História Our Love Story. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Personagens Originais
Tags Jason, Jercy, Luckercy, Luke, Percy, Romance
Exibições 104
Palavras 1.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meu amores.
Espero que gostem, pois essa é a minha mais nova Fanfic, eu sei sei, tenho que terminar a primeira e continuar a segunda, mas ai eu vou estipulas um dia especifico para cada uma.
Bom essa Fic minha NÃO É DESTIEL, Ela sera uma fanfic Jercy.
Bom espero que gostem.
Musica do capítulo: Angels - The xx
Kisses <3

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Our Love Story. - Capítulo 1 - Capítulo I

Jason.

 

            Eu sempre amei viajar, ser livre para fazer o que eu quero sem me preocupar com ninguém... Mas depois que descobri meu amor por Percy eu não consigo viver se ele.

            Mas como tudo na vida não é como nós queremos, eu simplesmente fugi deste sentimento, fugi... E como ele está com Luke, eu preferi não interferir. Eles se fazem bem um ao outro, e eu não queria estragar algo que eu não faço parte.

            E aqui estou eu, voltando para New York depois de 09 anos fora. Me formei em psicologia, sou bem sucedido, mesmo tendo 26 anos e sendo muito novo, eu consegui uma boa carreira, mas é como dizem, “quem não chora... Não mama”, e assim é a vida.

            E ai vocês me perguntam: Por que está voltando se tem uma vida ótima?

            Bom, eu cansei de ficar zanzando por ai, decidi que necessito de um tempo em minha vida, pois já rodei o país inteiro praticamente. Mas chega uma hora em que temos que sossegar e tocar a vida normalmente.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

            Depois de embarcar no primeiro vôo para NY, eu cheguei por volta das 18h44min da tarde. Eu havia enviado uma mensagem a Leo, para que ele avisasse a todos que eu voltei, e ele me encontraria na área desembarque do aeroporto. Andei uns 15 segundos, e vejo Leo e... Frank, acenando para mim, o que me faz sorrir.

-Ei cara quanto tempo. –Diz Leo me abraçando.

-Verdade, pensamos que havia se esquecido de nós. –Diz Frank me abraçando.

-Eu nunca me esqueceria dos meus amigos. –Digo sem jeito. –Mas me digam como estão todos?

-Bem, todos conseguiram o que queria, e o que é mais legal, é que todos ainda moram na cidade, apenas você foi fazer mestrado em outro estado. –Diz Leo rindo.

-Como foi morar em Illinois Jason? –pergunta Frank.

-Foi bom Frank, as pessoas são muito receptivas e acolhedoras, no começo não foi fácil ficar longe de vocês... Mas com o tempo nós nos acostumamos. –Digo.

-Mas foi você que quis fazer faculdade, graduação, pós-graduação e mestrado em Illinois. –Diz Leo.

-Mas porque vocês insistiram. –Digo arqueando uma sobrancelha.

-mas era uma oportunidade única, você a merecia Jason. –Diz Frank ao chegarmos no estacionamento.

-Verdade, desculpa Jay... E que nós sentimos saudades. –Diz Leo descontraindo.

-Não se preocupem. –Digo.

            Entramos no carro, Frank foi dirigindo, eu fui ao banco do carona e Leo foi atrás, mas como sempre me liguei rápido nas coisas não pude deixar de perguntar...

-Vocês estão juntos? Desculpe a pergunte, mas é que parece. –Digo corado.

-Não se preocupe Jason, eu e o Leo estamos juntos sim. –Diz Frank. –Assim como a Anabeth está com a Piper, o Nico com o Will, A Hazel e a Thalia, o Percy...

            Percebi que Frank se interrompeu, e com certeza tem algo muito errado.

-O que tem O Percy. –Digo tentando esconder minha preocupação, porém não consegui.

-Olha só Jason, ele ta passando por um momento muito difícil e... Não sabemos mais o que fazemos... Pois ele está... –Diz Leo com certa dificuldade.

