História Our love prevails - Justin Bieber - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Levine, Barbara Palvin, Hailee Steinfeld, Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber
Personagens Adam Levine, Barbara Palvin, Hailee Steinfeld, Hailey Baldwin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 156
Palavras 937
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - But i Love you.


-chegamos na festa, a cada de marya era linda, entramos na mesma e ela estava tirando fotos, deixei tini ir no balanço junto com as outras crianças e Anita, Justin estava fazendo Cameron sorrir!-

Marya: Vocês chegaram! 

Eu: feliz aniversário -disse a abraçando-

Justin: meus parabéns marya-disse a cumprimetando-

Marya: obrigado gente, quero que conheçam meu primo...Cody! vem aqui!

-naquele momento fiquei PARALISADA, faz muitos anos que não vejo Cody, fala sério ele está muito lindo!...reparei que seu olhar não está doce como o de antes-

Eu: Oi cody-disse o cumprimentando-

Cody: oi Bárbara-disse dando um beijo molhado em meu rosto- eai Justin -disse o cumprimentando com um toque-

Xxx: marya

Marya: sim?

Xxx: era pro cantor estar aqui a horas, ele ligou e disse que não vai poder vir

Marya: ah não! Cody!!! priminho canta por favor?

Cody: não não marya

Marya: por favoooor!

Cody: ok marya

-Cody subiu no palco e pegou o microfone, a banda começou tocar uma música com uma batida boa-

Cody: Ela é obra-prima, Ela colou comigo mesmo eu sendo todo errado Deixa eu degustar da sua doçura, E ela é pura e se envolveu na minha loucura Vem, vamo fugir daqui! Me dá um beijo na boca toda vez que eu te fizer sorrir Ela é razão, inspiração E pela falta de atenção, desculpa amor te peço compreensão Ela é o tom da minha canção É que essa mina é foda, cê merece muito mais que "mil refrão" Efeito reação, cê me deixa sem ar Fascina, me alucina, ela só quer viajar Cê me faz delirar e eu não vou duvidar Me mostrou com transparência o sentido de amar-disse cantando e olhando no fundo dos meus olhos-

-percebi que Cameron estava com pattie, Justin não estava ali, fui procura-lo la fora, o vi olhando pro nada com os braços cruzados-

Eu: oque aconteceu?-perguntei e ele permaneceu em silêncio- Estou falando com você Justin.

Justin: oque aconteceu é que aquele moleque ficava cantando e olhando pra você com um olhar que não me agrada

Eu: é isso? Justin Bieber você está com ciúmes?

Justin: sim eu estou, não gosto que homens olhem pra minha mulher, eu cuido do que é meu, eu sei oque é te perder, te garanto que não é uma das melhores coisas do mundo-disse seco-

Eu: Justin, eu nunca te trocaria por ele! Eu te amo Bieber, para com essa frescura, acha que te abandonaria com 2 filhas e um casamento pra acontecer?

Justin: não sei

Eu: ta brincando né?-disse incrédula-

Justin: claro que estou meu doce-disse me abraçando-

Eu: é bom mesmo, agora vamos voltar lá pra dentro.

-entramos na casa novamente, Cody estava tomando um drink, ele deu o último gole e foi pra qualquer lugar, fui ao banheiro retocar a maquiagem, quando terminei sai do mesmo e dei de cara com Cody-

Cody: Oi

Eu: ah...oi

Cody: Você mudou bastante, está mais mulher...mais...Formosa, além de ter filhas lindas.

Eu: obrigado -disse tímida-

Cody: não precisa ficar tímida-disse se aproximando- sabe, gosto mais de você assim, que tal nós dois no escuro, apenas o barulho dos nossos beijos e gemidos abafados, vai, eu sei que você topa, pelo menos uma noite comigo -disse segurando minha cintura-

Eu: não Cody, sou noiva de Justin e como você disse tenho duas filhas lindas! não quero trair Justin.

Cody: Você não vai trair ele se for sem querer

Eu: como assi-ele me interrompe com um beijo-

-tentei me soltar mas não dava-

Xxx: OQUE É ISSO?

eu: j-Justin!-disse indo correndo Pra perto dele-

Justin: VOCÊ BEIJOU ELE BÁRBARA

Eu: EU NÃO BEIJEI ELE JUSTIN! ELE ME BEIJOU!

Cody: eu te beijei? Você disse que sentiu saudades de mim e me beijou!

Eu: PARA DE MENTIR CARAMBA! 

Justin: em casa nos falamos Bárbara-disse seco e saiu-

Eu: PORQUE VOCÊ FEZ ISSO?

Cody: não sei, me deu vontade.

Eu: VAI PRO INFERNO CODY CHRISTIAN

-sai de la e procurei Justin, fomos embora em silêncio, chegamos em casa eu coloquei as meninas para dormir, voltei pro quarto tomei um banho e coloquei uma camisola preta, Justin estava deitado com ás mãos na cabeça e olhos fechados, ele estava de cueca-

Eu: Justin

Justin: oque-disse frio-

Eu: eu juro que eu não o beijei-disse colocando minha mão em seu rosto-

Justin: sim Bárbara você beijou, eu vi com meus próprios olhos! pensei que a gente podia ser Feliz

Eu: e podemos Justin

Justin: se você soubesse o significado da palavra "prevalecer" não teria feito isso

Eu: Você está de cabeça quente agora, amanhã nos conversamos

-me deitei de costas pra ele e adormeci-

04h22

-acordei com um som de voz bem leve em meus ouvidos, não abri os olhos porque percebi que era Justin, estava deitada em seu peitoral, ele estava com os braços envolvidos em mim e cantava levemente em meu ouvido a música "Blackbird" da noni, em meu ouvido-

Justin: Oh, blackbird -disse por fim e me deu beijo na cabeça

10h09

-acordei ainda deitada com Justin, me levantei e fui até o banheiro, fiz minhas higienes e desci pra fazer o café, logo justin desceu e me abraçou por trás e depositou um beijo em meu pescoço-

Justin: Bom dia

Eu: acordou bem? achei que não iria acordar assim

Justin: eu sei que você ouviu eu cantando pra você de madrugada

Eu: que bom

Justin: te Amo minha linda-disse me prendendo contra o balcão, ele me colocou sentada no mesmo e começou a me beijar-

Eu: depois Justin!

Justin: mas eu quero agora

-Justin fechou a porta bate-bate da cozinha e tirou minha roupa, ele tirou a dele e veio com um olhar malicioso, ele começou a me beijar e eu passava minhas unhas por seu cabelo, ele penetrou rápido em minha intimidade fazendo com que eu desse um gemido alto, ele foi dando estocadas rápidas e profundas, logo chegamos ao ápice, estávamos ofegantes, desliguei o fogo do café e subi pro banheiro e tomei um banho com Justin, logo desci e terminei o café-

》》》》》》



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...