História Outros Caminhos (Um Conto Sasusaku e Narusaku) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Narusaku, Naruto, Sakura, Sasusaku
Visualizações 539
Palavras 2.356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me perdoem pela demora e pelo capitulo ser pequeno, como eu tinha dito, essa semana voltei ao trabalho, e as coisas estão muito corridas por aqui, então peço que por favor, tenham paciência comigo e com a historia, prometo que não irei abandona-la!! Não deu pra respondeu os comentários do cap anterior, mas esse irei responder!! Enfim, espero que gostem do capitulo!! Xoxo

Capítulo 7 - Ao Limite


Fanfic / Fanfiction Outros Caminhos (Um Conto Sasusaku e Narusaku) - Capítulo 7 - Ao Limite

A ventania que os ataques haviam criado juntando-se com a claridade, fez com que tanto Naruto quanto o resto da equipe não conseguisse enxergar o que acontecera.

. Sai, Karui e Taru estavam ao chão se recuperando da lesão que sofreram ao serem levados pela Kusarigama de Sakura. Ambos tentavam entender o que tinha acabado de acontecer.

Assim que um forte estrondo soou e um tremor surgiu por uma boa parte da floresta, a ventania passou e junto dela à claridade se dissipou. A visão tinha se clareado para todos, assim como a confusão. O animal não estava morto, mas estava extremamente ferido. Todo o impacto dos ataques eclodindo fez com que ele perdesse o equilíbrio e caísse ao chão. No mesmo local onde Sakura, Sai e os outros se encontravam a poucos. O moreno pálido arregalou os olhos se dando conta do que tinha acontecido. Sakura usou sua arma com as correntes para afastar os companheiros a tempo, antes que o animal caísse sobre eles. Mas onde ela estava? Olhou a sua volta e não a encontrou em lugar algum. Sai analisou a situação brevemente e concluiu que ela não deveria ter tido tempo pra escapar.

- Naruto! - Sai gritou desesperado correndo em direção do shinobi. - Naruto, Sakura estava no local onde o dinossauro caiu! Ela está de baixo dele!

- NANY? - O Uzumaki gritou arregalando seus olhos, seu corpo inteiro tremeu. - O que você está dizendo, Sai? É impossível Sakura estar de baixo desse animal, olha o tamanho dele! Ela estaria morta se estivesse, dattebayo!

- Naruto, ela nos protegeu! - Sai gritou. -Usou sua arma pra afastar eu e os outros a tempo, mas ela não saiu, não daria tempo. Ela está lá de baixo, eu tenho certeza! Temos de salva-la!

Naruto nem sequer esperou o shinobi continuar sua fala. Correu em direção do animal freneticamente. Dentro de si informou a situação pra Kurama e pediu que ela fundisse Senjutsu o mais rápido possível. Nem um minuto depois o corpo do Uzumaki já tinha sido invadido pelo modo Sennin. Kurama quem fazia quase todo o trabalho, pois Naruto estava completamente atordoado. Imaginar Sakura soterrada por aquele animal gigantesco fazia seu peito socar com brutalidade dentro de si, mal conseguia respirar direito, sentia a mesma sensação de quando descobriu que Konoha havia aceitado o pedido de busca e assassinato de Sasuke. O animal continuava seus ataques com as bolas de fogo, tentando atrasar a aproximação de Naruto. Aquilo estava deixando o ninja ainda mais agoniado. Sakura precisava de ajuda imediatamente, aquele era um tempo que ambos não tinham. A paciência do loiro tinha se esvaído completamente a essa altura.

- Já chega de brincar com você seu animal miserável, vou acabar com você agora mesmo e salvar Sakura-Chan, Dattebayo! - Gritou Naruto fazendo o conhecido selo de mão. - Kage Bunshin No Jutsu!

Quatro clones foram criados, todos com a forma da Kurama com o modo Sennin. O verdadeiro ficou na linha de frente como cobaia com o intuito de distrair o animal. Enquanto os outros quatro se posicionavam cada um de um lado do dinossauro, eles iriam levanta-lo ao máximo, mas não aguentariam por muito tempo. Naruto teria que se livrar dos ataques do animal e correr pra de baixo do mesmo e pegar a Haruno o mais rápido possível.

