História Our Way Fanfic Taehyung BTS - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Drama, Mistério, Romance
Visualizações 22
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sejam-bem vindos (as) ao segundo capítulo! ☆*:.。.o(≧▽≦)o.。.:*☆
✥Perdoe erros de português e qualquer coisa do tipo.
✥Esta fanfic é feita de fã para fã, não tem a intenção de ofender, nem difamar os K-Idols aqui apresentados.
Boa leitura!!! (◕‿◕)♡

Capítulo 2 - Aquele Sorriso...


Fanfic / Fanfiction Our Way Fanfic Taehyung BTS - Capítulo 2 - Aquele Sorriso...

(S/N) ON

Segurei na mão daquele garoto misterioso e tentei me levantar, senti uma dor insuportável no meu quadril coloquei minha mão no local, tentando parar aquela dor maldita,mas sem sucesso.

-Está tudo bem? - O sorriso dele sumiu após perceber que havia um corte no meu quadril. - Você está sangrando! Eu vou chamar uma ambulância!

Tentei impedi-lo, mas minha visão começou a ficar cada vez mais turva, minhas pernas começaram a falhar, as ultimas coisas que pude ouvir foram os pedidos de ajuda dele antes que tudo começa-se a ficar escuro, então eu desmaiei

(S/N) OF.

TAEHYUNG ON

Quando percebi que aquela garota estava sangrando, gritei por ajuda, antes que ela desmaia-se em meus braços. Pego ela no colo com cuidado e vou em direção aos meninos.

-Chamem uma ambulância! -  Gritei enquanto me aproximava Jungkook olhou assustado para mim e para a garota que estava desmaiada em meu colo.

-V! Quem é ela? - Jimin falou praticamente sem ação, todos nós estávamos  sem ação.

-Já liguei para a ambulância. - Suga falou após desligar seu celular.

-E-eu não sei... - Olhei para o rosto da garota desmaiada em meus braços, eu não consigo entender, ela... ela parece um anjo, quem faria mal para alguém assim.

Aos poucos, uma multidão ia se juntando ao nosso redor, enquanto ambulância não chegava, a garota tremia e suas mãos estavam começando a ficarem frias, ela estava morrendo, eu sabia disso. Eu tinha que fazer alguma coisa, mas o que? Todos nós estávamos assustados e completamente paralisados. Cinco minutos depois, finalmente a ambulância chegou, os paramédicos a colocaram em uma maca, tudo o que eu pude fazer era assistir aquilo, não, não parecia o certo a se fazer, eu tinha que ir junto de algum jeito, eu encontrei ela, é minha responsabilidade agora, não posso simplesmente seguir em frente como se nada tivesse acontecido.

-Para onde vão levar ela? - Pergunto para um dos paramédicos.

-Para o Asan Medical Center, até que ela recupere dos ferimentos mais graves, dai a levaremos para um hospital regional público.

-Hospital público? - pergunto um pouco indignado.

-Sim, não conseguimos contato com a família dela, se é que ela possui uma família, sem o contado deles não podemos dizer o valor do tratamento dela.

-Eu pago o tratamento dela! - Simplesmente gritei "um pouco" nervoso, ela uma pessoa também, se eu estivesse no lugar dela eu não iria gostar der ser tratado assim. Ser tratado como apenas mais uma pessoa.

-Taehyung, tem certeza disso? Se fizer isso, ela será responsabilidade sua... - Jae falou se aproximando de mim, ela tocou em meu ombro para me acalmar.

-Ela virou minha responsabilidade no momento em que tocou minha mão. - Falo decidido. - Eu vou com ela para o hospital. 

-E eu vou com você. - Namjoon falou ficando ao meu lado.

-Liguem assim que conseguirem alguma notícia. - Jin falou enquanto eu e Namjoon entravamos na ambulância.

-Ok, nós vamos ligar. - Namjoon falou, um dos paramédicos fechou as portas da ambulância e nos dirigimos para o hospital.

Quando chegamos lá, eles levaram a garota para a emergência, enquanto eu e Namjoon ficamos aguardando alguma notícia.
Horas se passaram e nada, neste exato momento Namjoon está ligando para os meninos para avisar que ainda não temos nenhuma notícia, não posso negar que esta angustia está me torturando, fui em direção a lanchonete para comer alguma coisa, para que assim eu consiga me distrair um pouco desta demora angustiante. 

Pedi para a atendente um cupcake de chocolate com cobertura de chantilly, meu favorito. Quando estava quase acabendo de comer meu cupcake, recebo uma mensagem do Namjoon dizendo que o médico tem notícias, largo o resto do cupcake e corro em direção a sala de espera onde o Namjoon estava. Recupero o folego chegando lá, o médico se vira para nós dois e começou a falar.

-Bom, primeiramente perdoe a demora, mas é que o estado dela era um pouco grave...

-Mas ela está bem? - Sem querer acabo interrompendo o médico, logo fui reprendido pelo olhar do Nanjoon. - Desculpe.

-Tudo bem. Sim, ela está bem agora, ela sofreu uma perda de sangue seguida de uma hemorragia, mas seu estado já está estável, é provável que fique inconsciente por mais um ou dois dias.

Suspirei aliviado, é muito saber que ela está bem.

TAEHYUNG OF

(S/N) ON

Aos poucos comecei a ouvir barulhos ao meu redor, vozes, passos, risos, choros, eu estava recuperando a consciência, mas afinal onde eu estou? Eu só me lembro deles me batendo, do meu grito e dele. Meu Deus! Ele! O garoto! 
Tento me levantar, mas sou impedida por uma mulher que nunca tinha visto em minha vida.

-Senhorita, você tem que ficar de repouso, não pode fazer esforços. - A mulher disse um pouco séria.

-Onde... onde eu estou...? - Pergunto olhando em volta.

-No Asan Medical Center, a senhorita sofreu alguns ferimentos graves e foi trazida para cá. - A mulher que deduzi ser uma enfermeira, falou verificando alguns aparelhos.

-Asan Medical Center?! Eu não tenho dinheiro para pagar! - Me desespero.

-Não se preocupe, eles já pagaram seu tratamento. 

-Eles? Eles quem? - Pergunto confusa.

Antes que a enfermeira pudesse responder, um rapaz entrou no meu quarto, quando me viu abriu um largo sorriso quadrado. Aquele sorriso, eu me lembro daquele sorriso...


Notas Finais


Muito obrigada por acompanharem a fanfic! (*≧ω≦*)
Até o próximo capítulo!
Beijos! σ(≧ε≦σ) ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...