História Our Promise - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, IKON, VIXX
Personagens B.I, Baekhyun, Bobby, Chanwoo, Chanyeol, Chen, D.O, Donghyuk, Hongbin, Hyuk, Jinhwan, Junhoe, Kai, Ken, Kris Wu, Lay, Leo, Lu Han, N, Personagens Originais, Ravi, Sehun, Suho, Tao, Xiumin, Yunhyeong
Tags 3some, Abo, Chanbaek, Chanwoo, Double B, Hongbin, Hunhan, Hyuken, Junhwa, Kaisoo, Kristao, Leoxnxravi, Navi, Neo, Sulay, Xiuchen, Yundong
Exibições 705
Palavras 1.723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Todos com raiva do Chanyeol, que isso jsjsjsb
Aviso: talvez não eu não atualize nessa semana ok? Tenho provas no fim de semana, e estarei estudando para elas.


Boa leitura e desculpem os erros.

Capítulo 7 - Sete


—Junmyeon! — A professora chamou e o ômega se virou para a mais velha — Você não está nada bem em Química meu querido, precisa estudar mais, você respondeu o questionário e só acertou 5 perguntas das 15 — ela suspirou e Junmyeon abaixou a cabeça. — Eu não quero te reprovar no seu último ano, vamos aproveitar que ainda está no começo e eu vou lhe indicar a uma pessoa para estudar com você.

— Professora eu não quero atrapalhar, não precisa falar com ninguém porque eu dou meu jeito.

— Não, ele não vai ficar chateado e vocês vão ser bons amigos — ela sorriu — ele é o meu melhor aluno, tenho certeza que o ajudará.


— Não prec-

—Yixing! — A mulher gritou e Junmyeon arregalou os olhos — Venha cá meu querido.

— Sim professora — o alfa disse entrando na sala. — O que deseja?

— Eu gostaria de saber se você se importa em dar aulas de Química a um dos meus alunos aqui do C4?  — Ela perguntou e Yixing negou — Ficaria ao seu critério aonde estudariam, mas é porque ele realmente precisa e eu gostaria de o ver mais focado na minha matéria, por isso apelei para você agora.

— Fico feliz em saber disso, sabe que eu gosto de ajudar, professora —Yixing disse e Junmyeon quase soltou um grito querendo chamar o alfa de coisa fofa. — Quem seria o seu aluno?

— Aqui, o Junmyeon— A mulher segurou nos ombros do ômega. — Esse é Yixing, meu querido.


— Prazer —Yixing disse e Junmyeon ergueu a cabeça para olhar o alfa.

— Prazer —Junmyeon murmurou.

— Ótimo, quero você incrível em Química, Junmyeon— A mulher disse pegando suas coisas e saindo da sala — Nos vemos amanhã meus queridos.


— O que você acha de estudar na biblioteca? —Yixing perguntou e Junmyeon assentiu. — Tudo bem para você começarmos hoje?


— Eu preciso ir para casa, desculpe —Junmyeon corou ajeitou a bolsa nas costas e saiu da sala sem se despedir do alfa.


Yixing não se sentiu mal ou achou uma afronta, o alfa riu achando fofo.

-x-

— Quem é Jiho? —BaekHyun perguntou a KyungSoo quando ambos mais Hongbin voltavam para casa, BaekHyun praticamente puxou KyungSoo para ir com ele mesmo que o caminho de sua casa não fosse aquele.


— Um filho da puta —KyungSoo respondeu e olhou para Hongbin— Desculpa amorzinho.


— Tudo bem —Hongbin riu colocando os fones de ouvido.


— Quando eu estava com Chanyeol, ele apareceu —BaekHyun contou.


— Porra, você não tem sorte mesmo não é? Eu deveria jogar na loteria, será que eu ganho? — ele colocou os dedos no queixo como se pensasse.


—KyungSoo!

— Bobinho do meu coração, Jiho é uma puta não por ser puta realmente, eu chamo ele assim porque sei lá, combina, e não nos damos bem —KyungSoo riu — Chanyeol nunca teve nada com ele até esse ano, não sei o que deu e o que aconteceu, mas eu vou descobrir, deixa comigo.

— Parece meu Omma—BaekHyun fez uma careta.

— Falando nisso, bobinho você tem dois Appas? —BaekHyun assentiu. — Um buraco para dois paus, opa!

—KyungSoo!


— Desculpa, foi sem querer — ele riu — Eu sou assim Baek, as vezes sai sem perceber.

— Sei, sem perceber —BaekHyun revirou os olhos. — Qual sua relação com o JongIn? Luhan comentou ontem sobre isso.


— Olha, eu gosto do JongIn pena que ele escuta mais os outros do que a si mesmo, ele prefere escutar o que dizem do que escutar a vontade dele — KyungSoo suspirou triste e BaekHyun que até agora não tinha visto aquele KyungSoo, se assustou. — Eu sinto que ele gosta de mim, sabe? Eu sei que falo minhas besteiras, mas porra, eu não sou uma puta ou coisa parecida, namorei poucas pessoas, mas JongIn se foca no que dizem e esquece do dia em que eu o beijei.


— Vocês se beijaram?


— Em uma festa do Ken, eu estava o observando enquanto dançava, Kim JongIn na terra e jesus no céu, ele é um maravilhoso dançarino. — O ômega fez um bico e BaekHyun riu. — Eu tive um ataque de coragem e me aproximei dele, naquele dia ele se rendeu a vontade e me beijou, melhor beijo da minha vida e o último já que depois disso eu não beijei mais ninguém.


