História Our Sweet Little Sister - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Shizuka-Raiko

Postado
Categorias Brothers Conflict
Personagens Azusa Asahina, Ema Asahina, Futo Asahina, Iori Asahina, Kaname Asahina, Louis Asahina, Masaomi Asahina, Natsume Asahina, Personagens Originais, Subaru Asahina, Tsubaki Asahina, Ukyo Asahina, Wataru Asahina, Yusuke Asahina
Exibições 45
Palavras 2.964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Incesto, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Devil: É né, como diz o ditado, "quem é vivo, sempre aparece".

Angel: Indo agora ás explicações do por que nós ficamos sem postar nada.


-------------------------------------Motivos Malditos Para Nós Não Termos Postado Nada-------------------------------------------

1- Estamos em semana de provas, então temos que ralar para não ficar de recuperação ou prova final em nada.

2- Estamos sem criatividade. Este capitulo, está sendo feito desde que nós fizemos o cap 2, mas a criatividade tirou ferias e só resolveu voltar agora.

3- Nós além de provas eternas que nunca acabam, fizemos teste para outra coisa. Que se nos permite dizer, foi dureza, mas ainda estamos esperando nossos resultados. (#Torçamparaquenóspassemos)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Angel: Bem, estes são os motivos.

Devil: Isso. Agora, gostaríamos de falar com os leitores sobre um "concurso" que nós iremos planejar. Basicamente, o concurso será para você leitor virar um coautor desta fic. Esse concurso servirá para que saia capítulos mais rápidos, para assim, não ficar sem praticamente um mês sem atualizar a fic.

Angel: Nós agora iremos explicar o que você deve fazer e algumas pequenas regras que gostaríamos que seguissem.


-----------------------------------------------------------Sobre o "Concurso"------------------------------------------------------------------

Para o concurso, você deverá fazer uma one-short usando personagens desta fic. Desta forma, nós iremos saber o seu modo de escrita. Sobre o gênero da one-short, ele pode ser qualquer um, igual aos personagens da fic.

[Regrinhas básicas]

1- Faça sua one-short com calma, pois não iremos aceitar se você nós der uma história "ilegível".

2- Faça uma one-short de pelo menos, 300 palavras para cima, pois assim nós saberemos que você não é descompromissado. (Porque poxa mano, eu já li umas fics de 200\100 e eram horríveis, então para nós quem faz isso não tem compromisso com sua fic. Lembrando, teve algumas, não quer dizer que todas que eu li eram ruins. Mas eu acho meio chato postar capítulos muito curtos, porque tem uma hora que enjoa.)

3- Mande-nos a sua one-short por mensagem no privado pois assim iremos poder ver a mensagem sem sermos incomodadas.



[Avisos]

1- O número de coautores, vai depender do modo em que estarão as histórias. Ou seja, se não houver nenhuma realmente boa, não iremos "contratar" ninguém.

2- Não sejam tão preocupados quanto ao português. Você não precisa ser profissional nem nada do tipo quanto ao português, pois eu erro bastante também. Só gostaríamos que vocês fizessem algo que dê para entender.

3- Esse "concurso" acabará no dia 05\12\16, mas pode ser que nós acabemos mudando a data. (Motivo desta data: Dia 05 de dezembro nós entramos de ferias, então ficará mais fácil de ler as one-short's.

4- Não tem faixa etária, você pode ter a idade que for, mas pode fazer o concurso caso queira.

5- Quais quer duvidas que venham a ter é só perguntarem nos comentários que iremos responder.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Angel: Bom, já falamos tudo o que tínhamos para falar, então tenham uma boa leitura.

Devil: Boa leitura.


