História OverBearing (Imagine Suga Min Yoongi) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aventura, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Novela, Rap Monster, Romance, Submissão, Suga, Violencia
Exibições 734
Palavras 2.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei gente!
Tá meio corrido por causa das provas, e essa droga desse comeback que acabou comigo! Mas eu prometo postar sempre que eu puder!

♡Beijos, fiquem com o cap!♡

Capítulo 26 - Sooth? Or Just Lies?


Fanfic / Fanfiction OverBearing (Imagine Suga Min Yoongi) - Capítulo 26 - Sooth? Or Just Lies?

Abaixei minha cabeça, colocando a mão na pele que cobre meu coração, apertando-o fortemente. Mais uma mentira, ou uma verdade? Anda tudo tão confuso hoje, eu quero respostas para tantas perguntas, mas toda vez que eu tento consegui-las, mais uma duvida surge na minha cabeça. A pequena garotinha já estava abraçada no pés de Yoongi, e eu já a esse ponto sem entender mais nada, apertei meu _ _ _ e me virei para trás lentamente. Dei um passo para trás, e outros seguidos até chegar ao meu quarto sem nenhuma expressão no rosto.

Essa provável filha dele, é de antes de meu casamento com o Yoongi, isso eu não vejo problema. O que realmente me corrói por dentro é saber que ele teve uma filha, e aquela mulher não foi obrigada a abortar, mas eu fui! Ele provavelmente escondeu essa verdade de seus pais e teve a criança, mas ai vem à questão. Ninguém sabia que eu estava gravida, além do Yoongi e do Tae.  Tae provavelmente não contou, não que eu esteja colocando Yoongi como o vilão, mas depois eu tive uma conversa e ele disse que não iria contar. E só para recorrer aos pais seria Yoongi. A não ser que seja o que Yoongi me falou...Hope e Tae estão tentando tirar Yoongi de mim, faze-lo o vilão da história. Aish, são tantas questões, teorias e duvidas...Eu não sei o que fazer, em quem acreditar!

Me sentei na beirada da cama, e olhei para o teto suspirando. Mais uma complicação para mim. Eu não quero saber de mais nada, eu apenas quero saber a verdade! Quem é aquela garota e criança e o que elas tem haver com o Yoongi? De que prostituta eles estavam falando? Hoseok e Tae estão mentindo para mim? Yoongi realmente me ama? São perguntas que não saem de minha cabeça. Presa em meu desespero, batem na porta e entram sem eu dizer uma palavra, ou fazer qualquer movimento em segundos. Continuei com minha cabeça baixa. Mas em questão de segundos, ao ouvir passos em minha direção, eu automaticamente levantei minha cabeça, sem nenhuma expressão no rosto. Vi dois seres humanos, me olhando enquanto eu engolia saliva em minha boca seca. Estalei a língua, e pude ver os dois se abaixarem e ficarem na minha frente:

-Eu não quero conversar! Eu não sei quem está certo ou errado, mas eu não quero falar com ninguém até todas as perguntas serem resolvidas- Girei a cabeça para o lado, e encarei a porta do banheiro.

-___, eu...-Tae disse manhoso.

-Não Taehyung, eu não quero mais perguntas ou desculpas, ou até mentiras me atormentando. Apenas a verdade!- Bufei insatisfeita- Por favor me deixa em paz por um momento- Ele assentiu com a cabeça e saiu do quarto- E você também Hoseok, por favor vai embora!

-Não,___! Eu..eu vou esclarecer todas as suas perguntas e dizer quem está realmente mentido! Eu prometo dizer apenas verdades, e eu não vou mais contar mentiras para você!- Arregalei meus olhos. Hoseok já havia mentido para mim?- Por onde você quer que eu comece?

-Hum... Quem é aquela garota e criança e o que elas tem haver com o Yoongi?-Perguntei sem hesitar por um segundo, sendo direta e encarando Hoseok friamente.

-Aquela mulher é...é a ex-esposa do Yoongi. Eles se separaram mais ou menos a...2 anos!- Franzi o cenho e me lembrei de dois anos atrás “Você não poderia sair mais cedo de seus estudos hoje? É que estamos com visitas aqui em casa e o casal tem um filho. Você deveria conhece-lo, ter uma nova amizade! Você só fica com o Taehyung!”, então quer dizer que ele já sabia da minha existência a dois anos atrás- Não se preocupe, o Yoongi não se separou dela, só por causa de você!

-Então pelo que também?- Perguntei curiosa.