- Naruto, agora! - Gritou a Kurama. Todos os clones seguraram com força o animal o puxando pra cima.

Naruto desviou de todos os ataques do dinossauro com destreza e seguiu em direção por de baixo do mesmo em busca de Sakura. Olhava para todos os lados tentando encontra-la, quando viu uma cratera a poucos metros a sua frente, correu em sua direção. Tinha um buraco enorme ao chão e a baixo se encontrava Sakura, que estava com uma parte de seu corpo coberta pela Katsuyu. Ela estava rodeada de sangue na cabeça. Naruto se aproximou com rapidez sentindo seu coração pulsar descontroladamente.

- Sakura-Chan! - Disse com a voz quase que rasgando, chamando a atenção de Katsuyu.

- Naruto-Kun, Graças a Kami por ter aparecido. Sakura-Sama está completamente debilitada. Cerca de 70% de seus ossos foram fraturados, e ela tem um grave ferimento na cabeça. Sua perna direita foi quase que completamente amassada. - Katsuyu falava tão rápido que o Uzumaki quase não podia discernir o que dizia. - Eu consegui estancar a hemorragia e recuperar uma parte dos ossos fraturados, assim como a perna. Mas com Sakura inconsciente não consigo trabalhar com todo meu chrakra pra cura-la.

- Mas como você veio parar aqui então, Katsuyu?

- Sakura-Sama conseguiu me invocar poucos instantes antes de ser soterrada por esse animal gigante, mas não consegui protege-la 100% por conta da falta de espaço. Naruto, não temos muito tempo. Sakura-Sama precisa de cuidados médicos urgentemente, do contrário, ela não ira sobreviver.

- H-hai! - Respondeu o shinobi tentando assimilar toda aquela informação que acabará de receber. - Eu prometo com a minha vida que salvarei Sakura-Chan, Dattebayo! Vou usar o chakra da Kurama para tentar mantê-la estável enquanto a levo de volta pra Konoha. Vou usar o Jutsu de teletransporte do meu pai, Minato Yondaime pra chegarmos lá o mais rápido possível.

- Shizune pode cura-la, leve a ela quando chegar à Vila. Conto com você, Naruto-Kun. – Katsuyu disse e então seu corpo começou a sumir. O tempo dela ali havia se esgotado.

Naruto pegou Sakura em seu colo com cautela, ela estava completamente inconsciente, seu rosto estava tão ferido. Vê-la daquela forma fez o coração do shinobi sangrar por dentro. De repente, o dinossauro gigantesco simplesmente desapareceu. De fato, Tera havia o mandado de volta já que o mesmo estava ferido.

Naruto olhou para sua companheira de equipe que tanto amava. Seu corpo ardeu em ódio. As lagrimas escorriam de seu rosto inconscientemente. Jurou pra si mesmo que iria atrás de Tera nem que isso custasse sua própria vida!

Tera iria pagar pelo que fizera com Sakura.

 

Uma semana depois.

 

Sakura estava internada no Hospital aos cuidados de Shizune e Ino desde que Naruto havia a trazido quase a beira da morte de sua missão. Ela não tinha acordado ainda, era quase como um coma. Mas estava estável, podia acordar a qualquer momento. Naruto ia visitar a kunoichi três vezes por dia, todos os dias. Sai e Karui que se sentiam enormemente agradecidos pela companheira ter salvado as suas vidas, iam visita-la com flores sempre que podiam. Taru apareceu por lá somente uma vez. A noticia do que havia acontecido com Sakura se espalhou por entre as Vilas como chamas em incêndio. Por alguns lugares rumores diziam que Sakura estava em um coma profundo, e nunca mais iria acordar. Outros diziam que ela tinha seu corpo completamente fraturado e não voltaria a andar. Rolavam boatos até mesmo de que a kunoichi tinha morrido. Rokudaime Kakashi ordenou que nenhuma informação sobre a Haruno fosse passada, tirando sua família e amigos mais próximos. O shinobi de cabelos brancos se perguntou se deveria informar certo alguém, talvez um ex-companheiro de equipe. Mas ele nem precisou afinal. Uchiha Sasuke sabia.