~Até as notas finais

Capítulo 3 - Conhecendo a nova família


Fanfic / Fanfiction Our Sweet Little Sister - Capítulo 3 - Conhecendo a nova família

                                       LER NOTAS INICIAIS. AVISOS E MOTIVOS DE DEMORA DE CAPITULO 

 

P.O.V Autoras

O almoço havia sido o mais divertido da vida de Yuna, depois de todos o horríveis acontecimentos de sua vida. E por mais que houvesse conhecido a praticamente poucas horas aquelas estranhas pessoas, dentro dela já havia um afeto minimo por aquelas pessoas. Depois do divertido almoço, Yuna timidamente se voluntaria para ajudar a tirar a mesa e lavar os pratos, coisa que Ukyo rapidamente discordou, dizendo que era muito trabalho para uma pequena garota como ela, mas Yuna logo responde:

Yuna: N-não se preocupe Ukyo-san, eu não ligo de fazer estas pequenas coisas. Afinal, eu sempre as fazia em meu orfanato. - disse a menina sorrindo docemente mas sem perder a timidez, coisa que nos olhos das pessoas ali presentes era incrivelmente adorável.

Ukyo: Mas lá você fazia com a ajuda das suas colegas, certo? - disse o loiro com um pouco de fé que era aquilo mesmo que acontecia na antiga casa da menina. -

Yuna: B-bem, na verdade, eu fazia todos os deveres domésticos do orfanato sozinha quando as faxineiras faltavam. - disse a menina tímida, mas com uma tranquilidade assustadora. Afinal, não é normal se fazer todas as atividades domesticas de um grande orfanato como aquele sem se sentir incomodada. -

Ukyo: Hein? Como assim você fazia todos os deveres domésticos?! - pergunta o loiro desacreditado para a mais nova. -

Yuna: B-bom, quando minhas colegas não tinham como cumprir os seus deveres elas os davam para mim, dizendo que tinham um compromisso ou uma coisa importante para fazerem. E como eu não queria que elas arrumassem problemas, ficassem tristes, com raiva ou magoadas comigo nunca disse não para que nada destas coisas acontecessem. - disse a mais nova inocentemente sem entender o por que do rosto de espanto do irmão mais velho. -

Tsubaki: Yuna-chan, elas se aproveitavam de você! - exclamou o de cabelos brancos, irritado com as atitudes das colegas da mais nova, que por mais que não as conhecesse elas já tinham um lugar em meio de seu ódio. Como todos os outros irmãos presentes também tinham. -

Yuna: Isso é uma coisa ruim? - pergunta inocentemente a menina. Céus, quanta inocência cabe em uma menina pequena como aquela? -

Yuusuke: É claro que é ruim, idiota! - diz o ruivo irritado com a ingenuidade da menina. Afinal, ele nunca havia visto uma pessoa tão bobinha quanto aquela pequena garota. -

Azusa: Ei Yuusuke, não chame ela de idiota, seu imbecil! - fala o de olhos violetas irritado com o comentário do mais novo -

Yuna: Não Azusa-san, Yuusuke-san está certo. Eu sou mesmo uma idiota, afinal, quem além de mim acreditaria em coisas tão estupidas quanto aquelas? - engole seco - Bem acho que eu sou a única, mas eu não ligo de que as pessoas façam isso comigo, pois eu prefiro ter esse tratamento, do que ver alguém triste ou chorando por minha culpa. - diz a menina meio melancólica, mas ainda com um sorriso doce no rosto. -

Masaomi: Yuna-chan, não fale assim. Afinal, mesmo se você não se oferecesse para ajudar, nós não ficaríamos zangados com você. - diz o mais velho sorrindo de modo gentil e tranquilizante para a de olhos azuis. -

Tsubaki: Isso mesmo Yuna-chan, não se preocupe tanto assim, ou iremos acabar nos sentindo culpados por fazer você se sentir assim. - fala o de cabelos brancos tentando animar o clima tenso que havia se estalado no local. -

Yuna: S-sinto muito por preocupa-los! - diz um pouco rápido como se estivesse imensamente arrependida, mas logo continuou. - M-mas... Sera que eu poderia ajudar assim mesmo? - perguntou a menina de modo tímido e gentil, fazendo os outros presentes pensarem em como sua nova irmã era adoravelmente doce. -

Ukyo: Claro que pode Yuna-chan. Contanto que você não faça tudo sozinha, está tudo bem. - diz o loiro sorrindo de modo gentil, e feliz por ter alguém para ajuda-lo com as atividades de casa. Antigamente era Emma quem o ajudava, mas agora que ela está em período de provas, não pode ajuda-lo. (N\AS: Gente, eles estão no começo do ano, mas já estão em período de prova ok? )