-Diga de uma vez Leo. –Disse Frank.

-Sabe o Luke?- -Perguntou Leo e eu assenti. –Bem... Ele faleceu tem quatro meses e meio... Nós não te avisamos, pois achamos que sua vida estava boa de mais para... Você se incomodar conosco.

-Leo... Como vocês puderam pensar isso, eu sou amigo de vocês, de todos vocês... Nos conhecemos desde os três anos de idade, e vocês acham que “minha vida estava muito boa para me incomodar com vocês”. –Disse eu fazendo aspas na frase de Leo. –Eu teria vindo o mais rápido possível e você sabe disso.

-Desculpa Jason... Só pensamos que essa noticia não seria muito... Boa para você, mesmo sabendo que você viria para cá. –Diz Frank dando longos suspiros.

-Não tem problema... Eu vou falar com ele depois...  –Digo cabisbaixo.

-Olha, ele não ta num momento bom e... –Diz Leo, mas eu o interrompo.

-Eu sei o que faço Leo, não se preocupem, não direi nada que possa piorar o estado dele. –Digo o vendo fazer uma cara de alivio.

-Chegamos. –Disse Frank. –Bom decidimos nos reunir na sua antiga casa.

-Que bom. –Digo sorrindo.

            Entramos dentro de minha antiga casa, e todos estavam lá, Meus pais, minha irmã, Anabeth, Piper, Hazel, Will, Nico, Sr. Poseidon, Sra. Sally, Sr. Apolo, Sra. Atena, Sra. Afrodite (tia de Annie), e Percy. Eu sempre o amei, mas percebi que ele estava afastado de todos.

-JASON! –Todos gritaram meu nome, e vieram me dar um abraço coletivo.

-Oi gente... Que saudades. –Digo sorrindo, porem o único que não se juntou a Nós foi Percy, assim como Leo havia dito, ele não estava bem.

-Nosso quanto tempo meu filho. –Diz Meu pai.

-Pois é. –Digo. –Psicólogos nunca param, mas esse aqui parou, e vou voltar a morar na cidade.

-AAAEEEEE. –Gritaram todos, e rindo logo em seguida.

            Conversamos a noite toda, colocamos o papo de nove anos nos lugares, até que vejo Percy sair pela cozinha.

-Só um momento Lia. –Digo e vou atrás de Percy.

-Percy. –O Chamo e ele se virá. –Estava com saudades.

            Digo e o abraço, ele demorou alguns segundo para corresponder, mas quando cedeu me abraçou forte, como se eu fosse tua tabua de salvação.

-Jay... –Sussurra Percy em meu ouvido, o que me faz arrepiar. –Eu...

-Não precisa dizer nada... Só fique comigo. –Digo beijando sua testa.

-Eu senti sua falta. –Diz ele com os olhos lacrimejados, e isso concerteza lembrou Luke.

-Eu também senti a sua... Não chore você não está sozinho... Eu estou aqui. –Sussurro para ele e seco suas lágrima.

-Obrigado. –Diz ele.

-Eu sempre estarei ao seu lado. –Digo, e ele me abraça novamente, só que mais forte.

            Ficamos conversando por algum tempo, até que começou a esfriar muito, e involuntariamente, eu abraço Percy, pois ele se arrepiou de frio. No mesmo instante ele ficou paralisado, e murmurei um “desculpe”, e quando fui me afastar, ele se aconchega em eu peito, me abraçando também, nós coramos quando trocamos olhares.

            Mas isso fez nós nos aproximarmos mais um pouco.

-Percy. –Sussurro em seu ouvido.

-Jay. –Diz Percy colocando o rosto no vão do meu pescoço, me fazendo arrepiar. –Eu senti sua falta.

            Sussurrou Percy... Mas eu também sentia a sua... Meu amor.


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado.
Vou deixar aqui o link da Musica.
Link:https://www.youtube.com/watch?v=_nW5AF0m9Zw
Kisses <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...