História Our Photo Album - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Yoonseok
Exibições 209
Palavras 1.391
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, cheguei com mais um capítulo ><
Espero que gostem dele.
Logo as coisas começaram a fazer sentido.
Hahhahahahah.

Boa leitura ^^

Capítulo 6 - You are O.K.?


Fanfic / Fanfiction Our Photo Album - Capítulo 6 - You are O.K.?

POV Jimin

 

Senti um calor gostoso invadir o meu quarto.

Estávamos na primavera.

A época do ano que aprendi a amar demais.

Por que?

Tudo por causa do meu ex-melhor amigo.

Sim, Taehyung me fez amar essa época do amo.

Ele amava essa época e me fez me apaixonar por ela.

Tae sempre ficava admirando a paisagem.

Amava vê-lo olhando a paisagem.

Ele ficava com os olhos brilhando e admirando tudo a sua volta.

E eu, como um bobo, o ficava admirando e vendo-o olhando para a paisagem.

Era maravilhoso aquilo.

Me levantei da cama, depois de um tempo, e fui andando para o banheiro, que ficava no corredor.

Assim que entrei no mesmo, peguei a minha escova de dentes e escovei meus dentes.

Fiz as minhas necessidades e fui tomar o meu banho.

Hoje teria um dia bem puxado.

Iria encontrar Jin, Namjoon e Kook para conversamos sobre como seriam as fotos.

Estava bem animado.

Por causa disso, deixei um dos meus trabalhos, sendo que agora só trabalhava no período da manhã, na cafeteria, lavando os pratos.

Jin e Namjoon disseram que já começariam a me pagar, mesmo ainda não iniciando o meu trabalho.

“Jimin, isso não é porque simplesmente queremos. Isso é o que acontece com quem trabalha como modelo. A partir do momento que você é contratado, já é pago. Quando realmente a coleção estiver pronta, iniciaremos a sessão de fotos.”, me explicou Jin.

Assim que ele me explicou pelo telefone que o pagamento acontece independentemente de realmente tirar a sessão de fotos, fiquei mais tranquilo.

Não queria afetar ou prejudicar ninguém então, quanto meu hyung me explicou a situação, me senti leve, e aceitei, de bom grado, o contrato.

Assim que terminei o banho, desliguei o chuveiro e peguei a toalha que estava no banheiro.

Segui para o meu quarto, somente com a toalha na cintura, e encontrei um Hoseok jogado na sua cama, mexendo no celular.

Senti minhas bochechas esquentarem assim que vi que não estaria sozinho no quarto para me trocar.

- Oh, Jiminie, que corpo bonito que você tem. – Falou Hoseok me olhando de baixo a cima.

Senti minhas bochechas ficarem mais quentes.

- Jiminie está com vergonha? – Perguntou Hoseok dando risada da minha reação.

- Yah, pare de ser idiota. – Falei fazendo bico bravo.

Hoseok deitou na cama e riu escandalosamente.

Fiquei com mais bravo ainda, o que fez meu rosto esquentar mais.

- Jimin, desculpe, mas é que é muito fofo te ver envergonhado. – Falou ele sentando-se na sua cama e limpando as lágrimas que estavam caindo pelo seu rosto.

O olhei bravo, o que fez ele rir mais um pouco da minha reação.

- Vai lá, pegue a sua roupa e se troque. Vou estar na cozinha te esperando para o café da manhã. Você não pode se atrasar, se não o Kookie irá ficar bravo com você. – Falou Hobie se dirigindo para a saída do quarto.

- Não o chame de Kookie. – Falei ainda com o bico nos lábios.

Hoseok parou no meio do caminho, e se virou para mim.

- Ué, está com ciúmes do seu futuro namorado? – Perguntou Hoseok surpreso.

Olhei para ele de forma indignada.

Senti as minhas bochechas se esquentarem mais ainda.

- Ele não é meu futuro namorado. E não é ciúmes que eu estou. Só que, ele não gosta que o chame assim. – Falei de forma sussurrada e de cabeça baixa.

Fiquei em silêncio depois disso.

- E como você pode saber que ele não será seu futuro namorado, ou que ele não gosta do apelido? Jeon reclamou quando você o chamou assim? – Perguntou Hobie de forma direta.

O olhei surpreso e, ao mesmo tempo, sem entender.

- Eu nunca o chamei desse jeito. – Falei pensativo.

Tentava lembrar de alguma forma se o tinha chamado assim.

 Olhei para Hoseok e o mesmo estava me olhando de forma surpresa.

- Não o chamou assim? Mas, foi esses dias que eu estava estudando e escutei você chamando o Jeon desse jeito. Estava sonhando com ele, isso eu tenho certeza, mas, como arranjou esse apelido? – Perguntou Jung sem entender também.

Fiquei pensativo.