Depois desse ocorrido. Yuna e Ukyo tiraram a mesa, e logo depois foram lavar a louça, com a condição que Ukyo deu a Yuna que era para ela não fazer tudo só. Então enquanto ele lavava, ela secava e guardava os pratos, copos e talheres, mas é claro, não sem baterem um pequeno papo. Depois disso ele disse a ela que ela já estava "livre", sendo que ela não ligaria de continuar o ajudando mas como não tinha mais nada para fazer então deixou para lá. Mas o problema desta "liberdade" é que por ter chegado na nova casa hoje e já ter arrumado suas coisas em seus lugares, não tinha mas nada para fazer. 

Sem saber para onde ir a menina foi para o seu quarto. Não queria incomodar sua nova irmã mais velha (Emma) pois ela chegou a pouco tempo da escola poderia estar fazendo o dever de casa, e enquanto conversava com Ukyo ele disse que ela estava em semana de provas então ela achou que seria incomodo ficar com uma pessoa quando ela quer fazer algo como estudar, pois podia acabar a atrapalhando. Ela também pensou em ir falar com Wataru, mas achava que estava fazendo algo importante então logo descartou tal ideia.

Já sem ideias de pessoas para conversar, a de olhos azuis foi até o jardim que se localizava atrás de sua casa (Produção: Mansão. | Devil: Dane-se! | Angel: Gente, nós não lembramos se tem jardim lá mas, a fic é nossa então vai ter sim!). No jardim haviam flores e plantas de tipos, cores e tamanhos variados e bem cuidados, parecia até que eram tratados todos os dias. Esse belo jardim fazia a menina lembrar de seu jardim no antigo lar (orfanato). Como estariam as plantas e animais agora que ela não está mais lá para cuidar deles?

Em meio estes pensamentos ela achou algumas de suas flores preferidas em meio de varias outras belas flores. As flores que ela havia encontrado eram: Lírios Casablanca, Lírios Star Gazer, Narcisos, Aquiléguias e Palmas (N\AS: Fotos delas nas notas finais). Todas eram muito belas, se pedissem para a garota decidir-se qual era a mais bela ela iria ficar sem resposta, tanto que em seu casamento ela gostaria que fosse enfeitado com variados tipos de flores e plantas belas.

Em meio estes pensamentos, Yuna sente uma mão tocando gentilmente seu ombro. Quando se vira para olhar quem era, percebe que quem havia tocado seu ombro, era o menino de cabelos e olhos cinzentos que ela havia visto na sala, se ela se lembrava bem, seu nome era Iori. Yuna curiosa decide perguntar o que o mais velho fazia lá, mas antes dela sequer abrir a boca para falar o menino de cabelos acinzentados faz a seguinte pergunta:

Iori: Desculpe a intromissão, mas Yuna-san, o que a traz aqui? - pergunta o menino de modo calmo e gentil. -

Yuna: B-bem, é que como eu acabei de arrumar as minhas coisas fiquei sem nada para fazer, então eu vi esse jardim e pensei em dar uma olhada. Por acaso estou lhe incomodando? - pergunta a menina com uma cara de preocupação muito fofinhaaaaa! Fazendo assim o menino corar minimamente. -

Iori: N-não, você não me incomoda, é só que os meus irmãos e a Emma não vem muito aqui, então isso me deixa meio...... Surpreso. - diz o menino desviando o olhar da mais nova. -

Yuna: J-já que não se incomoda irei passar aqui mais vezes para vê-lo! - diz a menina meio corada e sorrindo de modo doce e gentil a fazendo parecer uma bonequinha de porcelana. -

Iori: T-tudo bem.... - diz ficando cada vez mais corado e pensando coisas como "Que fofa".

