História Owned - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Camren G!p, Lauren G!p
Exibições 1.139
Palavras 542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Breve att X :)

Capítulo 4 - Negócios


Odiando-se, Camila imediatamente pulou do sofá e a encarou.

 

- Acredito que ainda tenho duas semanas de liberdade. Até lá, mantenha distância.

 

Apertando o contrato nas mãos, ela marchou para a cozinha e sentou-se na mesa. Embora a tenha seguido, Lauren preferiu lhe dar um pouco de espaço e parou na porta. A distância não ajudou muito para acalmar sua libido, fazendo-a se remexer nervosamente. Que diabos tinha de errado com Camila? Esta mulher quase matou seu pai, e ali estava ela, respondendo aos seus toques. Fazendo o possível para fingir que Lauren não estava ali sugando toda a lógica dentro de si, ela olhou para o contrato. Era bem direto, mas havia algumas coisas das quais ela não gostou.

 

- Você pode definir que tipo de trabalho você espera que eu faça? Eu não vou mais machucar ou ameaçar.

 

-Só alguma papelada. – Lauren disse com um sorriso divertido. - Preencher papéis. Atender telefonemas.

 

-Excelente. Vou poder adicionar 'secretária de uma comandante da máfia' ao meu currículo. - Ela disse com um suspiro enquanto continuava olhando o contrato. - Quero meu pai banido dos seus cassinos. - Ela disse olhando para cima.

 

-Ele já está banido.

 

- Bom. Meu gato vem comigo. - Lauren franziu como se fosse arrumar problema com isso, mas finalmente deu de ombros e assentiu. Ao menos Camila teria um pouco de conforto. Ela engoliu com dificuldade e esfregou as mãos.

 

- Então, estou tomando anticoncepcional e não vou deixar de tomar. - Camila estremeceu quando Lauren jogou a cabeça para trás e gargalhou.

 

- Ah, Camila. Fazia tempo que eu não ria assim. Não sou uma pessoa de família. Não precisa temer nenhum tipo de apego da minha parte.

 

- Ótimo. - Ela pegou uma caneta e seu punho pousou sobre a linha. Fechando os olhos, ela precisou se lembrar de que seria apenas durante um ano. Um ano como o brinquedinho dessa gangster. Um ano de envolvimento com a máfia. Um ano, e seu pai estaria livre. Ela colocou a caneta no papel e assinou seu nome. Respirando fundo, levou o contrato até Lauren. Ela atravessou a cozinha em poucos passos e se inclinou para pressionar os lábios em seu cabelo. Camila enrijeceu, mas não se afastou. O toque durou apenas por um breve momento antes da mais velha pegar a caneta da mão dela. Após assinar o contrato, Lauren retirou uma cópia e entregou para ela.

 

-Acredito que será um prazer fazer negócios com você. - Ela disse suavemente antes de se afastar. Camila nem se virou. Escutou a porta da frente fechar, e não se levantou para trancá-la. Para quê? Ninguém pior do que Lauren iria passar por sua porta, e ela ainda tinha a sensação de que a mesma protegeria seu prêmio. Estava feito. E não havia nada que ela pudesse fazer. Quando Bones finalmente saiu do esconderijo e se enroscou em seus tornozelos, ela pegou o gato preto e acariciou-lhe os pelos. Cada parte de si queria desmoronar e chorar, mas ela se recusava. Chorar não resolvia nada. Ela era mais forte do que isso. Além disso, talvez algo de bom pudesse resultado disso tudo. Ela teria um ano inteiro para descobrir como acabar com Lauren e com toda a organização dela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...