-Eu estava aqui na época que eles se separaram, foi um pouco depois que eu fui adotado por eles!- Ele me encarou. Então ele havia sido adotado pelos meninos para fazer parte da máfia...interessante-Pelo que eu sei a Seo Joo-hyun, que é o nome dela era muito interesseira e só fingia amar a Yoongi. Ela sempre era uma mimadinha, enjoada, assim como você no orfanato me seguindo!- Ele disse brincalhão e eu fiz bico- Quando ele não estava por perto. Quando ele estava, a mesma sempre atendia os desejos deles e sempre o que ele mandava. Yoongi estava cego por amor naquela época, ele não conseguia ver que ela não gostava dele.

-Tadinho! Aish, agora eu tô sentindo pena dele. Mas que droga não era pra eu estar assim!-Hoseok riu de minha fala- Mas e aquela criança?

-Bem, antes deles se separarem Seo ficou grávida do Yoongi. Ele ainda estava perdido no amor dela, e seu Appá não sabia da criança, porque ele achava que Yoongi já estava vivendo um “final feliz” podemos dizer! Por isso ele não se preocupou , e nem quis o aborto, mas acho que ele não sabia da gravidez dela! Mas depois de um tempo Seo mostrou seu lado chato para ele, e eles começaram a brigar sem parar, por isso se divorciaram. Seo traz a menina uma vez a cada dois messes pra ficar dois dias com Áppa. Mas Yoongi nunca se quer ligou para ela. Nunca brincou com ela, ou trocou palavras. Ele também não deixava a gente brincar com ela então, ela ficava o dia inteiro brincando sozinha- Ele me olhou vazio- Eu sei que tem mais perguntas, mas eu te respondo depois- assenti com a cabeça.

O silencio ecoou pelo quarto. Hoseok só olhava para os lados, parecendo inquieto enquanto eu pensava sobre Yoongi. Será que é por isso que seu pai o obrigou a se tornar frio? Será que Yoongi já foi bom antes? Eu olhava para meus pés, balançando os dedos tensa. Eu não conseguia tirar a história de Yoongi de minha cabeça. Será que ele nunca foi o vilão? Será que ele era como a fera, da Bela e a Fera? Um mostro só fisicamente e preso por uma maldição? Ri pensando na minha explicação usando desenhos infantis, e Hope olhou para mim, sem entender nada.

-Hope...Qual é o nome da criança?- Perguntei ainda olhando para meus pés.

-É... Seo Mi-Cha! É um nome bem bonito não acha?- Assenti com a cabeça.

-E a Seo? Ela gosta da criança?- Olhei para a porta, mas logo depois desviei meu olhar para Hope.

-Ela é quase a mesma coisa que o Yoongi! Só que a diferença, é que ela cuida, ao contrário do Yoongi! Ah, vamos! Você não comeu no jantar, eu não quero você morta- Ri e ele me levantou.

Sai do quarto e ele me guiou até o hall de entrada. Quando chegamos lá, Hoseok parou e começou a encarar a pequena Mi-cha. Ela estava no tapete brincando com uma boneca, muito fofa for sinal. Ela mexia os braços da boneca, como se a mesma estivesse conversando com ela. Ela parou por um segundo e olhou para nós.

Assim que a pequena me viu, seu olhar ficou tão brilhoso, tão feliz. Ela sorriu e veio em minha direção, como se já me conhecesse. Talvez ela tivesse visto que eu era mais nova, e queria que eu brincasse com ela. Eu abaixei e quando ela chegou a meus braços me abraçou muito forte e eu retribui.

-Quer ser minha amiguinha?- Ela falou com um enorme sorriso no rosto, assim que se desgrudou de mim, eu assenti com a cabeça, retribuindo o sorriso- Yay! Agora eu tenho uma amiguinha para brincar! Você quer brincar comigo?

-Sim, claro! Mas antes eu vou comer, porque eu não jantei ainda. Você quer vir comigo?- Ela sorriu novamente e deu pulinhos dizendo que sim. Que criança carismática e fofa.

Peguei a mesma no colo, e ela entrelaçou os pequenos braços em meu pescoço, enquanto a levava. Ela ficou quieta até chegarmos na cozinha, enquanto Hope me olhava uma vez ou outra com um sorriso bobo. Ao chegarmos na cozinha, Hope pegou uma cadeira mais alta provavelmente a dela, quando a mesma fica por aqui, e eu a sentei ali. Quando eu olhei eu vi que Jungkook e Tae estavam ali sentados me encarando, o que me deu um pequeno susto, me fazendo levar a mão ao coração.

-Meu deus, que susto!- Falei afobada e todos riram- Tae você que ama crianças, essa daí é a Seo Mi-Cha, a filha do Yoongi.

-Oh, meu deus! Ela é muito fofa- Tae foi até ela, e começou a apertar a bochecha da mesma- Quer ser minha amiga?