Depois desse diálogo, Yuna volta a observar os belos tipos de flores e plantas que haviam no jardim, que era tão grande quanto o de sua antiga "casa". Um segundo depois de voltar a olhar as plantas, ela vê um casulo bem trabalhado e parecia ter sido feito a um tempo já, dando a entender que dali alguns dias uma bela borboleta iria sair de lá. Iori que antes só estava observando a mais nova, foi até ela e começou uma conversa amigável, com a intenção de saber um pouco sobre a pequena nova irmã.

Iori: Esse casulo está ai faz quase dois meses mês, então provavelmente daqui dez dias saia dai uma bela borboleta. - disse apontando para o casulo.

Yuna: Eeeh, que legal! - disse a menina com os olhinhos brilhando de fascínio, até que vê um buque de Orquídeas Azuis, muito bonitas. Assim que ela as viu, rapidamente correu até o buque de flores azuladas e as encarou com os olhos ainda mais brilhantes - se é que isso ainda era possível - como se fosse uma criança que tinha acabado de receber o doce mais delicioso do mundo. O de cabelos acinzentados, chegou perto dela e com a intenção de continuar a "conversa" que ele havia tentado iniciar - na qual não durou nem 5 minutos direito - e fez para a menina a primeira pergunta que lhe veio a cabeça.

Iori: Você gosta deste tipo de flor? - depois de dizer isso, o menino começou a sentir o ser mais estupido do mundo por fazer uma pergunta idiota dessa, até que a menina se vira e o responde.

Yuna: Sim! Mas não só dessas. Eu também adoro girassóis, flores de sakura, cravos, entre outros tipos. - disse a mais nova animadamente para o mais velho.

Iori: Ah, isso é ótimo, até por que tem esses e mais tipos de flores aqui. - disse o mais velho sorrindo de modo leve, mas gentil.

Yuna: Sério?! - perguntou a menina de olhinhos brilhantes.

Iori: Claro, gostaria de vê-las? - pergunta com o mesmo sorriso no rosto.

Yuna: Mas é claro! - disse a menina sorrindo de modo extremamente fofo.

Depois desse diálogo, Iori e Yuna passaram a tarde inteira observando as flores, plantas e alguns insetos belos que lá passavam, como por exemplo borboletas e joaninhas. Quando eles já perceberam, já havia escurecido e provavelmente logo seria a hora do jantar. Yuna e o Iori se despedem e vão direto para seus quartos com a intenção de tomar um banho e se arrumar para o jantar, e por incrível que pareça, a sala estava praticamente vazia, estava somente o Ukyo fazendo o jantar, então a menina decidiu não o incomodar pois poderia acabar o atrapalhando.

Chegando em seu quarto, Yuna pega suas roupas e toalha e vai direto para o seu banheiro (N\A's: Gente, já que a história é nossa decidimos que a Yuna vai ter um banheiro só para ela.) e toma um banho não muito demorado mas moderado. Quando saiu do banheiro ela estava vestida de um tipo de jardineira com estampas fofas (foto do cap amostra tanto a roupa dela quanto o cabelo). Depois de fazer tudo isso, a menina resolve ir até a cozinha ver se tinha como ajudar o Ukyo, como por exemplo, arrumando a mesa ou algo do tipo.

Quando a menina chegou na cozinha, viu somente um loiro concentrado cozinhando algo. Depois de alguns poucos segundos, o loiro percebeu a existência da pequena menina, na qual, estava o observando. Ukyo sem entender o porquê da menina estar lá parada o observando, sendo que ele não achava tal ato estranho, mas sim extremamente adorável, perguntou:

Ukyo: Precisa de alguma coisa, Yuna-chan? - pergunta com a curiosidade no máximo.

Yuna: A-ah! N-não, não preciso de nada, eu só queria saber se eu poderia ajudar em alguma coisa. - disse a garota meio envergonhada.

Ukyo: Ah, claro que pode! Será que você poderia botar a mesa para mim então? - perguntou Ukyo gentilmente.

Yuna: Claro! - disse a menina com um leve sorriso.

