História Overdose {Taejikook} - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Taehyung, Taejikook, Vkook, Vmin
Visualizações 61
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 47 - Será que alguém vai morrer?


Acordei ouvindo um barulho estranho na porta de vidro que dá pra sacada, pode ser o jimin querendo que eu abra a porta então me levantei, ainda era noite, a luz da lua cheia iluminava meu quarto. Sai na sacada e vi o jimin dormindo do outro lado, estranhei e ouvi alguém sussurrar meu nome, olhei pra baixo e vi Hoseok com uma cara de bêbado.

- O que você tá fazendo aqui? - Perguntei confuso.

- Por favor! Me perdoa! - Ele estava quase gritando.

- Hoseok vai embora! - Olhei pra trás vendo Jungkook levantar.

- Amor... Quem é? - Perguntou com aquela carinha fofa de sono.

Tão fofo!

- É uma bêbado gritando na rua - Menti o empurrando pra cama.

- Por que um bêbado gritaria seu nome? - Ele deitou de novo e me abraçou.

- Não sou eu, deve ser alguém com nome parecido - Acariciei seus fios. - Eu vou beber água, já volto.

Depositei um beijo em sua testa e desci sem fazer barulho. Abri a porta de casa e fui até onde Hoseok estava.

- O que pensa que tá fazendo seu idiota?! - O puxei pra rua.

- Taehyung por favor, me perdoa eu fui um idiota, um tolo - Seu rosto estava banhado em lágrimas.

- Você sabia que isso é quase a mesma coisa? - O puxei na direção da casa do Yoongi - É tudo a merma porra.

- Pra onde você tá me levando? Eu quero ficar aqui até você me perdoar - Ele segurou em uma árvore.

- Hoseok eu tô grávido e a minha paciência tá menos que a normal! - O olhei serio e ele me deu sua mão novamente.

- Que paciência? - Ele perguntou fungando e eu o olhei serio - Desculpa..

Eu não respondi, revirei os olhos e continuei andando em silêncio com ele na direção da casa de Yoongi, não demorou muito chegamos lá, toquei a campainha três vezes e logo Yoongi abriu a porta com uma cara de quem estava preocupado.

- Hoseok eu vou te matar! - Ele falou ofegante - Quem você acha que é pra fazer eu ter medo?!

Yoongi senti medo é algo raro.

- Seu namorado estava na minha porta pedindo perdão - Respondi enfiando Hoseok dentro de casa.

- Você ainda não me perdoou - Hoseok falou agarrado a Yoongi.

- Quando você ficar em sã consciência você me pede perdão, agora boa noite - Quando já estava me virando senti uma mão fria me tocar.

- Tae... - Era Yoongi, a voz dele era calma e baixa - Amanhã podemos conversar? Por favor, pelo tempo da nossa amizade.

Respirei fundo e soltei minha mão da dele.

- No colégio - Comecei a andar - Agora vá cuidar do Hoseok.

∆∆∆

- Onde você foi ontem a noite? - Jungkook perguntou enquanto eu, ele e Jimin íamos pro colégio.

- Como assim? - Jimin me olhou pelo espelho de seu carro.

- Tomar água e fazer um rango, não pode mais? - Menti olhando pras unha.

- Você não foi fazer isso Taehyung - Jungkook me desmentiu. - Eu vi você voltando da rua, e com o rosto todo vermelho, por que estava chorando?

- Eu só sai pra caminhar um pouco, e eu não tava chorando, era o frio - Menti me remexendo o banco, vendo que chegando a escola - Amém Jesus.

Descemos do carro e ajeitamos nossas mochilas nas costas.

- Vamos - Jimin saiu arrastando a mim e a JungKook até a sala - Eu não tenho aula com vocês hoje, então até o intervalo.

Deixou um beijo em mim, em Jungkook e dois beijos na minha barriga, assim sumindo pelos corredores.

- Me deixem adotar o Jimin? - Jin apareceu se escorando na porta - Ele é tão fofo... Parece um bebê.

- Quando ele deixa o Taehyung sem andar, ele não parece nada com um bebê - Jungkook riu e eu lhe dei um tapa.

- JungKook não me expõe - Lhe dou um tapa e entro na sala.

∆∆∆

O dia como sempre se passou devagar, Yoongi me chamou pra passar na casa dele a noite. Bom, da última vez uma amizade de nove anos foi destruida, será que nessa alguém morre?

Me arrumei, coloquei um moletom que roubei do Jungkook que ficou enorme em mim, uma calça de moletom preta ja que que o moletom também era preto, calcei os sapatos e desci.

- Onde vai? - Meu pai perguntou enquanto assistia tv dando cafuné no Kook.

Eles estão se dando tão bem.

- Apenas dar uma volta - Sorri fraco.

- Posso ir oppa? - Lisa sorriu.

- Não meu amor, o oppa tem que ir sozinho hoje - Sorriu pra ela e saio de casa.

Eu so espero que ninguém morra hoje



Notas Finais


Eu to triste então eu não vou fazer as notas hoje, talvez amanhã eu faça.

A omma ama voces aliens, nunca duvidem 👽💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...