-Sim! Mais um amiguinho- Ela começou a rir e eu me sentei a seu lado. Hope colocou um prato cheio de salada na minha frente- O que vocês vão comer?

-Eu vou comer salada! Algum de vocês vai comer mais alguma coisa?- Levei um garfo de alface para a boca.

-A gente vai esperar você terminar de comer! Tae disse que você sabe fazer chocolate muito bem!- Jungkook disse sorrindo, mostrando aqueles dentinhos perfeitos de coelho.

-É claro que ela sabe fazer chocolate muito bem! Ela é brasileira- Tae disse feliz.

-Não eu não faço chocolate, eu faço brigadeiro!- Disse comendo mais um pouco da salada.

-Birrgareiro?-Tae disse.

-Brigadeiro!- Repeti-Bri-ga-dei-ro! Repita é fácil.

-Brigareiro!-Hoseok disse.

-Brigadeiro!-Mi-Cha disse. Sorri para a mesma.

-Essa daí é fluente em português!- Jungkookie disse enciumado de Mi-Cha, pois não havia conseguido falar.

Depois...

Eu já havia feito o tão famoso brigadeiro que eles não conseguiam falar, e eu estava dando alguns pedaços na boca de Mi-Cha no momento. Ela sempre estava pedindo por mais, mas eu sempre estava a alertando “Se você comer de mais você vai passar mal e a gente não vai poder brincar depois!”, e ela sempre entendia. Limpei a louça. Mandei Tae brincar com a pequena garota enquanto eu terminava de lavar a louça. Yoongi chega na cozinha com um sorriso não tão grande no rosto, mas a contrário de mim eu retribuo com um sorriso enorme.

-Ela é tão bonita!- Digo enxugando a louça.

-De quem você está falando ____?- Ele disse sem entender nada do que eu estava falando.

-A sua garotinha! A Seo Mi-Cha! Ela é um amorzinho de pessoa.

-Ah, então você sabe que ela é minha filha?- Ele perguntou um pouco desanimado.

-Sim! Mas eu não ligo muito para isso mesmo! Eu apenas acho que você deveria dar um pouco mais de atenção para ela. Tadinha ela fica sozinha quando ela está com você! Isso não é certo. Você deveria exercer seu trabalho de pai.

-Eu sei eu sei! Mas quando a Seo, esse é o nome dela, só pra você relembrar porque eu acho que você já sabe, ela não me deixa ficar com ela! Mesmo que ela esteja do meu lado, ela diz que eu tenho que fazer a Mi-Cha me odiar, porque eu larguei ela.

-Mas porque você obedece ela?

-Porque ela disse se eu não a obedecesse ela iria machucar a Mi-Cha! E eu sei muito bem que a Seo é capaz disso. Você acha que eu não gostaria de ficar com a minha filha? Você acha que depois eu ter dado um ataque falso, fingindo estar bravo pelo meu pai, depois eu não fiquei feliz?

-Desculpa!- Abracei o mesmo- Eu acho que eu ando colocando você sempre como o vilão da história. Yoongi?-Ele soltou um “hum” enquanto ainda estávamos abraçados- Sem mentiras, você realmente me ama?

-Acho que estou mais cego com o seu amor do que eu estava com a Seo!- Ele me selou-___, eu preciso te contar uma coisa! A Seo vai morar com a gente por um tempo...-congelei- Relaxa, eu não vou deixar ela te tirar de mim. E eu vou ser um pai melhor para a Mi-Cha!- Ri de sua frase e assenti com a cabeça- Mas ela ainda não sabe quem é você....

23:15 da noite...

Tae havia colocado a pequena garota para dormir em seu quarto. Eu estava na sala, sentada guardando os brinquedos. Eu admito que vai ser um pouco estranho a ideia de que a ex do meu marido vai morar com a gente por um tempo. Será que ela que é a prostituta? Sei lá, depois eu vejo isso! Estava agora, após guardar os brinquedos sentada no sofá. Tae chegou após alguns minutos e se sentou ao meu lado e apertou minha mão.

-___, se eu te pedir um favor você pode faze-lo?- Ele me encarou sério.

-Depende do que você quer Tae...-Coloquei a mão na cabeça, cansada.

-Bem você sabe que eu adoro crianças...

-Você não adora, você ama, é diferente!- Ele riu quando o cortei.

-Eu sei...então eu queria ter um filho!- Sorri para ele.

-Que fofo Tae. Você vai adotar uma criança?-Perguntei em um tom alegre.

-Eu acho que você não entendeu direito ___...Eu estava pensando, se Yoongi me desse permissão, e você acaitasse, se você poderia ter um filho comigo!


Notas Finais


Obrigada!
Espero ter esclarecido


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...