História Owned - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Camren G!p, Lauren G!p
Exibições 1.103
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Fazer a coisa certa


 

Algumas horas mais tarde, Camila tinha acabado de tirar Bones de debaixo da cama para olhar o lado de fora da janela quando escutou uma batidinha na porta. Assustada, Camila abriu apenas uma frestinha. Uma alta e bonita loira estava parada do lado de fora.

 

- Desculpe incomodá-la, senhorita, estou aqui para ajudá-la a se arrumar para o jantar de hoje à noite. - A mulher olhou Camila diretamente nos olhos. Se ela sabia que Camila era uma prisioneira, não demonstrava isso. Talvez não se importasse. Camila tinha a sensação de que todos os funcionários de Lauren eram frios e sem sentimentos. Abrindo completamente a porta, Camila balançou o braço com um gesto zombeteiro para a mulher entrar. Os olhos da mulher se arregalaram de surpresa, mas ela entrou.

 

- Gostaria que eu lhe preparasse um banho? - Ela perguntou confusa.

 

- Não. - Um pensamento repentino lhe ocorreu. - Na verdade, talvez eu não tome banho durante todo o tempo que eu ficar aqui. Fico imaginando o que sua chefe pensaria disso. - Para sua surpresa, a mulher caiu na gargalhada. Ela imediatamente jogou as mãos na boca para se calar.

 

- Sinto muito. - Ela disse com os olhos arregalados. - Apenas acho que Lauren não gostaria nada disso.

 

- Então você consegue falar abertamente. - Camila disse com um pequeno sorriso. - Qual o seu nome?

 

- Perrie. Geralmente faço parte da equipe do bufê, mas Lauren achou que a maior parte da equipe seria tímida demais para você. - A mulher disse com uma piscadela.

 

- Ela tem funcionários tímidos? - Camila disse secamente.

 

- A maioria deles está carregando armas. - Perrie colocou a bolsa de roupas em cima da cama e encolheu os ombros. - Os guardas e os funcionários são dois tipos diferentes de pessoas. Lauren foi honesta sobre o que você veio fazer aqui. Devo dizer que é um pouco incomum ela fazer isso. Sequestrar mulheres geralmente não faz parte de seus planos de pagamento. - Camila bufou. - E mesmo assim você não parece surpresa. - Perrie deu de ombros. - A maioria das mulheres de Lauren se rebaixaria ao assassinato se isso significasse ficar uma noite extra com ela. Passar um ano sob o mesmo telhado que ele não deve ser difícil.

 

-  Você está brincando? - Camila exigiu. - Eu vi ela quase matar o meu pai. Passar um segundo sob o mesmo telhado que ela é horrível, sem falar um ano. - A outra mulher deu de ombros.

 

- Você provavelmente está certa, mas concordou com isso, então é melhor aguentar. Vamos pular o banho hoje, mas se eu tiver que levá-la a força para o chuveiro amanhã, farei isso.  

 

- Por favor. Eu poderia acabar com você. - Camila bufou. Repentinamente, antes que ela pudesse reagir, Perrie a girou sobre os ombros e a jogou no chão. O impacto tirou o ar dos pulmões de Camila, fazendo-a sibilar enquanto levantava as mãos para recuperar o fôlego.

 

- Acho que estou errada. - Disse ela finalmente conseguiu falar novamente.

 

- Todos os funcionários passam por um curso básico de combate e autodefesa. Somos treinamos pelos guardas para nos protegermos em caso de algum hóspede de Lauren extrapolar. - Bom, isso era... legal da parte de Lauren. Camila se levantou do chão e balançou a cabeça.

 

- Bom, vamos ver o que eu devo usar hoje à noite. - Ela abriu o saco da roupa e encarou uma negligee transparente e preta. Engolindo com dificuldade, ela se virou para Perrie com pânico nos olhos. - Por favor, me diz que tem mais.

 

- Tem mais. - Perrie disse com um sorriso. Ela cruzou o quarto e abriu o closet. Após desaparecer lá dentro por alguns minutos, e saiu com um vestido branco de saia rodada. Curiosa, Camila espiou dentro do closet.

 

- Alguém esteve ocupada. - Ela murmurou enquanto encarava o interior do closet. Estava repleto de roupas femininas, e facilmente era quatro vezes maior do que o dela.

