História Ovelha Negra - Capítulo 15


Escrita por: ~ e ~desencantado

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson, Personagens Originais
Tags Harry Styles, Larry Stylinson, Louis Tomlinson, One Direction
Visualizações 149
Palavras 1.246
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gnt entt hoje que veio escrever o capítulo é uma pessoa diferente devido a umas complicações quanto a ideias, bom eu sou o Rick e tó aqui hoje para finalizar essa fanfic e se tudo der certo fazer um lemon que essa fic parece que tá precisando né ? kkkkk. Queria agradecer á todos os que favoritaram e acompanharam essa fanfic, é só isso por enquanto...

Capítulo 15 - Fim...


 

Louis

Tirei Harry do hospital, o levei para casa, assim que chegai chamei por Amélia mas a mesma não estava na casa. Ela havia saído para comprar algumas coisas no mercado, então continuei com Harry. Fomos para o meu quarto e eu o coloquei na cama, ele sorria para mim, seus olhos brilhavam, parecia realmente estar bem feliz eu segurei seu rosto e então o beijei. Ele retribuo e dessa vez me pediu passagem com a língua eu dei mas percebi que ele não deveria ser muito chegado a beijar já que fazia de um modo improvisado. Logo eu mesmo tomei conta do beijo explorando cada canto da boca de Harry, chupando sua língua e sentindo um gosto doce devido a uma bala que dei a ele, eu o beijava lentamente e com desejo . Eu desci minha boca á sua orelha logo mordisquei de leve a mesma e em seguida a lambi. Voltei a sua boca, continuei o beijando enquanto mordia levemente seus lábios e logo pude ouvir um gemido de Harry no meio do beijo.

- Gostou ?

- Sim, muito. Você beija tão bem Louis.

- Quer continuar ? - disse olhando o mesmo que sorriu e permitiu.

Tirei a camisa dele que na mesma hora repetiu o mesmo tirando a minha, o coloquei sobre meu colo e então deixei que ele fizesse algo por conta própria assim ele foi descendo enquanto lambia meu peito. Ele beijava e lambia todo o meu peito e logo começou a chupar meus mamilos já enrijecidos, ele desceu a língua tocando meus músculos, fazendo com que eu me arrepiasse, e sentisse necessidade de ter mais. Logo ele parou olhou para mim e perguntou..

- Posso tocar ? - apontou para minhas calças.

- S-sim pode.

Ele sorriu e desceu minha calça junto de minha cueca de uma vez, eu logo o olhei e ele começou a beijar e apertar minhas pernas, coxas, até que ele chegou a minha virilha assim começou a distribuir lambidas e beijos pela mesma com a boca bem aberta, ele tornava tudo bem molhado em volta de meu pênis e eu já gemia. Ele rodeou meu pênis com cuidado e depois lambeu tudo até a ponta mordi meu lábio e ele sorriu voltando a lamber de baixo para cima, logo ele colocou....

Harry

Logo coloquei na boca e pude sentir o gosto de Louis, fechei os olhos, saboreie por uns segundos e então comecei a chupar o pênis, eu colocava o máximo que conseguia na boca, descia e ia depois retornava a ponta. Logo senti ele agarrar meus cabelos e continuei chupando até base e sugando a glande inchada, que derramava o pré-gozo em quantidade excessiva de Louis, o mesmo estava totalmente entregue nesse momento. Parei com tudo ao sentir que Louis iria gozar, o mesmo me olhou e então tirou a minha calça e cueca juntas rapidamente logo ele fez com que seu membro duro esfregasse em mim ele pegou-me e me deitou ao lado, nesse minuto entendi o que ele queria fazer. Ele se posicionou em cima de mim e passou algo nos dedos, assim enfiando os mesmo em mim, ele fazia devagar, deslizava para cima e para baixo, eu relaxei um pouco e ele começou o movimentar de seu dedo, eu gemi alto o que fez ele...

Louis

Ele gemeu alto o que fez eu ir mais devagar, deite-me sobre o corpo de Harry beijei seus lábios. Nós beijávamos enquanto eu mexia os dedos no interior dele, ele gemia e então ouvi...

