História Páginas em Branco - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ana, Aventura, Cariba, Comedia, Controle, Drama, Magia, Romance, Triângulo Amoroso, Tristan, Universo Alternativo
Visualizações 27
Palavras 2.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu sumi mais volteiiii
boa leituraaa

Capítulo 13 - Baixas


Fanfic / Fanfiction Páginas em Branco - Capítulo 13 - Baixas

 Cariba sentou-se no sofá a tenção na sala era eminente, Tristan olhava a rua pela janela tentava fugir de ter que dizer qualquer coisa que fosse para a jovem que o encarava veemente. Daniel descontente com todo aquele silencio disse.

__ Já que você não tem condição de dizer agora, eu mesmo conto Tristan. Cariba a verdade é que....

__ Eu não sou humano Cari eu menti para você e para a sua irmã todo esse tempo! — Disparou.

__ QUE?! — Não era apenas Cariba que estava surpresa com as palavras de Tristan, Daniel também estava surpreso, queria entender porque Tristan estava mentindo mais uma vez para ela. Tristan olhou para trás e viu o olhar reprovador de Daniel e o olhar surpreso de Cariba, seu olhar surpreso desapareceu e deu lugar a um olhar sério.

__Cari...

__Daniel você poderia nos deixar sozinhos.

__ Claro e Tristan vamos ter uma conversa depois que você acabar aqui! — Daniel passou por ele o encarando de forma reprovável, Daniel foi para seu quarto para deixar os dois mais à-vontade. Cariba se levantou e foi até Tristan.

__ Porque você está mentindo pra mim Tristan? — Perguntou segurando sua mão, ao segurar a mão de Tristan a viu congelar levemente então a soltou.

__ Mentindo, estou te dizendo que não sou humano...

__Não é isso que eu quero dizer, Tristan porque não está me contando toda a verdade em? É obvio que eu também não sou uma humana, eu estou congelando tudo que estou tocando eu estou assustada porque venho tendo lembranças estranhas e aquele cara que me pegou que é idêntico há você me disse que você está me enganando.

__ Eu...

__ Tristan eu sempre tive uma grande admiração por você eu te amava...

__ Amava?!

__ Amava, amo isso não vem ao caso agora! Por favor não minta pra mim fale a verdade quem eu sou, quem nós somos, quem são aqueles me pegou o que é que está acontecendo e se você mentir para mim eu não sei se serei capaz de ficar ao seu lado.

__ Está bem Cari, é hora de falarmos sério. É hora de você saber quem somos de verdade mas para isso é preciso de uma pessoa.

Tristan foi até o quarto chamar Daniel assim que voltou com ele pediu que ele devolve-se as lembranças verdadeiras de Cariba para ela, seria mais fácil explicar tudo se ela tivesse suas memorias de volta. Cariba ouviu toda história em total silencio não ousou dizer nada até que tudo fosse contado.

__ Essa é a verdade Cari!

__ Cari? — Daniel a chamou já que ela tinha seu olhar parado.

__ Então todo esse tempo! Vocês estavam me manipulando? Tudo era uma mentira, eu sou uma mentira minha vida é uma mentira?! — Cariba limpou seu rosto impedindo que lagrimas escapassem de seus olhos.

__ Eu fiz isso por você, para te proteger eu precisava manter a promessa que fiz a Ana a todo custo eu...

__ Você só pensou em você, você não pensou em mim.

__ Cari eu... — Tristan tentou se aproximar de Cariba para abraça-la, mas ela o impedindo o empurrando para trás.

__ Não me toca! Eu não sei quem é você, eu tenho lembranças de você, mas eu não posso acreditar que você é a mesma pessoa que me tratava com carinho.

__ Cariba o Tristan ele...

__ E você Dan! Você também me enganou você manipulou minha mente!

__ Não Cari não faça isso, o Daniel não tem culpa alguma no que aconteceu, isso é tudo culpa minha, ele não teve escolha a não ser fazer o que eu pedi ou do contrário eu teria procurado ajuda de outra pessoa e talvez coisas piores poderiam ter acontecido. Eu assumo tudo o Daniel não tem culpa.

__ Quer saber eu odeio você Tristan você brincou comigo! Você me manipulou você me fez que eu amava você de que você me amava, eu me culpava por estar ao seu lado me culpava pela Ana! — A medida que Cariba ficava nervosa emanava de seu corpo uma atmosfera fria que começava a congelar toda a sala, irritada Cari saiu da casa correndo.

