História Outlaw - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Festa Rachas Dinheiro Sexo Adolescente Colegial
Exibições 1
Palavras 1.301
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie
Sim eu demorei me desculpem, mais estou com semanas de provas, problemas pessoais, entre outros, mais a culpa disso não é de vcs né, então ta aqui o capitulo de vocês paixões
Boa leitura.

Capítulo 40 - Dangerous Woman


Fanfic / Fanfiction Outlaw - Capítulo 40 - Dangerous Woman

Abner On~
Estou em casa, deitado olhando para o teto, desde o "você é um ótimo amigo" eu resolvi voltar para casa e dizer que estaria ocupado fazendo plano de jogo, como ela não percebe que to afim dela?, mas que droga, eu também não vou mais insistir, vai ver ela não goste mesmo de mim, resolvi levantar e tomar um banho, eu precisava sair, vesti uma bermuda branca e uma camiseta azul marinho, ajeitei o cabelo e passei perfume, calcei os tênis e desci as escadas. Meus pais estavam na sala com duas malas em mãos e vendo alguns papéis
- Vão viajar? - Perguntei já sabendo a resposta
- Sim, sera só por uns três dias, você vai ficar bem meu filho? - Minha mãe disse vindo até mim.
- Sempre fico - Sorri - Vou sair boa viajem - Dei thau para os meus pais que estavam na sala e sai, o fim da tarde estava quente, dirigi por um tempo até achar um barzinho, na beira no mar, assim que entrei o assoalho de madeira rangeu, fui até o balcão e pedi uma garrafa de Smirnoff, abri a mesma e fui até o deck me apoiando e observando o mar no fim da tarde, em meia hora estava leve na minha terceira garrafa, não estava bêbado, mas também não pensava mas nos meus problemas, uma loira de vestidinho branco se junto a mim no deck observando o mar.
- Lindo neh? - Ela disse
- Sim, bastante - Sorri
- O que um cara como você faz aqui sozinho? - Perguntou me encarando com um sorriso nos lábios.
- Só sair pra espairecer um pouco, e você o que faz sozinha aqui? - Devolvi a pergunta
- Eu to com uns amigos, mas não quero ficar lá de vela pra eles - Sorriu sem jeito - Qual seu nome?
- Sou Abner!
- Prazer Fernanda - Sorriu
- Aceita uma bebida? - Perguntei sorrindo
- Claro
Fui até o barmen trazendo duas cervejas, entrei uma a ela e ela virou a garrafa tomando um gole, no auto falante tocava This One's For You do David Guetta.
- Hmm, eu amo essa música - Disse mexendo o quadril - Vem, vamos dançar - Disse me puxando para o deck onde outras pessoas também dançavam, dançamos animadamente, na verdade fiquei de um lado para o outro observando ela dançar com todo aquele corpo, logo a música acabou e começou tocar Dangerous Woman da Ariana, não me perguntem como sei dessa música, ela então me olhou nos olhos e começou a rebolar para mim, seus olhos meus olhos e aquele sorriso provocante que ela usou desde o começo da noite, agarrei sua cintura e a virei de costas para mim, ela continuou mexendo seu quadril rebolando em mim, então ela se virou e nos beijamos, segurei seu cabelo e a beijei com vontade enquanto pressionava seu corpo contra o meu, o ar acabou e ela sorriu mordendo o lábio.
- Quer ir pra minha casa? - Perguntei a puxando pra mim
Ela assentiu ainda rebolando em mim no ritmo da música, a beijei mais uma vez e joguei 100 dólares no balcão do bar, entramos no carro e fui a caminho de casa, ela beijava a minha orelha e meu pescoço, falando besteira no meu ouvido, eu estava quase parando o carro e pegando ela ali mesmo, mas uns minutos e estacionei o carro em casa.
