História Overcoming Prejudice - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Personagens Originais, Rosalya
Exibições 174
Palavras 476
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Continuando!

Capítulo 6 - Merlya


Merlya

 

No dia seguinte, minha mãe me levou para a escola, como todos os dias. Cheguei ao colégio e encontrei Alexy e Rosa sentados em um banco próximo ao portão, só que em uma parte coberta.

- Bom dia! – disse me sentando no banco.

- Bom dia! – eles disseram juntos.

- Amiga, posso te pedir uma coisa? – Rosalya perguntou.

- O quê?

- Eu e o Alexy desenhamos uma coleção de roupas, mas precisamos de uma modelo para tirarmos as fotos e colocar em um catálogo na loja do meu namorado.

- Querem que eu seja a modelo? – arqueei a sobrancelha.

- Claro – Alexy exclamou – Além de você ser linda vamos ser os únicos estilistas do mundo a ter uma modelo albina, vamos lançar tendência – comentou me fazendo rir.

- Você aceita? – Rosa disse e os dois me olharam com os olhos brilhando.

- Aceito, mas não esqueçam que eu não posso sair no sol – os avisei.

- Tudo bem, hoje mesmo vamos atrás de um lugar – Alexy disse e o sinal tocou.

Assistimos as aulas e na hora da saída, fui para o meu armário, já que meu caderno de músicas estava lá.

Peguei meu caderno e quando fechei a porta do armário, dei de cara com Castiel, o que me assustou e me fez dar um pulo pra trás.

- Sou tão feio assim? – ele perguntou zombeteiro.

- Ah, não, só... Não te vi chegando.

- Tá deixa isso pra lá. Eu queria saber se você quer almoçar comigo? – ele perguntou.

- Hoje não posso, combinei de ir com a minha mãe ao supermercado – disse colocando o caderno na minha bolsa e pegando meu guarda-chuva e meus óculos.

- Não seja por isso, liguei pra sua mãe agora pouco e ela deu autorização – ele sorriu.

- Acho que essa sua amizade com a minha mãe não vai dar boa coisa – eu disse e ele riu.

- Vamos – me estendeu o braço enquanto eu colocava os óculos e abria o guarda-chuva.

- Vamos – segurei em seu braço.

Caminhamos até uma pizzaria. Entramos, sentamos em uma mesa e fizemos nossos pedidos. Depois de terminarmos de comer, Castiel brigou comigo sobre quem pagaria a conte. Ele venceu, mas eu o convenci em ir para a sorveteria por minha conta.

Eu pedi um sorvete de leite-ninho e Castiel escolheu um de pistache. Nos sentamos em uma mesa e enquanto eu estava distraída, ele passou sorvete no meu nariz. Rolei os olhos e limpei meu nariz com o guardanapo.

- Infantil – comentei fazendo ele rir.

Quando terminamos, ele me acompanhou até em casa e eu agradeci que minha mãe não estava em casa.

Entrei em casa e subi direto para o meu quarto, me jogando de costas na cama e começando a encarar o teto pensando no dia de hoje. Quando percebi, estava sorrindo bobamente.

Será que estou apaixonada?


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...