               *******************

Sasuke estava de passagem em uma pequena Vila no País do Vento, ele decidiu que iria fazer uma pausa em algum recinto onde pudesse recuperar suas energias. Viajava sem nenhum descanso desde que tinha resolvido os problemas com os humanos explosivos. E também, ele vem se sentindo estranho nessa ultima semana, um amargo sempre invadia sua boca nesses últimos dias. Decidiu por jantar em uma tenda de arroz na Vila, onde se encontrava pouquíssimas pessoas. Estava sentado no balcão quando ouviu um nome conhecido ser pronunciado, inconscientemente começou a prestar atenção na conversa.

- Você ficou sabendo do que aconteceu com aquela kunoichi heroína da 4 grande guerra?

- Haruno Sakura, huh? Eu ouvi por aí que ela quase morreu em sua ultima missão. – Respondeu o morador com olhos cansados, tomando sua cerveja. Os dois homens conversavam enquanto bebiam na mesa logo atrás do Uchiha.

- Eu fiquei sabendo que ela estava em coma, e que não acordaria mais.

- Quem diria que uma ninja de elite da aldeia da folha tão forte como ela iria acabar assim.

- Que desperdício de beleza. – Um dos homens respondeu rindo maliciosamente bebericando sua bebida fazendo seu companheiro rir junto concordando com o mesmo.

Sasuke parou de prestar atenção na conversa dos moradores. Quando voltou sua atenção para frente, se deu conta que apertava suas mãos com força em cima do balcão. Aquele gosto amargo invadira sua boca novamente.

O Uchiha se perguntava o que aqueles homens tinham acabado de dizer... Por uma alguma razão, não acreditava que aquilo fosse verdade, deviam ser apenas rumores. Fechou seus olhos com desgosto. Como odiava pessoas que espalhavam mentiras pelos arredores, sem nenhum objetivo de vida ou bom senso. Decidiu por sair daquele lugar e ir embora naquele instante. Algo ainda o incomodava.

             ********************

 

De imediato a claridade tinha impedido que a kunoichi abrisse seus olhos, ela foi se acostumando aos poucos com a luz que a cercava. Estava em um dos quartos de seu hospital, tudo estava extremamente limpo e organizado, do seu lado esquerdo tinha uma escrivaninha com lindas flores Tulipas em um vazo. Parecia ter sido trocada constantemente. Em sua memória buscava entender tudo o que tinha acontecido até então. Mas a única coisa de que se lembrava era daquele dinossauro gigantesco caindo em cima dela enquanto tentava invocar Katsuyu, depois disso, era tudo escuridão. Sentiu uma forte fisgada em sua cabeça e levou sua mão onde doía de imediato, na qual percebeu a presença de um curativo. Suspirou profundamente. O que tinha acontecido?

- Sakura! Você finalmente acordou! – Ino entrou agitadamente no quarto em passos rápidos até a melhor amiga. Seu semblante era de preocupação e alivio ao mesmo tempo.

- Ino... – Sakura sorriu para amiga, feliz em vê-la. – Por quanto tempo estou aqui?

- Mais de uma semana. Tivemos que fazer inúmeras cirurgias para restaurar seus ossos, Sakura. Você podia ter morrido! – A Yamanaka a repreendeu. A rosada arregalou os olhos se lembrando de seus companheiros.

- O que aconteceu com os outros? Naruto, Sai, Karui e Taru, eles estão bem? Estão a salvo? – A Haruno ficou nervosa, não poderia permitir que algo acontecesse com seus companheiros, como líder, era seu dever protegê-los.

- Estão todos bem, dattebayo! – Disse Naruto entrando pela porta. Os olhos do shinnobi pareciam cansados, como quem não dormisse há dias. Mas sorriu de forma radiante ao ver Sakura acordada. O sorriso do Uzumaki sim... Era algo que nunca mudava. – Estão todos bem graças a você, Sakura-Chan.

