História Pacific.


Escrita por: ~


Sinopse:
TaoHun || +18 pela violência e insinuações a sexo || Sehun!Centric || SatanSoo!Challenge

"Esta luta que eu não posso vencer, o homem que vocês agora estão vendo, já não mais se importa"
-- Metallica, The unforgiven.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias EXO
Personagens Sehun, Tao
Tags Berrei Com A Capa, Satansoochallenge, Sehun, Tao, Taohun, Taoxsehun
Exibições 96
Comentários 7
Palavras 631
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Pacific.
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
7
96
631

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~sebin
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~sebin
Usuário
Eu achei sua fanfic perfeita, sem mais e nem menos.

Eu adorei o jeito que você colocou e posicionou as palavras, elas deram um sentido tão... é difícil explicar, para falar a verdade.

Eu me sinto muito sufocada e desconfortável lendo esse tipo de coisa, imagino o quão ruim foi para você ter vivenciado isso. Se eu pudesse eu com toda certeza do mundo te guardaria em um potinho, ou melhor, eu tentaria te ajudar para que esse ato grotesco não acontecesse com você.

Eu me arrepiei toda com a história, por mais que ela seja curta, ela conseguiu me transmitir o que você queria. Ela me passou repulsa, nojo, vergonha e medo.

Eu acho que consigo sentir pelo menos uma pouca quantia do que você já sentiu e ainda sente, supostamente. É difícil não se comover com histórias assim. Eu também quase já fui vítima de atos semelhantes, no meu caso eu era bem pequena, uma criança e eu me lembro perfeitamente dos atos que o ser nojento me fazia cometer.
É uma lembrança muito difícil de ser apagada, eu me sinto horrível por isso até hoje, eu continuo a chorar por algo que eu não quis em momento algum e fui forçada a fazer. Não fui de fato abusada violentamente, mas ao mesmo tempo sim.
Não chegaram a fazer o ato abusivo comigo, mas o que ele me obrigava a fazer era repugnante. Lembro-me muito bem quando eu dei meu primeiro beijo, foi forçado e sufocante, eu era uma criança e não sabia de fato o que estava praticando, como se não bastasse apenas isso, isso teve que continuar por longos dias pois eu tinha medo de apanhar se contasse para algum responsável, por isso coloquei que senti medo ali em cima.

Eu me sinto humilhada, envergonhada de mim mesma e entendo perfeitamente pessoas que se sentem da mesma forma.

Confesso que meu copo inteiro está tremendo e estremecendo.

Ainda há medo, nojo. Ainda há todos os sentimentos ruins que tais atos e situações nos trazem.

Eu entendi o sentido de sua fanfic e tenho apenas a dizer que ela está ótima. Adorei sua escrita, de verdade.

Parabéns pela fanfic, espero que outras pessoas possam se conscientizar que estupro não é brincadeira e sim um crime que não é passional, não tem perdão e é um assunto sério.

Espero também que não romantizem quaisquer atos abusivos.

Até!
Postado por ~NossaChenhora
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~NossaChenhora
Usuário
Eu terminei de ler essa fanfic com os olhos embaçados de lágrimas, mas consegui segurar o choro.
Foi tão triste que chegou a tocar minha alma, acabei por ficar apaixonada por essa fanfic. Realmente Anabel, você não decepciona. Eu cheguei a ficar arrepiada!
Ler coisas assim me doem e me trazem memórias não tão boas, e você provou mais uma vez ter noção do quão grave coisas assim são. O pior é ler e identificar-se com isso, é horrível.
Sua escrita está mais uma vez impecável, seria clichê de mais eu elogia-la novamente. Não posso lhe dar os parabéns, apesar de já ser uma vitória escrever sobre algo assim, mas acho que fanfics com temas assim não merecem parabéns. Entenda esse meu lado.
Um beijo e nos vemos por ai.