História Our promisse will never be broken - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Delfina, Gaston, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Simón, Yam
Visualizações 170
Palavras 742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Self Inserction, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem...

Boa Leitura♡

Capítulo 2 - The promise


Fanfic / Fanfiction Our promisse will never be broken - Capítulo 2 - The promise

                     Pov's Luna

7 anos antes...

Eu estava no balanço sozinha. Como estava forte, caí de cara no chão. Tentei me levantar, mas ganhei ajuda de alguém.

- Oi, vc está bem? - dois meninos estavam na minha frente.

- Sim, obrigada. Quem são vocês?

- Eu sou o Matteo, e ele o Gastón. E vc?

- Luna, obrigada por me ajudarem.

- Aqui está sangrando. - Matteo apontou para o meu queixo.

- Não é nada, sempre me machuco assim.

- Tem certeza? - dessa vez Gastón falou e eu afirmei com a cabeça.

2 anos depois...

- O que vc quer falar, Luna? - Gastón disse, impaciente.

- Precisamos ir a tenda.

- Porquê? - o Matteo, perguntou.

- Porque o assunto é super importante e lá é especial. - puxava os dois preguiçosos.

Nós chegamos à tenda ,que nós construímos na ilha de meus pais.

- Pronto, fale.

- Ok. Olha eu vi em um filme que três amigos como nós, fizeram um juramento sobre que nunca iriam se separar. - eu disse animada. - Que tal?

- Prometer que nada no universo nos separaria? - Matteo perguntou.

- Exato.

- Bom, vamos deixar isso marcado para sempre. - Matteo disse - Vamos... - parou um pouco, pensando. - Já sei!

- O quê? - eu e Gastón perguntamos.

- Nós três escreveremos no tronco da árvore mais próxima da tenda sobre isso.

- Sim! - Gastón disse empolgado.

- Ok, então escrevemos o quê? - eu perguntei.

- Assim: "Nós, Luna Valente, Matteo Balsano e Gastón Perida, juramos que nunca iremos nos separar. Nunca".

- Adorei a ideia, Matt. Vocês são os melhores amigos da galáxia! Nunca quero perdê-los! - eu falei, abraçando-os.

- Amo vocês - Matteo disse, quase quebrando o pescoço de Gastón.

Nós repetimos a frase juntos.

Atualmente...

No Blak,12:30

Nunca estudei tanto. Estava quase dormindo sentada. Quando acabou meu horário fui para perto da sala dos meninos, pois terminaria mais tarde, devido ao fato de eles serem 1 ano mais velhos.

- Oi, princesinha. Esperando por nós? - Matteo apareceu e Gastón logo em seguida.

- Sim. Vamos logo, porque estou com fome e sono. Não vejo a hora de ir para o refeitório.

- O que tem no cardápio hoje? - Gastón perguntou, sentando ao meu lado.

- Pão de queijo e refrigerante. - Matteo respondeu,nessa hora eu quase cai da mesa mas eles me ajudaram a levantar.

- Estou com muito sono.

- Percebemos, vc quase caiu. - Gastón disse, rindo.

- Isso não tem graça. Anda, vamos logo.

Percorremos o corredor, descemos as escadas e chegamos na lanchonete pequena.

- Lu, eu pago. - Matteo insistia nisso.

- Não precisa, Matt. Eu tenho dinheiro suficiente.

- Sei disso, mas está no meu dia. - Gastón e Matteo eram tão fofos, que organizavam dias da semana para pagar meu lanche.

- Não podemos fazer uma excessão?

- Definitivamente, não. São as regras.

- Ok, ok. Só estou aceitando, porque estou com muita fome e quero comer logo. - ele sorriu e eu retribuí.

- Lu, você está bem? Nem está comendo direito. - Matteo perguntou.

- Sim. Tenho sim.

- De fato, pequena, você está péssima. Certeza que isso aí, não é sono. - Gastón disse, concordando com Matteo.

- Grandão, estou falando a verdade. Não é nada.

-Aham,pode falar.-disseram em uníssono sentando um do meu lado

- Ok, ok. - disse afastando a comida - É que... estou com saudade da ilha, da tenda.. Faz tempo que não vamos lá.

- Também estamos, princesa. Mas você está de castigo. - fim de semana passado fiquei de castigo, por ter quebrado o vaso que minha mãe adorava. - Melhore essa cara, porque se não vamos ficar tristes também. - apenas com aquele comentário, sorri boba. Eles eram os melhores amigos que eu poderia ter.

Terminamos de comer e eu fui para o alojamento feminino e eles para o masculino. Cheguei lá, me deitei na cama e durmi.

- Luna? Lu, acorda. - acordei com Nina e Ámbar me cutucando.

- Ann.. o que é?

- Matteo e Gastón estão preocupados com você. - Nina disse.

- Porquê?

- Porque você está a 5 horas aí. - dessa vez Ámbar.

- O quê? - pulei da cama. - durmi tudo isso?

- Sim, amiga. - elas duas afirmaram. - Para o seu bem, é melhor se levantar.

- Obrigada, sem vocês, não sei o que seria de mim. - saímos do quarto e fomos para o pátio.

- Luna, onde você estava? - Gastón apareceu e Matteo logo em seguida.

- Pela cara, deve ter dormido a tarde inteira. - Matteo disse e confirmei.

- O que vocês querem?

- Temos uma notícia. - os dois disseram juntos.


Notas Finais


Oq será que vai aconteçer???

Obrigada por lerem

Siga minha página de Sou Luna no facebook:https://www.facebook.com/lutteanassobrerodas/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...