Sakura respirou aliviada por saber que todos estavam a salvo. Mas mal conseguiu olhar para Naruto. Memórias do que os dois ninjas fizeram naquela noite antes de serem atacados passavam ligeiramente sobre sua mente. Sentia-se culpada. Aquilo não deveria ter acontecido. Se Sakura e Naruto não estivessem ocupados com a imprudência um do outro, talvez não tivessem sido pegos de surpresa pelo inimigo e então, ela não teria arruinado toda a missão. Primeira missão que comandava na Anbu, e já tinha fracassado miseravelmente. Além, de quase ter pedido sua própria vida. Nunca iria se perdoar se morresse sem antes cumprir a promessa que fizera para sua mestra, Tsunade-Sama.

Ela tinha que voltar pra sua missão, mas antes disso, ela tinha que treinar mais. Estava nítido que com aquela invocação de Tera, as chances da kunoichi eram apertadas. Já tinha se passado mais de uma semana. Seu tempo estava se esgotando. Treinaria noite e dia. E na próxima vez que se encontrasse com Tera, ela estaria pronta. Não iria fracassar novamente.

Seus sentimentos por Naruto teriam de esperar.

 

Sakura entrou no escritório do Hokage com certa urgência. Logo que acordara decidiu que iria conversar com Kakashi sobre seu treinamento. Eles teriam que eleva-lo aquilo para outro nível, se quisessem impedir Tera. A Anbu já tinha se trocado com sua habitual roupa de treinamento. Tinha apenas seu curativo em sua cabeça, no canto da testa, na qual havia se esquecido de retirar, pois logo que recuperaste a sua consciência já tinha usado seu Byakugou para curar qualquer sequela ainda existente em seu corpo.

- Vejo que acordou completamente recuperada, Sakura. – Rokudaime disse se levantando de sua cadeira. – Fico feliz. Eu estava realmente preocupado, mocinha.

- Sinto muito por ter lhe incomodado com meu acidente, Kakashi-Sensei. – Sakura disse de forma triste, mas logo seu olhar determinado voltara em direção do Hokage. – Mas não temos muito tempo. Como já deve saber as habilidades de Tera superaram em massa nossas expectativas. O que não nos deixa duvidas que esta tramando algo grande, que inclusive pode acontecer a qualquer momento. Mas não posso ser tola de ir atrás dele novamente, tendo em vista o resultado de nossa ultima missão. Por isso, a partir de hoje mesmo, irei começar um treinamento rigoroso, durante a noite e dia.

- Sakura, você acabou de sair do hospital, não acha que deve tirar um tempo para descansar?

- Estou descansando em uma cama de hospital há mais de uma semana. Kakashi-Sensei, temos de agir o mais rápido possível, e o senhor sabe disto tanto quanto eu. – Sakura disse por fim, irredutível. Kakashi suspirou.

- Tem razão. Não achei que fosse aceitar um tempo para descansar de qualquer forma. – O Shonibi de cabelos brancos sorriu por entre a mascara. - Hoje a noite começaremos seu treino intensivo, vamos há um lugar especial dessa vez. Arrume suas coisas, sairemos da Vila.

- Sair da Vila? – Sakura arregalou os olhos surpresa. – Mas o Hokage não tem de ficar aqui de prontidão?

- Não se preocupe, não ficaremos fora por muito tempo. Shikamaru e Naruto podem me cobrir. Sakura esteja preparada para o pior, talvez esse seja um de seus maiores desafios.

- Do que está falando, Kakashi-Sensei? – Sakura perguntou confusa. – O que vamos fazer, afinal?

- O que você vai fazer. – Respondeu firme. – Vai conquistar uma nova invocação.

- Nany?

Sakura não esperava por essa. Uma nova invocação? E conquista-la?  O que o Rokudaime queria dizer com isso? Nunca pensou em ter outra invocação além de Katsuyu, mas a ideia deixava a kunoichi ansiosa.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!! No próximo cap vai ter muita novidade no treinamento de Sakura, uma nova invocação????? Qual animal Sakura vai invocar? MANDEM SUGESTÕES. Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...