Abri a porta aos beijos, Fechei a porta e coloquei ela contra a mesma levantando seus braços e a beijando, sua respiração era ofegante e eu estava extremamente excitado, peguei ela no colo e subi as escadas, ela beijava o meu pescoço e chupava, deitei ela na cama e comecei a beija-la puxando o zíper na lateral do seu vestido, o joguei em algum canto do quarto e voltei minha atenção nos seios dela, logo seu sutiã também estava no chão, passei a chupar seus seios e sua respiração deu lugar aos gemidos, continuei beijando seu corpo traçando beijos por sua barriga até sua intimidade, olhei para ela e comecei a chupa-la com força, seus gemidos eram altos e ela agarrava o lençol e se arqueava de prazer voltei beijando seu corpo até o pescoço, a mesma girou ficando encima de mim tirando minha camisa e minha bermuda, ela então me olhou e lambeu por cima do tecido da cueca.
- Não faz isso - Sorri
Ela então tirou minha cueca e passou a me chupar, me concentrei em seus movimentos e na sua vinda empinada toda vez que ela abaixa a cabeça, puxei seu cabelo com força a trazendo pra cima.
- Aaah - Gemeu - Quero você em mim - Pediu
Girei trocando as posições ficando por cima dela, me estiquei ate o criado mudo pegando uma camisinha e colocando a mesma, sem avisar a penetrei forte, ela temeu alto e eu continuei as estocadas, ela gemia e chamava meu nome, comecei a ir mais rápido e ela a gemer mais, deitei meu corpo sobre ela a beijando, me levantei virando ela de costas.
- Empina pra mim vai linda - Pedi dando um tapa na sua Bunda e logo a penetrando novamente
- Isso....aaaah...- Gemeu
Depois de varias posições finalmente gozei, fui no banheiro e me livreiro da camisinha, voltei para a cama e deitamos juntos.
- Você é maravilhoso - Disse passando os dedos sob meu braço.
- Você também - A beijei e dormimos.
Abner Off~
Kaue On~
Três dias e eu estava realmente novo em folha, valeu a pena ficar aquele tempo se recuperando no hospital, acordei e Camila não estava do meu lado, fui no banheiro e vesti uma bermuda preta e fiquei sem camisa, estávamos muito longe do litoral, e isso era maravilhoso, fui até a frente do iate e vi Camila, toda perfeita com seu mini biquíni rosa choque, cabelos molhados e deitada ao lado da piscina tomando sol.
- Ual
- Bom dia - Ela apenas respondeu sem virar
- Belo dia, bela vista dessas montanhas que você chama de bunda - Sorri
Ela finalmente se virou de lado e baixou um pouco o óculos, meu Deus essa mulher me mata.
- O café ta na mesa - Disse entrando na piscina e mergulhando
- Meu café podia ser você ne sua delicia - Disse indo para a mesa.
Depois do café observei ela sentada na ponta do barco olhando o mar, seu cabelo molhado balançava com a brisa e ela estava muito sexy com as pernas dobradas de encontro ao peito, me aproximei dela e sentei ao seu lado.
- Ta gostando? - Perguntei olhando as montanhas ao longe
- É lindo, Obrigada por me trazer aqui, acho que nunca teria essa experiência na vida - Sorriu
- Você é linda sabia?
- Como?
- Esse seu jeito - Disse afastando uma mecha de cabelo do seu rosto - Esse sorriso sincero - Desci os dedos por sua bochecha até sua boca
- K...kaue - Gaguejou
- Shiii, só deixa rolar
- Não - Disse se levantando, melhor não
Peguei seu braço fazendo ela me encarar
- Quantos tiros vou ter que levar pra você me dar um beijo?
Ela apenas sorriu e sentou novamente, tirei seus óculos colocando de lado, passei os dedos sobre seu rosto e parei com o indicador no seu queixo, ela sorriu e se aproximou, dei um selinho e depois a beijei, um beijo lento e desesperado, pedi passagem e ela cedeu, nossas línguas em total sincronia, peguei sua cintura e aproximei seu corpo do meu, abaixei a alça do seu biquíni e ela rapidamente separou o beijo.
- Ta bom! Eu vou fazer o almoço pra nós - Disse se levantando e desaparecendo lá dentro.
Kaue Off~


Notas Finais


E esse casal rola ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...