Eu sonhei sim esses tempos com o Kook, mas não me lembro de o ter chamado desse jeito.

Estou tão obcecado pelo garoto que até já criei um apelido.

- Meu Deus. Eu devo estar tão obcecado nele que até já criei um apelido carinhoso. E olha que nunca conversei tanto com ele, e nem o conheço direito. – Falei bravo comigo mesmo.

Escutei a risada de Hoseok.

- Se troque Jimin, estarei te esperando. – Falou ele saindo do quarto.

Peguei uma roupa e me troquei, arrumando os meus cabelos.

Não estava muito arrumado, mas não era nada além de um encontro, mesmo que fosse de negócios.

Desci as escadas, e fui até a cozinha.

Me sentei à mesa, e comecei a comer uma torrada, com café que Hoseok tinha posto à minha frente.

- Bom, hoje estão vão definir tudo da coleção? – Perguntou Hoseok me olhando enquanto bebia o café.

Somente assenti afirmativamente por causa da minha boca cheia de torrada.

- Uaau, meu melhor amigo um modelo. – Falou ele sorrindo largo.

- Pare de ser bobo hyung. Continuarei sendo o Jiminie. – Falei sorrindo e mordendo a torrada logo em seguida.

- Isso eu não tenho dúvida. Só estou feliz por você em saber que, depois de muitos problemas e obstáculos, você terá um trabalho que te ajudará a realizar o seu sonho. – Falou ele ainda sorrindo, porém dessa vez, de forma carinhosa.

Correspondi o mesmo e bebi o resto do meu café.

- Hyung, vou indo. – Falei e segui para a saída do nosso apartamento.

- Tchau e até depois Chim. – Falou e acenei e saí do apartamento.

Saí do prédio e fui caminhando até a cafeteria que tínhamos marcado o nosso encontro.

Ela não ficava muito longe da minha casa.

Enquanto caminhava, ficava observando as ruas de Seul, que estavam com muitas flores.

Ficar olhando para aquela paisagem me fazia lembra dele.

Tae foi muito importante na minha vida.

Mesmo depois de quatro anos, eu ainda sentia falta dele.

Sentia falta de sua risada, de seu jeito bobo, de como ele me apoiava em momentos difíceis.

Sentia falta do meu melhor amigo, que sempre estava ali, quando eu precisava.

Claro que Hoseok está ali, mas com Tae era diferente.

Eu o amava bem mais que um amigo.

O que eu sentia por ele não era uma simples amizade.

Por esse motivo, sentia muito a falta dele.

Sentia que o tinha perdido.

Quando percebi já tinha chego na cafeteria.

Entrei na mesma e me dirigi a uma mesa no fundo.

Sentei-me e fiquei aguardando.

- Jiminie. – Escutei uma voz doce.

Levantei o meu rosto e vi Jin hyung.

O mesmo não tinha mudado nada, somente a cor do cabelo, que agora estava rosa.

Levantei-me e o abracei forte.

- Hyung, senti sua falta. – Falei ainda abraçado no mesmo.

Jin foi como uma mãe para mim.

Sempre esteve nos momentos difíceis.

Cuidou de mim quando precisei.

Era o irmão mais velho que nunca tive.

Nos separamos do abraço, e Jin se afastou um pouco de mim, dando espaço para a outra pessoa que estava junto dele.

- Chim, esse é o Namjoon, o meu sócio. – Falou ele apontando para a pessoa.

Namjoon sorriu o que fez aparecer as covinhas.

O mesmo estendeu a sua mão, e eu a apertei com vergonha.

- Prazer, Park Jimin. – Falei.

- Prazer, Kim Namjoon. – Respondeu.

Nos sentamos depois disso.

- Hyung, como anda a vida? – Perguntei sorrindo e chamando a atenção de meu hyung.

Jin abriu um sorriso, meio triste.

Isso cortou o meu coração.

- Cansado só, Chim. Muita coisa para fazer. Mas de resto anda bem. – Respondeu.

Eu lembro que Jin tinha falado que gostava de uma pessoa que nunca ligou para ele.

- E o seu coração? – Perguntei.

Jin me olhou surpreso e baixou a cabeça diante da pergunta.

Namjoon, que estava mexendo no celular, teve sua atenção tomada pela minha pergunta.

- A-a-anda tranquilo. – Respondeu Jin meio gaguejante.

Sabia que ele estava mentindo.

Quando fui questionar, uma voz chamou-me pelo nome.

Senti os calafrios tomarem conta do meu corpo.

Não sabia o que fazer.

“Não, não pode ser ele?”, pensei.

Levantei a minha cabeça e senti um certo receio tomar conta de mim.

- Jimin.


Notas Finais


E então, o que acharam?
SUPRISE.
Semana que vem vocês irão saber quem é que chamou o Chim, mas quero teorias. Hahahhahahahah

Kissus e até semana que vem ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...