História Our Story - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Violetta
Personagens Angeles "Angie" Saramego, Broduey, Camila "Cami" Torres, Diego, Federico, Francesca Cauviglia, Gregório, León Vargas, Ludmila Ferro, Marco Tavelli, Maxi Pontes, Nathália "Naty" Vidal, Pablo Galindo, Violetta Castillo
Exibições 42
Palavras 941
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! ❤
Esta história se passa a maior parte do tempo em um studio, onde Violetta e León se conheceram e começam uma linda história de amor.

Capítulo 1 - Como tudo começou.


Fanfic / Fanfiction Our Story - Capítulo 1 - Como tudo começou.

.

.

.

~ Pov's Violetta On ~

Mãe : Filha? Chegamos! - Abro os olhos e vejo minha mãe.

Eu : Já estamos em Buenos Aires?

Mãe : Sim, meu amor. E estamos descendo para o aeroporto. - Me espreguicei e bocejei. - Federico, acorda, filho! - Sacudiu o mesmo que estava dormindo com fones de ouvido. 

Federico : Já chegamos?

Mãe : Sim. - O avião pousa e saimos dele.


Saimos da plataforma e nos dirigimos até a rua. Minha mãe chamou um táxi e fomos pra casa.

Era linda, com muitos cômodos, um jardim cheio de flores, piscina, garagem, enfim... Uma bela casa.


Eu : Mamãe, é linda!

Federico : Bacana, hein, mãe.

Mãe : Vamos para os quartos.

Eu : Ebaaa! - Bato palmas.

Mãe : Olga! - Se abraçam. - Como está?

Olga : Muito bem, e a senhora?

Mãe : Estou ótima. - Sorriem. - Olha, essa é a S/n e o Federico. Meus bebês.

Olga : Muito prazer.

Mãe : Olga é uma grande amiga, meninos.

Eu : É um prazer, Olga.

Federico : Eae. 

Olga : O prazer é todo meu. - Subimos as escadas e eu entrei na segunda porta do corree era meu quarto.


Tudo magnífico. Desfiz as malas, e fui tomar banho. Em seguida, vesti um shorts jeans rasgado e uma regata branca. Prendi os cabelos num coque frouxo e desci novamente as escadas cantarolando.


Olga : Mas que bela voz. - Me assusto ao ver ela preparando a mesa para o jantar.

Eu : Obrigada. - Sorrio e ela retribue. - Você trabalha aqui a muito tempo?

Olga : Desde quando sua mãe foi embora para Nova York, isso você e nem seu irmão não eram nascidos ainda.

Federico : Falando de mim, né? - Desliza no corre-mão da escada. 

Eu : Para de se achar, Fede. - Reviro os olhos. 

Federico : Sei. - Sorrir de lado.


Logo minha mãe chegou e todos jantamos. Depois, fui ver TV, enquanto mamãe e Olga colocavam os papos em dias. Federico foi dar uma volta, aquele alí não sossega o facho.

Não demorou muito para mim está bocejando sobre o sofá, a viagem foi longa e cansativa. Dei boa noite pra minha mãe e pra Olga, e subi pro quarto. Tirei o shorts e me joguei na cama.


***


 Senti a claridade da janela filtrar dentro do quarto. Abro os olhos, me levanto e vou cambaleando ao banheiro.

Depois de um banho, visto uma calça jeans e uma camiseta preta com a estampa de gatinhos e doces. Calço meu all-star. Pego a mochila e desço para a sala.


Eu : Bom dia, mãe. Bom dia, Olga. - Sento na mesa.

Mãe : Bom dia, meu amor.

Olga : Bom dia. - A mesma serve meu café com leite e sai.

Mãe : Preparada para o primeiro dia no Stúdio?

Eu : Um pouco nervosa. 

Mãe : Não se preocupe, vai dá tudo certo. - Sorri pra ela.

Federico : Bom dia, família que me ama. - Desceu correndo e sentou na mesa.

Eu : Bom dia.

Mãe : Bom dia, querido. Espero que dê tudo certo, e Federico, não volte para casa com uma advertência. - Ri.

Federico : Confia em mim, mamãe. - Mãe cerrou os olhos duvidando.

Eu : Bom, eu já vou. Você vem, Federico?

Mãe : Ah, eu deixo vocês hoje.

Federico : Que mico, né, mãe.

Eu : Não vejo problema, mas se você quiser ir de pé. - Dou de ombros.

Federico : Desço em um minuto. - Federico subiu e pegou sua mochila. Fomos para o Stúdio.


Lá parecia ser um ótimo lugar! Divertido, e cheio de adolescentes talentosos.

Fui até meu armário guardar as coisas, quando uma garota ruiva e uma morena se aproximam.


Xxx : Oi. - Diz a ruiva.

Eu: Olá.

Xxx : Você é nova aqui, né? - A morena pergunta.

Eu : Sim, cheguei agora.

Xxx : Ah, meu nome é Camila Torres, seja bem-vinda.

Xxx : E o meu é Francesca Cauviglia. Muito prazer. 

Eu : Obrigada. - Sorrio. - Meu nome é Violetta Castilho

Francesca : Você é inglesa?

Eu : Cheguei de Nova York ontem.

Camila : E o quê tá achando da Argentina, ou melhor se Buenos Aires?

Eu : Na verdade eu nem tive tempo de passear ainda.

Francesca : É verdade que no ensino médio dos Estados Unidos têm equipe de torcida com líderes e tudo?

Eu : Sim. - Sorri. - É sim, mas eu nunca fui da equipe.

Camila : Ah, que pena. - Baixou a cabeça.

De repente, ouvi um ronco de motor e logo uma multidão de gente se formar na porta do Studio.

Francesca : Ih, ele chegou. - Revirou os olhos.

Eu : Quem? - Me virei e vi um garoto de jaqueta em cima de uma moto pra lá de luxuosa. Ele estava de capacete, mas logo tirou revelando sua beleza, e que beleza.

Camila : Léon, o irmão da Fran. E o garoto mais popular do Stúdio, e um dos mais talentosos também.

Eu : Por quê todo esse alvoroço? - Olho para elas.

Camila : León é como o capitão do time de basebol nos Estados Unidos, o garoto mais cobiçado por todas daqui.

Francesca : É. Ele pega geral, mas não qualquer uma.

Eu : Agora fiquei confusa. - Elas sorriram.

Camila : Na verdade ele só fica com garotas no nível da Ludmila.

Eu : Quem é Ludmila?

Francesca : Falando em cobra...

Camila : É aquela que acabou de chegar.


Vi uma menina loira sendo seguida por duas meninas: uma baixinha de cabelos cacheados e outra magrinha de cabelos castanhos. - Ela é como a capitã da equipe de torcida, a patricinha popular do ensino médio, ou melhor do Stúdio.


Francesca : León já teve um rolo com ela, mas ele não é de se amarrar, então não durou uma semana.

Camila : Xiii, lá vem ele. - Revirou os olhos. Olhei para o garoto da moto, e o vi se aproximando de nós.



Notas Finais


Espero que tenham gostado do primeiro capítulo.
Até o próximo. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...