História Páginas de amor { Jikook } - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 15
Palavras 1.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong
=>.<=
Espero que gostem 😊

Capítulo 2 - Quer mesmo me conhecer?


Fanfic / Fanfiction Páginas de amor { Jikook } - Capítulo 2 - Quer mesmo me conhecer?

Logo que entrei na casa dele, reparei que era bem organizada, fiquei bastante impressionado. Jimin disse que era melhor irmos conversar em seu quarto e soltou um grito para a sua omma.

- Omma, temos visita hoje! 

- Até que enfim um amigo seu aqui Jimin, quero conhecê-lo.

- Daqui à pouco vocês conversam.

Subimos as escadas e fomos direto para o quarto dele. Quando entrei no quarto não acreditei no que estava vendo, era MUITO organizado, parecia ser o cômodo mais arrumado de toda a casa, fora que Jimin tem um ótimo gosto, o quarto dele era pintado da seguinte forma : uma parede preta, outra branca, outra preta e a última branca.

Enfim, Jimin pediu que eu sentasse na cama, do seu lado e ele logo inicia o diálogo com uma frase que me fez ficar com um pouco de medo.

- Jungkook, você quer mesmo me conhecer ? A partir do momento que eu começar a falar sobre mim, deposito total confiança em você.

No momento eu não conseguia falar nada, minha voz havia desaparecido, mas logo consegui falar com a voz um pouco trêmula.

- S-Sim Jimin, eu quero ! - A partir desse momento, eu comecei a ficar mais nervoso ainda.

- Bom, e o que você quer saber primeiro ? - Ele pergunta um pouco cabisbaixo.

- Quero saber o motivo pelo qual você é muito quieto, quase não dialoga e prefere sempre ficar na sua.

- Meu appa é divorciado de minha omma, ele mudou pra outro país e eu gostava muito dele, fora que eu também detesto contato com pessoas que eu ainda não tenho intimidade, gosto mais de observar o comportamento de algumas e ver se realmente vale a pena tentar fazer amizade com ela, antigamente eu adorava ter amigos mas, a maioria traia minha confiança e acabei não querendo mais saber de fazer novas amizades... E... - Ele da uma pausa e eu fico sem entender o que estava acontecendo e fico mais curioso.

- E... ? - Pergunto quase explodindo de curiosidade.

- E... Eu sou... - Ele da outra pausa que me dá vontade de dar uma voadora nele.

- Vai Jimin, conta logo ou eu vou explodir de curiosidade aqui.

- Eu sou g-gay, pronto falei ! - Após falar isso percebo que seu rosto ficou corado e isso me deu vontade de apertar as suas bochechas super fofas. - Tá feliz agora?

- Era só isso ? Todo esse escândalo pra isso? Sério Jimin ?

- Não acha isso um bom motivo para me isolar da sociedade ? Sei muito bem que esse país é homofóbico, acha mesmo que eu poderia sair por aí contando pra qualquer um ? - Fala isso num tom um pouco arrogante mas continuava fofinho.

- Você fica muito fofinho com raiva e corado... Sabia ? - Falo isso um tanto quanto envergonhado.

Continuamos conversando, me apresentei pra ele também e também falei sobre meu appa, que teve que sair em uma viagem de trabalho. Quando ainda estávamos conversando, a omma dele entrou no quarto.

- Jimin, não vai me apresentar seu amigo ? - Ela logo Indaga.

- Omma, esse aqui é meu amigo da escola, Jungkook.

- Prazer em conhecê-la, senhora. - Digo isso um pouco tímido.

- O prazer é todo meu Jungkook... Eu preparei um lanche pra vocês, vão lá comer.

Descemos as escadas e quando chegamos lá, vi uma coisa que eu amo, TODDYNHO! Eu estava morto de fome, fazia muito tempo que eu não comia, acho que umas 3 horas. Sim, eu fiquei conversando com Jimin por mais de 2 horas !

Na escola eu tive a impressão errada sobre ele, pensei que ele era uma pessoa chata, mas não, só se isola um pouco da sociedade por ser gay e tem medo de admitir isso... Eu estou buscando passar uma outra visão de mundo para ele, sei que não vai ser nem um pouco fácil.

Quando chegamos próximos a mesa, eu puxo uma cadeira para ele que logo cora e eu solto uma risada nasal seguida de um sorriso de lado, e puxo uma cadeira pra mim ao lado da que ele estava.

Quando terminamos de comer, pego meu celular pra olhar a hora e ainda eram 15:30, tinha muito tempo para aproveitar o dia, então chamei Jimin para ir à uma sorveteria, ele aceitou.

Saímos da casa dele, e quando chegamos à sorveteria fazemos nossos pedidos e nos sentamos à uma mesa. Ficamos conversando por um tempo, nos divertimos muito. Enquanto estava tomando sorvete, Jimin se lambuzou e ficou muito fofo. Tudo nesse garoto é fofo.

Quando terminamos de tomar sorvete, Jimin se ofereceu para pagar, mas eu disse que pagaria, afinal eu que convidei ele. Ele disse que não podia aceitar isso, então ficamos discutindo por alguns minutos até que ele finalmente concordou em me deixar pagar.

Umas 17 horas fomos para nossas casas. Quando cheguei em casa apenas avisei minha omma sobre minha chegada, tomei banho e fiquei até tarde assistindo TV.

~ ( Quebra de tempo ) ~ 

Acabei de acordar aqui no sofá, devo ter pego no sono enquanto estava assistindo. Me levantei, me arrumei e, quando ia saindo de casa, vi que Jimin também estava indo para a escola, então fomos juntos.

Quando chegamos na escola fomos direto para nossa sala e, por incrível que pareça ainda não tinha ninguém ! Fiquei surpreso com isso e vou conferir se estava no horário certo e ainda eram 6:30. Então fui conversar com Jimin.

- Você sempre chega aqui essa hora? - pergunto.

- Sim, gosto de ter um tempo sozinho, por isso sempre chego cedo.

Por eu ter acordado no sofá, provavelmente estava atrasado para ir à escola, mas não!  Havia acordado cedo demais e não estava ciente disso.

Fiquei então, conversando com Jimin até que começa a chegar gente na classe. Quando a sala começa a parecer cheia, o professor aparece também.

Aulas e mais aulas passam, até que um professor resolveu fazer uma atividade em dupla. Eu olho pra Jimin meio que com esse olhar transmitindo a mensagem : "Vamos fazer juntos ?". Mas, para acabar com nossa alegria, o professor diz que ELE faria as duplas.

Então ele começa a formar as duplas até que ele fala:

- Jungkook e Park... - Nessa hora o tempo pareceu passar mais devagar, e quando volta ao normal ele termina sua frase. - Park Min-ah.

Por que a vida tinha que ser tão cruel? 


Notas Finais


Demorei mas postei !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...