 

- Eu fiz a maioria das compras sozinha, então é melhor você me dizer que adorou tudo. - Perrie avisou um um sorriso convencido. Ela também entrou no guarda-roupas e puxou um par de saltos altos. Abrindo uma das gavetas, Perrie puxou um par de meia-calça. - É isso. Meias, negligee, o vestido e os sapatos. Lauren gostaria que você mantivesse o cabelo solto e a maquiagem natural. Sem perfume. Ah! - Os olhos dela se acenderam. - Quase esqueci. Joias de pérolas. - Ela disse abrindo outra gaveta. Camila engasgou ao olhar a joias de pérola dentro da gaveta. Parecia ter custado milhões de dólares. - Baseado nas suas circunstâncias, eu não a chamaria exatamente de mulher de sorte, mas a chefe se esforçou. - Perrie disse enquanto fechava a porta. - Tudo bem. Virei vê-la em meia hora. Esteja vestida. Me fale se precisar de mais alguma coisa. - Bones passou correndo de um cômodo para o outro. - O que diabos foi isso? - Perrie latiu.

 

- É o Bones, meu gato. Ele é um bom gato. Dificilmente mia e nunca fica no nosso pé. Não muito. - Perrie a encarou.

 

- Ela deixou você trazer um gato? Isso é estranho. - Com um encolher de ombros, a mulher foi embora, e Camila lentamente começou a tirar sua calça jeans e camiseta. Ela olhou para suas roupas tristemente. Ela não as veria novamente por um ano. Não era por ela ser exatamente fã na roupa que vestira hoje, mas tinha mais a ver com ela do que o vestido branco que a esperava na cama. Com um suspiro, ela tirou a roupa íntima e a jogou numa pilha. Desconfortável por estar nua no quarto, ela se apressou para colocar as meias altas e a negligee preta. Sério? Lingerie preta sob um vestido branco? Isso a excitava? Era completamente transparente, com a exceção da renda densa bordada em torno das taças do sutiã. Anexado ao cabide, havia uma calcinha de renda fio dental preta combinando. Ela puxou a calcinha por baixo do negligee e olhou-se no espelho. Deus. Ela achava que nunca tinha vestido algo tão sexy em toda a sua vida. Sentindo-se quase envergonhada, ela tirou a negligee, pegou o vestido branco e o vestiu. Ele tinha um zíper lateral e servia confortavelmente. Terminando no meio da coxa, exibia o suficiente de sua perna para ser sexy, mas não ao ponto de fazê-la parecer uma vadia. Tinha um top que mergulhava baixo o suficiente para um pouco de decote, mas não o suficiente para ser constrangedor. Após colocar os sapatos, ela se olhou novamente no espelho. Ela parecia ter nascido do dinheiro, e pela primeira vez na vida, sentiu-se bonita. Ela passou as mãos nas laterais do vestido e se virou. O tecido se agarrava aos seus quadris e bunda. Houve outra batida na porta.

 

- Camila? Você está pronta?

 

- A meia hora já havia passado?

 

- Sim. - Ela murmurou. Perrie enfiou a cabeça na abertura da porta e assentiu.

 

- Que isso, garota. Você está ótima. Não esqueça do colar. - Ela entrou e balançou a cabeça. - Além disso, vou precisar verificar se você está usando a roupa certa debaixo do vestido. Levante-o. - Os olhos de Camila se arregalaram e ela corou. – Relaxa. - Perrie disse com um vestido. - É rapidinho. - Respirando fundo, Camila ergueu o vestido o suficiente para que Perrie visse a lingerie. Perrie assobiou. - Eu sei que você não quer ouvir isso, mas você está gostosa. Deixe-me ajudá-a com o colar. A equipe está esperando lá em baixo para arrumar tudo. - Os dedos de Camila já estavam tremendo, então ela deixou a mulher prender o colar. Perrie trabalhou com precisão e rapidamente, e as pérolas pareciam frias contra a pele de Camila.

 

- Você acha que sou louca por fazer isso? - Ela perguntou rapidamente. - Se você estivesse no meu lugar, o que teria escolhido?

 

- Eu nunca estaria no seu lugar porque não tenho família. Mas tomei uma decisão quando vim trabalhar para Lauren, e fiz isso sabendo muito bem que tipo de pessoa ela era. Só posso imaginar o que eu faria por alguém que eu amo. Eu nunca a julgaria por essa decisão.

 

- Estou fazendo a coisa certa. – Camila disse assentindo com a cabeça. 


Notas Finais


Galera, a Perrie vai aparecer bastante na história. Vocês gostam dela ou preferem outro personagem? X


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...