Por ser uma coisa bem simples e rápida, Yuna logo terminou de arrumar a mesa. Assim que terminou, ela foi perguntar para o mais velho se tinha mais algo que ela pudesse fazer, mas quando ela perguntou ele disse que já estava quase acabando a janta então a menina já estava "livre". Sem nada para fazer, a menina vai até a sala e liga a televisão com a intenção de ver algo para se distrair, mas não tinha lá muita coisa legal dando então ela deixou parado em um anime qualquer que estava passando, em poucos segundos após ela fazer isso, chega praticamente todo mundo - que ela já conheceu - para a sala. Provavelmente estavam lá para esperar o jantar.

Um pouco de tempo depois, a porta se abre revelando quatro garotos bem bonitos, que logo que entraram na casa repararam na menina, a encarando de modo constrangedor deixando-a vermelha, fazendo assim, seu desconforto ficar mais que visível. Masaomi percebendo o desconforto da mais nova, decide "quebrar o gelo" e cumprimentar aquelas pessoas desconhecidas pela Yuna.

Masaomi: Bem-Vindos de volta! - disse Masaomi recebendo os meninos que estavam na porta, fazendo assim os olhares serem voltados para o mesmo. Logo um menino com um uniforme de basquete pergunta:

Menino com uniforme de basquete: Masaomi, quem é ela? - perguntou o menino curioso e confuso ao mesmo tempo.

Masaomi: Ah, esta é Yuna. Nossa nova irmãzinha. Yuna, este é o Subaru, seu irmão mais velho. - diz o mais velho de modo calmo e genti.

???: Prazer em conhece-la, meu nome é Louis. - diz um homem bem bonito de cabelos de coloração clara e longos.

???: Prazer, irmãzinha. - diz um homem loiro beijando a mão de Yuna, fazendo ela virar um morango maduro, ele tinha olhos dourados e estava vestido com um tipo de kimono, parece que ele era um monge.

Yuna, depois dessas apresentações resolveu ser educada e responder aos novos "irmãos" até que viu um menino de cabelos salmão, encarando-a, deixando ela desconfortável e com a bochecha levemente corada. O menino percebendo isso dá um sorrisinho e se apresenta.

???: Prazer Futo Asahina. Mais conhecido como Futo Asakura. Mas acho que você já sabe disso né? Afinal, todo mundo me conhece. (Produção: Esse é gêmeo da Devil, com toda certeza. | Devil: Isso, vai falando mesmo. Se o seu salário diminuir, não venha me perguntar o por que. ) - diz o menino, se apresentando para sua nova irmã.

Yuna: Hum... Futo-san, desculpe perguntar, mas... Como eu te conheceria se nunca vi você? - perguntou a mais nova de modo inocente, sem entender nada do que ele estava insinuando. Depois de dizer isso, os irmãos que estavam ali presentes - que por sinal era a grande maioria -inclusive Emma, caíram na gargalhada, tirando outros, que só davam pequenos sorrisinhos, assim, deixando a menina sem entender nada.

Futo: Perai, deixe-me ver se eu entendi. Você nunca ouviu uma musica minha? - perguntou o menino tentando acreditar no que a garota havia falado sobre não conhece-lo.

Yuna: N-não. - respondeu a menina meio desconfortável por conta de tais perguntas.

Futo: Você nunca me viu na televisão? - pergunta ainda desacreditado.

Yuna: Não. - responde mais desconfortável que antes.

Futo: Você nunca ouviu falarem sobre mim? - pergunta o menino mais uma (fucking) vez.

Yuna: B-bem, não. - respondeu a menina, ficando ainda mais desconfortável que antes. Motivo? Simples, o menino de cabelos salmão começou a aproximar o seu rosto ao rosto da mais nova, fazendo assim o desconforto reinar no corpo dela. Pelo olhar que ele a dava, parecia que estava prestando atenção em todos os detalhes da menina.

Notando o desconforto da menina, Tsubaki passa o braço no pescoço do menino e diz de modo brincalhão:

Tsubaki: Ei, ei Futo. Pare de olhar tanto ela, ela já está quase morrendo de tanto desconforto.- disse o de cabelos brancos brincando. Já o mais novo apenas soltou um "tsc", tirou o braço do mais velho de seus ombros e foi andando para seu quarto. Provavelmente foi se arrumar para jantar. Coisa que os outros irmãos que haviam chegado a pouco tempo, foram fazer o mesmo que o menino.