- Vai Lou, vai !

Eu me ajoelhei entre as pernas dele e penetrei só com a ponta do pênis, logo deslizei o mesmo com um pouco de dificuldade para dentro de Harry. Esperei um pouco deixando Hazz se acostumar com a penetração, depois fui deslizando devagar meu pênis todo para dentro dele, logo que entrou tudo até a base eu o olhei e ele disse..

- Tá doendo Lou.

- Eu sei mas é normal, eu paro um pouco.

Eu parei e esperei até ele permitir apesar de estar com muita vontade de fazer logo, eu podia senti-lo quente e apertado, logo percebi que ele foi ficando mais relaxado provavelmente sentindo a dor virar o prazer. Ele logo me olhou permitindo que eu fosse á diante. Comecei a mexer entrando e saindo de Harry, deslizando meu pênis dentro dele, sentindo seu calor. Eu o desejava tanto, quase não consegui me controlar mas tinha que ir devagar pois sabia que era a primeira vez de Harry e não ia gostar de feri-lo. Harry gemia, cada vez que eu o preenchia, encostando em um ponto que o deixava cheio de prazer.

- Hmmmmm... eu amo você Lou.

Eu sorri ficamos assim por mais algum tempo, nós dávamos e recebíamos prazer nos movimentos. Eu invadia e me retirava devagar e então voltava a tomá-lo. Eu agarrei o pênis de Harry comecei a masturbá-lo, queria que ele gozasse para mim. Depois de um tempinho ele gozou em minha mão, eu arquei um pouco o corpo e então gozei dentro dele, tendo assim um orgasmo por sentir meu membro ser apertado em uma contração de Harry. Ficamos quietos em seguida e continuamos ali eu esperei a respiração dele voltar ao normal e então me retirei dele, deitando ao lado dele. Eu olhei para Harry com seus olhos fechados e rosto meio que afundando no travesseiro, logo perguntei...

- Você está bem ?

- Estou sim, só quero aproveitar o momento... - ele sorriu daí voltou a falar - Eu te amo muito, muito, muito mesmo Louis.

- Eu também te amo Hazz. - disse saindo da cama e indo ao banheiro logo liguei o chuveiro e tomei um banho quente e calmo com Harry, nós beijamos algumas vezes durante o mesmo e então quando saímos peguei uma roupa para mim e outra para ele, arrumei a cama trocando aqueles lenções por novos. Nós deitamos e logo ouvi a campainha indicando que mélia estava finalmente em casa. Desci com ele e logo que vimos Amélia ela o abraçou perguntou se ele estava melhor, esse tipo de coisa. 

Fomos os dois para a cama depois do jantar devido a ele estar cansado. No dia seguinte eu acordei e logo o vi ali dormindo calmamente então o acordei com delicadeza e ele continuou a sorrir como sempre. Conforme as semanas foram passando eu e ele fomos ficando mais próximos as coisas ficaram boas, meu pai o expulsou de casa mesmo ele não morando mais lá e fez questão de dizer que não deixaria sequer um centavo para nós dois, foi bem claro quanto á isso porém Harry não ligou, ele parecia estar feliz sabendo que agora ficaria somente comigo.

Eu comecei a arrumar minha vida, arrumei alguns trabalhos para atuar em dois filmes e uma serie que parecia ser promissora. Enquanto isso Hazz foi dando um jeito na sua carreira como cantor, investimos um tempo nela. Assim a nossa vida foi ficando boa, quando ele completou 22 nós casamos e é claro que depois disso ele quis mais coisa como um bebê, um cachorro e uma casa maior. Eu o deixei ter tudo o que queria ( menos o bebê o que o aborreceu muito ), porém nós conseguimos ser felizes e no fim eu descobri o que eu sentia por ele. Para mim era como se ele fosse aquele negocio de alma gêmea, eu o amava muito e nunca iria deixar de amar.

~Fim


Notas Finais


Espero que todos tenham gostado do final, obrigado novamente por terem acompanhado. Tchau c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...