História Our love prevails - Justin Bieber - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Levine, Barbara Palvin, Hailee Steinfeld, Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber
Personagens Adam Levine, Barbara Palvin, Hailee Steinfeld, Hailey Baldwin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 179
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - I Love you.


-tinha saído de casa porque estava de cabeça quente, depois de umas meia hora voltei pra casa, fui pro quarto e vi Bárbara deitada na cama e seu vestido de noiva do nosso primeiro casamento estava em cima da cama junto ao véu, nesse momento meu coração apertou, estava indo pro closet e vi um quadro com nossa foto quando estávamos cortando o bolo de casamento, Bárbara estava com um sorriso maravilhoso, eu estava olhando atentamente pra ela com um sorriso também, esse foi o melhor dia de nossas vidas, não posso fazer isso com ela, eu vacilei, e muito-

06h15

-acordei e vi no meu celular que eram 06h15, hoje seria o casamento! mas acho melhor eu pedir desculpas, peguei meu celular e liguei pra todas organizações do casamento, marquei pro dia 18/04, o dia que eu conheci Bárbara, ainda eram 07h52, peguei meu violão e fui pra sacada, me sentei na cadeira e comecei a cantar-

Eu: Uh-oh, just as sure as the stars in the sky

 I need you to show me the light 

Not just for the meanwhile, for a long long time 

Better believe it Uh-oh, whenever you're not in my presence It feels like I'm missing my blessings, yeah 

So I sleep through the daylight Stay awake all night 

Till you're back again, yeah, yeah You think I'm biased 

To my significant other You hit it right on the head 

Only been missing my lover 

 Got a whole lot of texts in my phone and I don't reply 

The next eight bars tell you why 

 You're all that matters to me Yeah yeah, ain't worried about nobody else If it ain't you, I ain't myself 

You make me complete You're all that matters to me...-ouvi Bárbara se mexendo e quando a olhei ela estava me encarando com sua linda carinha de sono-

Bárbara: canta bem-disse com a voz fraca-

Eu: obrigado...quero falar com você

Bárbara: agora não -disse se levantando com dificuldade e indo em direção ao banheiro lentamente-

13h18

Eu: agora podemos?

Bárbara: não entendo

Eu: podemos conversar agora?

Bárbara: não quero falar com você, agora-disse indo pro quintal-

-liguei pra Anita e pedi pra ela chamar a Bárbara pra o shopping ou pra qualquer outro lugar, vou preparar a casa pra nós dois, nada como uma bela noite de desculpas não?...Anita ligou pra Bárbara e insistiu pra que ela fosse, Bárbara estava se arrumando, falei que ia dar uma volta, peguei as chaves fui até até garagem e destranquei o carro, entrei no mesmo, comprei várias coisas, quando cheguei Bárbara não estava, comecei a arrumar a casa-

Bárbara P.O.V

-Anita me chamou pra ir ao shopping, eu não queria ir! não mesmo, mas ela implorou muito pelo telefone, ela chegou e fomos, ela foi o caminho todo cantarolando alguma música, quando chegamos ela estacionou o carro e nos saímos do mesmo, ela travou o carro e seguimos para dentro do shopping, ela comprou várias coisas pra ela, comprei um vestido porque ela insistiu que eu estava entediada, e eu estava...Ela me deixou e casa e saiu, abri a porta e estava tudo escuro, vi uma tela, provavelmente de celular, ela estava escrito "Não acenda a luz! siga o caminho de rosas e velas❤. -JB", oque ele estava fazendo? fui seguindo o caminho iluminado que estava marcando em uma mesinha com uma carta, abri a mesma e li, "eu sei que sou um idiota por ter feito tudo isso com você, não posso viver todos os dias lembrando do seu cheiro e do seu beijo, não posso viver pensando que não posso lhe ter pra mim (siga o outro caminho ❤), meus olhos marejaram, fui seguindo o caminho que deu na porta do quarto que estava fechada, nela tinha um papel em forma de coração escrito "errei muito, mas não quero perder você, me perdoe!!!😭😣", abri a porta e vi o quarto com várias velas iluminando o mesmo, tinha um aroma maravilhoso, na parede estava passando slides com fotos minhas e do Justin dos 16 anos aos anos atuais, comecei a chorar e vi uma sombra sair da sacada, ele chegou mais perto e as velas iluminaram seu rosto, ele estava com um violão-

Justin: não fale, só escute.-ele começou a dedilhar uma música- Onde você pensa que vai

 Com essas malas jogadas no chão

 Com esse rosto coberto de pranto

 E essa sombra no seu coração 

 Onde você pensa que vai 

Senta aqui ainda não acabou 

Sei que nunca fui o mais perfeito 

Nunca dei o que você sonhou 

 É,mas agora eu posso ver 

 Que eu não saberia 

Acordar todo dia 

Olhar do meu lado 

E não te sentir 

Não me aceitaria 

Olhar mais no espelho 

 Sabendo que um dia Te deixei partir 

 Eu não imagino como seja o mundo 

Sem você por perto eu não posso seguir 

Me desculpa por tudo que fiz Se te fiz infeliz E nunca admiti, Te amo, Te amo, Te amo-cantou-....Bárbara Palvin, eu não sei oque é de mim sem você, eu agradeço por ter você ao meu lado, agradeço por poder sentir o sabor dos seus beijos todos os dias, agradeço por me dar a felicidade, fui cafajeste com você, até perdi as contas de quantas vezes te fiz chorar, mas amor eu te prometo dessa vez não estou aqui pra brincar, quero que seu sorriso vire rotina, que o seu cheiro a cama não perca, que nossas noites de amor não percam a intensidade, que nossos beijos não percam a paixão, eu te amo mais que meu limite, viver sem você é como cantar uma música sem voz, tocar um violão sem cordas, viver sem o coração bater...me perdoa por tudo que te fiz?-ele disse quase chorando-

Eu: claro que te perdoo amor-disse indo correndo abraça-lo- nunca mais faça oque fez ontem por favor-disse chorando-

Justin: nunca mais amor da minha vida-disse me abraçando- nosso casamento vai ser dia 18

Eu: sério? te amo te amo!

Justin: te Amo muito mais

Eu:cala boca não dúvida do meu amor

Justin: ok-disse rindo-

-beijei Justin com toda paixão que eu podia dar pra ele, ele deixou o violão no chão e me deitou na cama, ele calmamente tirou minha roupa e eu a dele, ele nos cobriu com o cobertor e as rosas que ali tinham se esparramaram, ele me penetrou lentamente fazendo com que eu desse um gemido abafado, ele estava olhando no fundo dos meus olhos, ele foi aumentado a velocidade, ele estava gemendo por meu nome e isso me fazia ter muito prazer, passei minhas unhas em suas costas de leve e depositei um beijo em seu ombro, ele estava cansado, subi por cima dele e ele e comecei a cavalgar, ele apertava minha cintura conforme a movimentação, logo chegamos ao ápice e eu cai ao seu lado exausta, estávamos com as respirações descontroladas, deitei em seu peitoral-

Justin: vamos tomar um banho?

Eu: sim

-nos levantamos e fomos ao banheiro, tomamos um banho um tanto que romântico-

Justin: acho que isso é seu-disse irônico com o anel de noivado na mão, ele colocou no meu dedo e deu um beijo na minha mão-

-nos deitamos e logo adormecemos-

》》》》》》》 



Notas Finais


Capítulo pequeno sorry❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...