criatividade.
Enfim espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 5 - O Encontro - Simbar



P.O.V. Matteo
  No dia seguinte
 Acordo com os raios solares no meu rosto. Merda. Esqueci de fechar as cortinas! Me sento na cama e tateio o criado mudo em busca do celular. Quando achei o mesmo olhei as horas. Maravilha. Em pleno domingo, nas férias, e eu acordo 06:12 da manhã? Tem como piorar? SIM. Meu celular começa a apitar e eu olho a tela: "Correr com a Marrentinha". Bufei enfiando um travesseiro na cara.
 Acho que cinco minutos depois disso, me levantei, fiz minhas higienes, tomei um banho gelado, coloquei minhas roupas de corrida e peguei o celular e os fones. Chegou a hora da missão impossível do dia. Acordar a luna. Suspirei e caminhei ao quarto da frente. Sim, meu quarto fica de frente para o dela. Abri a porta lentamente e a vi dormindo esparramada na cama. Ótimo. Vou ter que acordá-la.
 Me aproximei dela e a sacudi.
M: Luna! Luna, acorda!- Nada. JÁ SEI!- Luninha!- Ela não deixou escolha. Fui ao banheiro, enchi um balde com água gelada e joguei nela.
L: AHHHHH! MATTEO SEU DESGRAÇADO.- Comecei a gargalhar.- POR QUE FEZ ISSO?- Perguntou enquanto se levantava.
M: Você não acordava, então decidi te assustar um pouco.- Falei entre risos. Ela me mandou o dedo do meio.- Que feio luninha. Isso não é coisa que uma dama deve fazer.
L: Meu pau!- Feminina e delicada igual escavadeira estragada. Mas eu a amo.- Agora me fala: POR QUE DIABOS ME ACORDOU ÁS SEIS E MEIA DA MANHÃ?- Perguntou(Gritou).
M: Vamos correr Menina Delivery.
L: Ah Matt. Eu tô cansada!- Falou fazendo um biquinho fofo.
M: Você me pediu para correr!- Falei me controlando para não gritar com ela.- Vamos fazer assim: Três semanas de corrida, dieta e academia e acabou.- Propus.
L: Qual é a pegadinha?
M: Não tem pegadinha!- Falei e ela me olhou torto com uma cara tipo: Você não me engana Balsano.- Quero que me conte o mortivo de estar assim cmigo.- Ela me olhou meio nervosa.
L: Assim como Matt? Eu tô normal. Eu não tô estranha, voc~e tá estranho.- Falou nervosa. Sério que ela acha que me engana? Ela tá estranha comigo desde que a Âmbar chegou!
M: Luna, eu bem que queria acreditar em você, mas minha certidão de nascimento insiste em dizer que eu não nasci ontem!- Ela me olhou brava.- Vai Luna. você só tem que me contar, e em tr~es semanas paramos de correr.
L: Tá!- Sorri vitorioso.- Mas.- Sério isso produção? Tinha que ter um mas?- Eu só vou te contar depois.
M: Quero que me conte hoje ou nada feito!- Ela me olhou desafiadora.
L: Tá, eu te conto á noite!.- Abracei ela e lhe dei um beijo na bochecha.
M: te amo pequena. Agora vai se trocar que temos 15 minutos se quiser que eu cumpra com minha parte!- Ela correu para o closet e saiu dois minutos depois tropeçando e derrubando o que carregava. Sempre distraída!
 
