História OZHEART!! - Interativa - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ozmafia!!
Tags Anime, Otome Game, Ozmafia!, Romance, Shoujo
Exibições 14
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Self Inserction, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui está o primeiro capítulo, gente!! Quero agradecer mais uma vez por se inscreverem. Se não fosse por vocês, eu não iria ter começado tão cedo. E sem mais delongas, vamos ao capítulo!!
NOTA: As palavras ou expressões que estão marcadas em (*) podem ser mais explicadas nas notas finais, em "GLOSSÁRIO", okay?

Capítulo 2 - Tornado


Dorothy era uma garotinha que vivia com seus avós, que acidentalmente foi parar na terra de Oz, o mágico recanto criado pela imaginação de Baum, transportada por um ciclone de sua terra natal, o Kansas, para este universo desconhecido, repleto de seres conhecidos como Munchkins. Como ninguém sabe lhe informar o caminho de volta para casa, ela decide percorrer uma jornada que a levará até o Mágico de Oz, o único que sabia realizar desejos, soluções procuradas pela pequena Dorothy, e pelos personagens que a menina conhece ao longo do caminho. Entre eles estão o Espantalho, que não tinha um coração; o Homem de Lata, que não tinha um coração; e o Leão, que não tinha coragem alguma, dos quais, juntos, seguiram sua jornada, para realizarem os seus desejos tão almejados.

 

c a p í t u l o  1   -   t  o  r  n  a  d  o

 

Era 31 de dezembro, noite de ano novo e 7 jovens haviam voltado da celebração de ano novo, após a 108ª badalada do sino* para comemorar o novo ano que estava por vir. Ela eram melhores amigas desde que começaram a se falar nos clubes da escola, e isso as fez mais próximas até hoje. Uma necessitava da outra. Outra necessitava de uma. Elas viviam em casas próximas às outras. Nada era ruim, elas se davam bem.

 

- Pena que isso irá acabar assim que o fim do 3º ano... - Hinata resmungava, ajeitando o seu cabelo. - Tenho certeza que irei chorar muito quando essa hora chegar...

- P-para, Hinata-chan! Está me fazendo ficar muito triste, muito triste!! - Yuu choramingava.

- Ânimo, ânimo, pessoal! Por que será que eu pedi para vocês fazerem, cada uma de vocês, uma conta no Tumblr**? - dizia Yumi entusiasmada. - Não deixem planos do futuro perturbarem o seu presente. É meio que ilógico pensar assim, tão cedo, afinal somos do 2º ano, não?

- É isso aí. Não que eu esteja triste com isso, mas... Ainda nos faltam dois anos para ficarmos juntas, não? - Ming dizia quietamente - Não seria o fim mesmo se agora fosse a hora.

- E ainda mais! Temos Tumblrs conectados um ao outro! Podemos conversar, o qual distante estejamos, só precisaremos de wi-fi!

- Talvez porque minha internet não funcione de vez em quando! Olha, não aparece nada! - Max mostrou o smarthphone para Yumi, da qual fez cara de paisagem.

- Talvez porque você não está com o wi-fi ligado, bobona!!

- Ih! É mesmo! hi hi!!

- Calma, calma, gente! Discussões à essa hora da noite?! 

- Concordo com a Elizabeth-san!! - Anelise dizia. - Vamos logo, ainda nos restam quinze minutos até a meia noite!

- Tá bom!!

 

Todas se juntaram à mesa da cozinha, da qual Yumi havia comprado diversas guloseimas como de praxe. Afinal, era noite de festa do pjama!

 

- Ah! Tantos docinhos fofos! Dá até pena de comer! - Max choramingava, enquanto fazia carinho nos doces.

- Oi! Max! Para de abraçar os doces, é estranho! - Hinata retrucou.

- Okay, gente! Vamos comer! Estou com fome!

- OSU***! ITADAKIMASU!!**** - todas falaram em coro.

- Está delicioso, Yumi-chan! - Ming se dirigiu para Yumi.

- Ah! Eu não fiz esses doces!

- O QUÊ!? - todas entraram em estado de choque.