Um tempo depois, os outros irmãos que haviam ido tomar banho, voltaram e ficaram na sala junto aos outros. Louis, que estava sentado ao lado de Yuna no sofá, pergunta:

Louis: Yuna-chan, você tem um cabelo muito bonito. Será que algum dia eu poderia arruma-lo? - pergunta o loiro de modo tranquilo e suave olhando pro cabelo da menina com um certo brilho nos olhos, como se tivesse visto a coisa mais bonita do mundo.

Yuna: O-obrigada, mas por que você iria querer arrumar meu cabelo? - pergunta sem entender nada, mas um pouco corada por causa do elogio inesperado.

Emma: É porque ele é um cabeleireiro, Yuna-chan. E do jeito que é o seu cabelo, acho que ele está soltando fogos de artificio por dentro. - explica e brinca a morena dando uma pequena risada no final.

Depois disso, chega Ukyo dizendo que a janta estava pronta. Fazendo assim todos irem rumo a cozinha. O jantar foi tão divertida quanto o almoço, ou quem sabe até mais, nele os meninos ficaram fazendo idiotices, piadas, contando besteiras que já fizeram, entre outras milhares de coisas.

Depois da janta, alguns que antes estavam na mesa, resolvem ir ver televisão. Já Yuna, optou por ir dormir, pois estava cansada graças ao dia tão agitado e divertido que teve. Sem falar que, ela estava ansiosíssima para ir para a nova escola com seus novos irmãos. Em meio estes pensamentos a pequena garota cai em um calmo e profundo sono, só desejando que o amanhã chegasse o mais rápido possível.

 

---------------------------------------------------------------CONTINUA ---------------------------------------------------------------------------------------------------


Notas Finais


Angel: Leitores, esperamos que tenham gostado, e que não queiram nos matar por causa da demora.

Devil: Acho que não querer matar a gente é um pouco impossível...

Angel: Não é não! É possível até de mais!

Devil: Ok, ok. - revira os olhos -

Angel: Não revire os olhos para mim, Devil.

Devil: Tá bom, tá bom.

Angel: Bem, esperamos que entendam os nossos motivos e que participem do "concurso".

Devil: é, esperamos muito que participem do "concurso". Mas agora, para os espertinhos que pulam as notas iniciais, leiam elas ok. Ou você não vai entender nada.

Angel: Bem, obrigada a quem leu as notas inciais e a fic, obrigada a quem leu a fic, obrigada a quem leu a fic, nota inicial e final, e boa sorte para quem for fazer a one-short. E até a próxima!

Devil: Até mais!
SIGNIFICADOS E FOTOS DAS FLORES:

Arquiléguia (Inocência, espiritualidade): https://www.edenseeds.com.au/flux-content/eden/graphics/products/seeds/-popup/F_Aquilegia_Columbine.jpg

Lírio Casablanca (majestade, orgulho, riqueza e inocência): https://ae01.alicdn.com/kf/HTB146F3IFXXXXXoXVXXq6xXFXXXg/202200271/HTB146F3IFXXXXXoXVXXq6xXFXXXg.jpg

Lírio Star Gazer (compromisso, determinação, sucesso, paixão e realização de sonhos): http://cdn.wallpapersafari.com/26/29/nZbwTS.jpg

Palmas (Dedicação, devoção e grande amizade): https://2.bp.blogspot.com/-9a2pmoxc2tg/VVkLmFQKlRI/AAAAAAABHIg/DRDAyZ7XpcE/s640/gladiolos.jpg

Narciso (Flor solitária que representa “Egoísmo”): https://ae01.alicdn.com/kf/HTB1booyHVXXXXXqXFXXq6xXFXXXs/Narciso-amarelo-sementes-de-plantas-Bulk-50-sementes-pack-Início-Bonsai-lírio-quaresma-KK013.jpg
(OBS: Existe ela em outras cores, mas nós achamos essa branca linda então a colocamos.)


~Beijos de nutella onee-chan's\leitoras


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...