 Acho que dez minutos depois Luna saiu do banheiro já arrumada.
M: Vamos?- Ela assentiu pegando o celular.
 Começamos caminhando, mas quando chegamos perto de uma praça começamos á correr.
 Corremos por cerca de 4km (N/A: Sim, 4 km. Não acho que seja muito. Isso é eu indo e voltado á pé da escola.), quando Luna parou para respirar.
M: Que foi Luna? Não aguenta mais correr?- Não perdi a chance de provocá-la.- Eu corri o mesmo que você e não estou cansado!
L: Vai se fuder Matteo!- Falou ofegante.- Eu quero água!
M: Tenho cara de bebedouro por acaso?- Ela me olhou feio.- Tá. Já volto com sua água!- Falei me dando por vencido.
L: Brigada Mauricinho. É por isso que te amo.- Eu só me virei para ela e lhe mandei a língua.- Quem dá língua pede beijo.- Fiz biquinho e ela riu.- Vai logo Maurício!- Exclamou rindo e eu lhe mandei o dedo do meio. Me virei e caminhei até um quiosque para compra água.
P.O.V. Âmbar
 Estava de boas aproveitando a piscina quando uma baleia se joga na água me molhando toda.
Â: QUEM FOI O VIADO, PAU NO CÚ, FILHO DA PUTA, RESTO DE ABORTO DO SATANÁS QUE ME MOLHOU?-Gritei e olhei para piscina onde vi Gastón gargalhando e Nina, do lado de fora, filmando isso.
G: Foi mal Loira. Não sabia que era de açúcar.- Iria lhe dar uma bela resposta mas ouvi meu celular apitar indicando uma nova mensagem.
                                           ~~ Mensagem on~~
S: Oi Âmbar! Desculpe por não ter te respondido antes. estava ajudando minha mãe com alguns assuntos.
S: Estou no México. Se ainda quiser, podemos nos encontrar hoje!
S: O que acha?
Â: Não precisa se desculpar Simón.
Â: É claro que aceito.
S: Ótimo!
S: Conheço um lugar incrível.
S: Um Restaurante perto da praia.
Â: Ótimo!
S: Que horas?
Â: Que tal meio-dia?
S: Pode ser!
Â: Irei usar uma blusa preta.
S: E eu irei usar uma camisa vermelha e um gorro preto.
Â: Então até lá Simón.
S: Até lá Âmbar!
                                          ~~Mensagem off~~
  Olhei as horas no celular. 10:45. MEU DEUS DO CÉU! TENHO QUE ME ARRUMAR!
  Levantei corrrendo, entrei em casa e subi para o quarto. M etranquei no banheiro, me despi e entrei no box. Sentir a água gelada em meu corpo me fez relaxar. Tomei meu banho, me sequei e me dirigi ao closet. Vesti uma lingiere preta, um shorts branco e começo a busca á blusa preta. Depois de alguns minutos encontro uma blusa preta de botões com detalhes em dourado. Visto rapidamente e vou para frente do espelho pentear meu cabelo. Depois de penteá-lo vou fazer minha make.
Â: Pensa Âmbar. Muito forte vai parecer exagerada. Sem make fica feia.- Pensei alto enquanto patia o pincel de pó em minha bochecha.- JÁ SEI! Uma make básica. Nem forte, nem fraca.- Falei já começando a passar a maquiagem.
 
  Só mais um puco de gloss, e...
Â: Prontinho.- Falei me olhando no espelho. Estou com uma sombra dourada leve, um blush rosa fraquinho e um gloss rosinha. Sem contar que estou com meus saltos dourados. Peguei me celular e olhei as horas. Arregalei os olhos. São 11:35. Tenho 25 minutos pra chegar lá. 
  Desci as escadas correndo. Saí pelo portão sem avisar á Mônica que saí. Depois ligo para ela. Agora eu tenho que correr se não me atraso ainda mais.

P.O.V. Luna
  Eu e Matteo estamos correndo novamente quando vejo uma loira correndo em direção á praia. Parei brscamente, o que fez Matteo parar também.
M: O que houve?
L: Acho que vi a Âmbar!
M: Como assim Luna?
L: Vi ela correndo em direção á praia! Eu reconheço aquele cabelo loiro em qualquer lugar Matteo!
M: Tá! Mas o que acha que ela foi fazer?
L: Banho de mar não foi. Estava usando roupas muito lindas e salto.
M: Tá pensando no mesmo que eu?- Me olhou com um sorrisinho sapeca.
L: Se você estiver pensando em seguir ela, acho que sim.- Nos olhamos e começamos á correr em direção a praia.
  