 

A verdade é que a Yumi não tinha talento o suficiente para cozinhar, mas as outras não sabiam disso. Ela era uma garota solitária, que nunca conheceu sua mãe, e nunca aprendeu a cozinhar. Isso a fez bastante constrangida e ainda pensar mais sobre seu caso.

 

- E-eu sinto muito, pessoal! Estou tão envergonhada! 

- Ah, está tudo bem, Yumi-chan! - Anelise disse. 

- Todos nós temos seus defeitos, como também temos suas qualidades! - Elizabeth respondeu, com um sorriso franco no rosto.

- É! Afinal, muita gente não sabe fazer figuras de origami, assim como você sabe fazer! E é um trabalho muito lindo... por sinal... - Ming respondeu.

- Ah! Sério? Ninguém nunca me disse algo desse jeito sobre meu origami. Arigato, Ming-chan!

- fufufufu!! De nada.

 

O tempo passava rápido, já era 3:50 da madrugada e os olhos das garotas já vacilavam com a luz da lâmpada ascesa.

 

- Uah! Acho que eu vou para a cama! - Hinata disse, bocejando ao mesmo tempo.

- Eu também! - outras diziam.

 

Enfim, lá estavam as garotas mais felizes do mundo. Estando felizes por apenas estarem juntas. Essa era uma boa razão para seguirem em frente e realizarem seus sonhos, sem fronteiras ou obstáculos em seu caminho. Aquilo era mágica. Se uma estava feliz, todas estavam felizes.

Ainda estava Yumi, pensando. Deitada. Olhando para o teto. Imaginando algo impossível.

- E se existisse um mundo do qual eu encontrasse o meu verdadeiro amor e viveríamos felizes. Não para sempre, mas um para o outro? - ela pensava, e com um sorriso, adormeceu.

De repente...

As janelas começam a bater um forte vento. O clima esfria rapidamente, como se o inverno mudou de frio para congelado. 

 

- Brrrr! Que frio! O que está havendo? - Elizabeth acorda.

- Hum? Mas eu deixei o aquecedor ligado...

- Gente, o que é isso? - Hinata aponta para a janela, percebendo que não é o aquecedor que quebrou.

 

A cena era fantástica! Um enorme tornado invadiu Tóquio, em precendentes. Era tão grande que as meninas não conseguiam se mexer, quando enfim se tocaram que o tornado ia em direção à casa!

 

- AAAAHHHHHH!! - elas gritavam em desespero. Até que o tornado alcançou a casa e a destruiu de forma bastante ameaçadora. 

 

E foi assim que um tornado transformou suas vidas...

Como se estivessem seguindo um coelho branco à uma toca, que lhe levavam a uma pequena porta para o desconhecido. *****

 

CONTINUA...


Notas Finais


Okay, gente! Gostaram?
Em breve atualizarei novamente, espero que gostem desse capítulo, e irei aprimorar a história ao melhor possível no próximo!!

Ah, e lembrando, você que ainda não jogou o jogo, você pode encontrar facilmente aqui, nos links abaixo:

Compre pela Steam!:
http://store.steampowered.com/app/303290/?l=portuguese

Ou você é como eu que não gasta dinheiro à toa, donwload grátis aqui:
http://igg-games.com/ozmafia-free-download.html

E ainda tem a adaptação em anime muito fofa para você conferir aqui, nos links abaixo!
Duração - apenas 4 minutos!
Confira!!

Crunchyroll: http://www.crunchyroll.com/ozmafia
AnimeAi: http://www.animeai.net/540931.html
SuperAnimes: http://www.superanimes.com/ozmafia



GLOSSÁRIO
*No Japão, o Ano Novo começa após a 108ª badalada do sino.
**Tumblr é uma rede social da qual pode-se criar um blog e postar o que quiser, ainda podendo se comunicar com outros bloggers.
***OSU!! É uma expressão que significa “certo!” ou “okay”, em japonês.
****Itadakimasu é algo que se diz antes de comer nas refeições.
***** Referência a Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas), citando a parte ainda no começo da obra.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...