— sério mesmo? Isso faz quanto tempo? — BaekHyun perguntou surpreso, as pessoas falavam mesmo de KyungSoo sem o conhecer, tinha ouvido que ele estava pegando um alfa de outra escola, mas ao ouvir KyungSoo dizer que não beijava mais ninguém desde JongIn, era uma confissão verdadeira.



— Vai fazer uns 9 meses eu acho, não lembro. — KyungSoo deu de ombros — Mas tudo bem, temos que focar em você e Chanyeol.



— Depois que ele me largou ali, não tem no que se focar, KyungSoo.



— Baekkie, até eu te largaria sozinho se Jiho aparecesse, você não o conhece, é mais fácil Chanyeol ter feito aquilo para te livrar de algo do que para machucar. — KyungSoo avisou. — tenho minha raiva para com o Chanyeol, mas é de birra porque ele me perturba, mas sei o que ele é fora da escola, nem todos são diferentes ou iguais fora daquele inferno, Chanyeol é uma coisa lá e uma fora.

BaekHyun suspirou, novamente precisaria de seu Omma.







-x-

— O que aconteceu? — Zitao perguntou quando viu Chanyeol passar direito por si e ir direito para o quarto. — Junmyeon! — O ômega chamou o filho que fez o mesmo que Chanyeol e foi para seu quarto. — Agora é assim? Ninguém me responde nessa casa.



— Impar ou par? — Yifan perguntou e Zitao bufou. —  Eu prefiro ir conversar com o Chanyeol, você sabe.


— Junmyeon não é uma menina, pare com isso e vá falar com ele, Chanyeol é meu por hoje. —  O ômega disse e Yifan suspirou indo para o quarto do filho mais velho.


Não que Yifan não seja apegado ao ômega, mas por ser um alfa ele não achava que iria de algum modo ajudar Junmyeon seja lá com o que ele precisasse, já Zitao gostava de conversar com Chanyeol e Junmyeon igualmente, não tinha nenhuma diferente para ele.


— Chanyeol? — Zitao perguntou batendo na porta antes de abrir, viu o filho jogado na cama. —  Tudo bem?



— eu acho que fiz a maior merda da minha vida. — Chanyeol disse com a voz abafada por estar com a cabeça no travesseiro. —  Vou me matar, na verdade quando o Sehun e o JongIn chegarem o senhor os manda me matar.

— O que aconteceu meu filho? Me diga — Zitao se sentou perto se Chanyeol passando as mãos pelos cabelos do alfa. — O que você fez?

— Lembra do BaekHyun? — Chanyeol perguntou se virando e Zitao assentiu — Ele está estudando comigo, na mesma escola e tudo mais.

— Que ótimo, você estava louco por ele, quando vai o trazer aqui? — Zitao perguntou animado, mas logo percebeu o rosto do filho. — O que você fez?

— Eu achava que não ia o ver, talvez no ano que vem quando fosse morar na Califórnia como você e o Appa me prometeram, então eu ia seguir minha vida aqui assim como ele seguiria lá, o que é totalmente normal não é?

— Ao meu ver, sim — Zitao disse —  o que aconteceu?


— A gente se encontrou, estávamos nos abraçando, mas Jiho chegou e eu empurrei o BaekHyun para longe.



— Porque você fez isso, Chanyeol? Menino eu não te eduquei assim, sei do jeito que é na escola, mas nunca foi de tratar um ômega assim!



— Omma, entende o meu lado, eu estava ficando com o Jiho e ele não é o melhor ômega do mundo, mas foi somente um ficar, porque hoje eu coloquei um fim — Chanyeol suspirou — Jiho não pode sonhar que eu tenho algo ou conheço o BaekHyun mais a fundo, aquele ômega não pode imaginar, Omma.



— Chanyeol, você está me dizendo que o empurrou para o proteger? Isso não faz um pingo de sentido!


— Queria eu fizesse o que? Assumisse ali que tenho algo com o BaekHyun? Jiho iria fazer a vida dele um inferno. — Chanyeol passou as mãos pelo rosto. — Ele já disse que vai fazer a minha vida um inferno depois que falei que nunca mais iríamos ficar, imagine se ele descobrir sobre o BaekHyun, o que eu menos quero é o nome do BaekHyun ligado ao meu naquela escola, pelo bem dele.



— Não seja como eu fui com seu appa, não iluda esse menino como eu fiz ha anos atrás com o Yifan, você conhece a história toda, sabe o que eu fiz e eu não me orgulho disso, hoje eu sou feliz, hoje somos felizes, mas não perca anos como eu, procure esse ômega pra conversar fora da escola — Zitao aconselhou — Porque eu mais do que ninguém, sei o ninho de cobras que uma escola é, e a cobra que esse tal Jiho deve ser.


-x-

— Chen me falou sobre você e o Sehun. — Minseok disse entrando no quarto do irmão, Luhan suspirou terminando de retirar sua roupa. — Você sabe o que eu acho sobre isso.



— Sei Minseok, eu sei — Luhan pegou sua toalha e a enrolou em seu corpo. — Mas Sehun parece ser diferente comigo, sério.


— Vai me dizer que... Porra Luhan.


— Você deu uma chance para o Jongdae quando ele voltou do Japão depois de quase 3 meses que ele havia te largado aqui, e VOCÊ acha que eu não devo dar uma chance para o Sehun? Minseok, eu não vou dizer que me entrego a ele, apenas vou tentar, só isso. — Luhan disse indo para o banheiro.


-x-


— Appas? — Hongbin bateu na porta do quarto dos pais.

— entre — O beta escutou Ravi responder.


— podemos conversar? — o mais novo perguntou.


— Senta aqui — Leo apontou para o espaço ao seu lado na cama e o beta obedeceu. — Sobre o que você quer conversar?


— Qual dos dois é meu Appa de sangue?


Notas Finais


twitter: xbearcute

Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...