P.O.V. Âmbar
Em frente ao restaurante
  12:05. Cinco minutos de atraso. Espero que ele ainda esteja aqui. Adentrei o local e olhei em volta. Procurei bastante até que achei, em uma mesa na janela com vista para a praia, um garoto moreno com um gorro preto e camisa vermelha. Caminho até ele.
Â: Oi. Você é o Simón?
S: Sim, e você deve ser a Âmbar.- Falou se levantando e estendendo a mão.- É um prazer te conhecer.- Segurei sua mão à balançando de leve.
Â: O prazer é meu Simón.- Respondi sorrindo.
S: Sente-se.- Me sentei de frente para ele.- Está com fome?- Assenti. Ele chamou o garçom com a mão e ele veio.
Garçom: Boa tarde senhores. O que irão querer?
S: Eu vou querer Mixiote.
Â: O mesmo que ele.
Garçom: E para beber?
Simbar: Um suco de Morango.
Garçom: Trarei em alguns minutos.
S: Então Âmbar. Me conte sobre você.
Â: Por que não brincamos de perguntas. Cada um faz uma pergunta para o outro. Assim matamos a curiosidade.- Ele assentiu.- Eu começo. Tem namorada?
S: Tinha. Mas ela não era uma boa pessoa. Então terminei. E você?
Â: Desculpa mas garotas não fazem meu tipo.- Falei rindo.
S: Perguntei se tem namorado bobinha. - Falou rindo.
Â: Não. Cor favorita?
S: Azul. E a sua?
Â: Dourado. Passatempo favorito?
S: Patinar, tocar e cantar.
Â: Sério? Eu também. Tirando a parte de tocar.
S: Cantor e cantora favoritos?
Â: Justin e Selena, óbvio. E os seus?
S: Não curto muito os cantores atuais. A música é boa, mas prefiro o Michael Jackson.- Sorri e assenti.- Banda favorita?
Â: One direction. E a sua?
S: Acho que Nirvana, Pink Floyd e AC/DC. Filme favorito?
Â: Ponte para Terabítia. E o seu?
S: Acho que a saga Harry Potter. Ator e atriz favoritos?
Â: Robert Downey Jr. e Emma Roberts. Os seus?
S: Mark Ruffalo e Scarlett Johansson. Música favorita?
Â: Acho que Love You Like A Love Song da Selena. E a sua?
S: Highway to Hell do AC/DC. Qual sua idade?- Ele me perguntou e eu comecei a rir.
Â: Acho que esquecemos de perguntar uma das coisas mais importantes.- Falei e ele riu.- Tenho 17 anos. E você?
S: 20 anos.- Ele falou e eu arregalei os olhos.- Que foi? Pareço tão velho assim?
Â: Não. Pelo contrário. Parece bem mais novo.- Falei e o garçom apareceu.
Garçom: Aqui estão os pedidos e nos desculpe pela demora.- Começamos á comer enquanto conversávamos sobre coisas banais. Sério. Eu descobri que ele é um "amigo" do Matteo. Me lembre depois de perguntar á ele o motivo de não ter me apresentado esse gato.
P.O.V. Luna
Do lado de fora do restaurante.
  Cá estou eu. Do lado de fora de um restaurante, espionando a Âmbar junto com o Matteo.
L: Uau. Quem é aquele gato com a Âmbar?- Falei tentando causar ciúmes no Matt. Olhei para ele e o vi fechar a cara.
M: Nossa Luna! Deixa a Âmbar namorar em paz.- Falou se virando pra espiar ela.- Espera!
L: O que foi Maurício?
M: 1º: Já falei para nunca me chamar assim. E 2º: Eu conheço aquele cara.
L: Quem é ele?
M: O nome dele é Simón. Ele trabalha no Jam&Roller. Toca guitarra na banda de lá.
L: Nunca vi um guitarrista tão gato. Tirando o Rocky e o Ross é claro.
M: Luna. Você é minha melhor amiga. Mas nenhum garoto gosta de ouvir uma garota falando o quanto um cara é gato. A não ser que seja gay.
