História Overflowing - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não é só isso gente, tem mais histórias cada capítulo uma história nova, haha se preparem.

Capítulo 1 - Prazer, Elisa


Fanfic / Fanfiction Overflowing - Capítulo 1 - Prazer, Elisa

 

Oi, sou a Elisa. 

Não costumo me abrir muito com as pessoas então fico no meu quarto falando sozinha como se estivesse alguém me escutando. 

Já vou avisando as histórias que você escutar ou melhor ler.. Não são do tipo felizes, que no final dá tudo certo, as histórias que vou contar são histórias de coisas que aconteceram comigo, Elisa.

Pra você que tá lendo isso, vou contar desde o começo. 

Nasci em uma família aparentemente certa, meus pais sempre tiveram condições nunca passamos fome, claro sempre tem algumas crises mas no mais, tudo certo. 

Amava a escola pois tinha uma melhor amiga, chamada Bett. Ela era o tipo de pessoa que eu podia chorar, contar os problemas, falar tudo que eu pensava e essas coisas... Óbvio nem toda amizade é perfeita. Brigávamos as vezes mas não era algo tão frequente. 

Mas claro que algo ia acontecer, se não essa história não seria publicada.. Minha melhor amiga fez algo terrível! Estávamos em um restaurante, perto da casa dela bem perto mesmo! Minha mãe havia ido me buscar e ela Bett disse que iria andando pois queria caminhar um pouco. Cheguei em casa tomei um banho e fui para cama, deitei e  mandei uma mensagem para Bett falando sobre Tomás o menino que eu era apaixonada! Ela não respondia... Horas se passaram e nada. Claro ela poderia ter ido dormir mais cedo ou algo assim.

Acordei no dia seguinte e fui direto pegar meu celular, ver se ela tinha me respondido mas nada.. Fui para escola na esperança de ver ela, mas ela não estava, comecei a ficar preocupada... Voltei para casa e Bett não tinha ido a escola. 

Cheguei em casa e minha mãe estava chorando, fui correndo perguntar o que tinha acontecido e ela com um olhar de medo, misturado com decepção não disse nada. Mas claro eu insisti! Ela pediu para me sentar e falou: 

-Fi-filha eu não sei como começar isso - se aproximou de mim e me abraçou - A Bett na volta de casa se suicidou, prefiro não te dar detalhes. Sinto muito! Vai ficar tudo bem.

-Ma-mãe como assim? Como ela se matou? - Chorando muito

-Você quer mesmo saber?

-Sim! Me fale. 

- Sabe aquele mirante bem alto que tem na rua dela? Ela se atirou lá de cima...

Nesse momento eu saí correndo, fui para o meu quarto chorei litros. Fiquei me perguntando "Por que ela fez isso?" Qual era o motivo... Mil pensamentos ao mesmo tempo. Eu estava com ódio, por que?  Por que ela fez isso? Ela poderia ter me dito, eu teria ajudado? Você não tem noção. Como é ser a última pessoa a falar com ela, minutos depois se jogou de um mirante. Pra ela chegar a esse ponto, ela não deveria mais sentir nada.





Notas Finais


Espero q tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...