História Out of Control (Fanfic Jimin) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Exibições 6
Palavras 1.062
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EAEE POVOO? 6 TÃO BEM?
Bom, mais um capítulo pra alegria de uns, pra tristeza de outros... Q Q EU TÔ FALANDO?
É isso aí
Boa leitura <3

Capítulo 3 - Out of Control - Capítulo 3 - Blood


Fanfic / Fanfiction Out of Control (Fanfic Jimin) - Capítulo 3 - Out of Control - Capítulo 3 - Blood

    (S/n): Eu sei de tudo sobre você, meu amor - ela diz, passa a mão em meu rosto e afasta minha cabeça deixando meu pescoço a mostra, ela passa a unha sobre o mesmo - Não vai doer nem um pouquinho - ela continua e eu apenas fecho meus olhos com força (eu estou tremendo de medo), sinto um leve beijo em meu pescoço e logo após uma mordida bem forte no mesmo local.

 

    JM: AAAAAH - a mordida me fez gritar muito alto.

 

Ela tira suas presas de mim e desmaia, a mesma "cai" sobre mim deixando todo o seu peso sobre meu corpo, eu a tiro de cima de mim e a coloco do meu lado, puxo o cobertor, a abraço. Acho melhor ir dormir mesmo depois dessa...

 

                                       NO OUTRO DIA/DE “MANHÔ

 

                JIMIN OFF*

               (S/N) ON*

 

Acordo com a boca toda suja de sangue e com uma dor de cabeça muito forte, sinto que não estou em meu quarto e que tem alguém me abraçando... É ele e... Ele tá muito pálido... Seu pescoço... De novo não, eu sabia que isso ia acontecer com alguém, PUTA MEU, POR QUE EU NÃO CONSIGO ME CONTROLAR? Ainda mais ele, poxa! Por que essa de vampira do demônio só acontece quando eu gosto de um garoto? Já matei um com isso, ele foi o meu primeiro amor e a primeira pessoa que eu matei... Quer saber? Chega! Sabe qual é uma grande parte dos problemas do mundo? Exatamente, eu! Ou seja, se eu não existir fica mais fácil para as pessoas da sociedade viverem em segurança sem uma louca por aí: ninguém é atacado, mordido, morto ou qualquer uma dessas coisas que eu faça.

Vou ao banheiro, abro a gaveta do armário e encontro uma lâmina, pego a mesma e me sento no chão e começo a me cortar, o sangue cai sobre o piso branco e suja minha roupa...

 

      *5 MINUTOS DEPOIS*

 (S/N) OFF*

  JIMIN ON*

 

Acordo com uma forte dor em meu pescoço e me lembro da noite passada.

Vou ao banheiro e quando chego na porta ouço um barulho de choro, ao ouvir o barulho eu abro a porta bruscamente e encontro (S/n) sentada no chão com uma lâmina em mãos, seus pulsos estão cortados e a mesma está rodeada de sangue, no momento em que eu chego ela está prestes a cortar fundo e na vertical, corro até ela, pego a lâmina de sua mão e jogo fora, pego (S/n) no colo e a levo para seu quarto.

    JM: POR QUE DIABOS VOCÊ FEZ ISSO, GAROTA?

 

JIMIN OFF*

(S/N) ON*

 

Ele me joga na cama com força e grita.

    (S/n): Porque eu só machuco as pessoas... – eu falo com a cabeça baixa e com lágrimas caindo cada vez mais sobre meu rosto.

    JM: EU NÃO... acredito que você... fez isso... – ele diz e vejo uma lágrima escorrer em seu rosto, ele se senta ao meu lado e me abraça de lado, um abraço quente e confortante, sinceramente, eu precisava disso... Ele pega meu pulso e passa sua blusa em cima dos cortes – Tenho que cuidar disso... – ele continua.

 

(...)

 

Depois de ele tampar meus cortes ele me mandou ir banhar e disse que ia fazer alguma coisa pra comer... Já são 07hrs00min.

Acabo meu banho e coloco um cropped folgadinho escrito “Hello Bitches” e um short preto de cós alto . Vou pra cozinha e a mesa já está arrumada e ele está sentado me olhando... POR QUE TÃO LINDO 100OR?

 

(...)

 

 

Depois de comermos ele me olha como se fosse ver minha alma

 

 

    JM: Por que você disse que só machuca as pessoas? E por que virou... – ele diz e parece procurar a palavra para me definir ontem à noite – Aquilo ontem? – ele continua.

    (S/n): Bom... É que... Tem uma coisa que eu não sei se devo te contar agora... – eu respondo.

    JM: Por favorzinho, conta vai – ele fala fazendo uma cara extremamente fofa.

    (S/n): Tá bom, eu me rendo – eu falo e explico tudo pra ele, até os mínimos detalhes. Quando eu termino de falar uma lágrima resolve escorrer, ele se inclina pra mais perto de mim e limpa a mesma novamente.

Levanto-me para ir ao meu quarto e ouço Jimin falar baixinho

    JM: Não faz isso comigo, (S/n) – ele fala baixo, mas eu consigo escutar perfeitamente.

 

      (S/N) OFF*

      JIMIN ON*

Eu realmente tenho muita sorte de ter ela em minha missão, ou azar...

Bom, digamos que já sabia de tudo sobre ela, sobre ela ter poderes principalmente, mas só não sabia que ela era tão forte assim, confesso que tenho um certo medo dela e ao mesmo tempo sinto uma certa atração por ela. Ela parece ser tão frágil e é uma garota doce... Pelo menos é o que parece.

Deixa eu me apresentar direito, sou Park Jimin, tenho 19 anos, meu pai é dono de uma associação que caça pessoas com poderes sobrenaturais, ou seja, pessoas como ela, e, eu estou em uma missão para pegá-la e prendê-la para “um mundo melhor” como diz meu pai, porém acho que não vou conseguir fazer isso com ela, afinal (S/n) é muito preciosa para este mundo e acho que estou criando sentimentos por ela... Não queria admitir isso, mas não costumo mentir pra mim mesmo... Sei que isso não devia estar acontecendo, mas, a vida dá dessas.

O meu pescoço só dói quando eu a vejo é uma dor fraca, mas mesmo assim, continua sendo uma dor, parece uma maldição porque a cada momento que ela chega perto eu sinto a vontade de ficar observando-a.

Passo em frente ao quarto dela pra ir pro meu e ouço a mesma me chamar

    (S/n): Jimin! – ela me chama

    JM: Oi? –digo e me encosto no portal de seu quarto.

    (S/n): Me desculpa por ontem e por hoje, e, obrigada por tudo que você fez por mim hoje – ela diz corada e com a cabeça baixa e, também sinto minhas bochechas esquentarem.

    JM: Por nada... Não tem por que se desculpar, é uma coisa de sua natureza, tem que se acostumar – falo – Infelizmente – continuo num sussurro e saio de lá, vou para o meu quarto e sinto meu celular vibrando em meu bolso

     CHAMADA ON

 -Jimin? - diz a voz do outro lado da linha e logo identifico que é meu appa

-Sim, appa- respondo

-Já pegou a garota?

 

 

CONTINUA...


Notas Finais


FOI ISSO CAMBADAAA Q EU AMO <3
Obrigada por ler
Desculpa qualquer erro aí, viu?!
Um beijo de asiáticos, e até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...