L: Levando em conta o fato de ser a primeira vez que reclama disso, acredito que seja gay e esteja com ciúmes porque gosta do Simón.- Falei rindo.
M: Acho que se fosse gay, não ficaria olhando as garotas de biquíni.
L: Vai ver você está avaliando os biquínis.- Falei ainda rindo.
M: Sério Luna? Me dê um motivo para você achar que eu sou gay.
L: Suas melhores amigas são meninas, você é muito próximo do Gastón, nunca te vi ter uma namorada fixa e a única garota que fica correndo atrás de você é a Daniela.
M: O Gastón é quase meu irmão,nunca me apaixonei de verdade, a Daniela e todas as meninas do Blake. E sobre minhas melhores amigas serem meninas, a Nina e a Âmbar são como minhas irmãs!
L: E eu?
M: Você é o gnomo irritante que eu tenho que aturar.- Falou rindo e eu comecei a dar tapas em seu peito.
L: Seu viado idiota!
M: Também te amo gnomo de estimação!- Faloi ainda rindo.
L: Vamos pra casa. Não vou mais espionar a Loira.
M: Vamos correndo!- O olhei com carinha fofa.- Se não for correndo vai fazer 500 polichinelos.
L: Tá!- Bufei.- Mas eu quero almoçar comida de verdade.
M: Como se você fosse comer massinha de modelar.
L: Vamos antes que eu te jogue no mar.- Ele me olhou e começou á correr.- ME ESPERA IDIOTA.- Gritei correndo atrás dele.
Meia hora depois na Mansão de Cancún
  Matteo e eu chegamos em casa suados e ofegantes. Derrepente minha mãe apareceu no topo da escada.
MDL: Meu Deus! Vocês correra uma maratona?
L: Quase isso mãe!
MDL: Vão tomar um banho! Vou preparar o almoço de vocês.- Dubimos correndo para nossos quartos.
  Entrei no closet, peguei uma roupa qualquer e entrei no banheiro, me despi e entrei no box. Logo que senti a água gelada de encontro com meu corpo, relaxei. Acho que fiquei 15 ou 20 minutos no chuveiro. Fechei a água, me enxuguei e vesti uma blusa branca escrito "I Love Cats" em vermelho, um shorts curto azul claro e um all star vermelho. Prendi meu cabelo em um rabo de cavalo e desci para sala de jantar, encotrando Matteo e minha mãe.
L: Cadê o povo?
M: Âmbar está no restaurante e seus pais e Gastina já almoçaram.
L: Okay.
MDL: Podem comer.- Falou nos servindo a maravilhosa lasanha de Mônica Valente.
L: Mãe eu to tentando fazer dieta e a senhora não colabora.
M: Pode comer Marrentinha. Hoje corremos cerca de 14km.- Arregalei os olhos. COMO ASSIM?
L: Desse jeito vou sumir.
M: Se ficar comendo lasanha, acho que não!- Lhe mandei a língua e ele fez o mesmo.
L: Vou almoçar que ganho mais
                                  Depois do almoço - Quarto da Luna
  Estava deitada em minha cama, olhando para o nada, quando escuto o barulho da porta e logo depois sinto a cama afundar, indicando que a pessoa sentou ao meu lado. Olhei e vi Matteo um tanto quanto sério.
M: Acho que está na hora de cumprir sua parte do combinado Luna.- Gelei.- Por que está tão estranha comigo?- Engoli seco. Não tinha escapatória. Vou ter que contar a verdade.
 


Notas Finais


Gente vou tentar postar domingo, mas não garanto nada . até mais amores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...