__ Cari espera!

__ NÃO VENHA ATRAS DE MIM! — Gritou batendo a porta com força.

__ Porque você fez isso Tristan a culpa não é só sua eu poderia ter te obrigado a desistir do que estava fazendo com a Cari, mas não o fiz por que no fundo eu também achava que isso era o melhor para ela.

__ Não me importo de que a culpa caia toda sobre mim, te isentando de toda culpa você pode se aproximar dela enquanto ela ainda estiver com raiva de mim e ai você vai poder cuidar dela por mim.

__ Eu vou atrás dela.

__ Não precisa, já tem alguém com ela nesse momento! — Falou Tristan vendo a mesma abraçada a Luke na rua.

Cariba encontrara Luke assim que saiu de sua casa as presas, sem perguntar qualquer coisa que fosse Luke a abraçou com força.

__Por favor se acalme Cari.

__ Luke eu preciso te contar uma coisa que talvez mude o que você sente por mim.

__ Do que está falando.

__ Luke, eu... eu não sou... eu não sou humana! Luke eu venho de um mundo chamado Alva venho de Alvalet aparentemente da tribo do gelo.

__ Então eles te contaram. — após ouvir isso, Cari se soltou de Luke o encarando.

__ Que?! Você, você por acaso já sabia?

__ Eu...

__ Luke?!

__ Sim, eu já sabia a verdade sobre você, para ser mais honesto eu fui contratado para proteger e vigiar você.

__ Você também me enganou! Você também estava brincando comigo.

__Não eu, claro que não eu nunca faria isso com ninguém e tão pouco com você. — Luke segurou em seus braços para acalma-la.

__ Nunca faria isso! O fato de morarmos um do lado do outro a mesma escola, nosso encontro aquela noite, nada foi por acaso não é, você não está só brincando comigo você estava, está brincando com o meu coração! Luke eu odeio você! — Cariba tentou se soltar mas Luke não a deixou fugir.

__ Cariba me ouça!

__NÃO QUERO! — Gritou enfurecida, ao aperta seus punhos lançou um raio de gelo em Luke que se afastou ao sentir a dor em seu ombro, o local onde Cariba acertou estava sangrando.

__Ai...

__ O que foi que eu fiz! — Cariba olhou suas mãos tremendo e saiu correndo misturando-se ao breu da cidade, Luke fora atrás mas entendia como Cariba foi capaz de se misturar com a escuridão repentina da rua.

__ CARI! CARI! CARI! — Gritava desesperado tentou localiza-la através de deus poderes que agora já estava mais forte, mas não conseguiu algo parecia bloquear seu capo de busca, entrou em contato com Kai para pedir sua ajuda e correu até a casa de Tristan o avisando do sumiço da Cariba.

__ Se alguma coisa acontecer com ela eu mato você!

__ Preciso lembra-lo de que a culpa disso tudo é sua, foi você escondeu dela quem ela era, eu só tinha a missão de protegê-la.

__ Se sua única missão era essa então porque não fez direito! — Irritou-se Tristan.

__ Pessoal! Vamos nos concentrar temos que encontrar a Cariba! — Advertiu Daniel o único que parecia completamente centrado no momento, Tristan se calou por alguns segundos na verdade estava sentindo algo diferente no ar.

__ Dan está sentindo isso!

__ Ele está aqui Tristan!

A porta da casa fora derrubada bruscamente após Kai ser jogado contra ela invadindo o espaço onde Luke, Tristan e Dan estavam.

__ Kai! — Luke o ajudou a se levantar.

__Eu tentei detê-los Luke mas acho que vou precisar de uma mãozinha!

__ Tyler!

__ Tristan te encontrei.

Tristan imediatamente direcionou um ataque há Tyler que desviou sem maiores dificuldades, Luke também o atacou mas fora em vão dois homens apareceram para lutarem também.

__ Não podemos lutar aqui Luke os civis! — Gritou Kai preocupado com a correria que se formou na rua.

__ Droga!

__ Preocupados com essas pessoas? Vocês deveriam se preocupar é com vocês!

Tyler começou a destruir todo o local machucando e matando pessoas inocentes, Luke tentou levar todos para um lugar vazio mas não conseguiu.

__ Então Tristan como se sente agora! Agora que tenho a Cariba em meu poder.

__ O que você! SOLTE ELA!

__ VENHA PEGA-LA TRISTAN VENHA PEGA-LA! — Tristan fora em direção a ele transtornado tanto que não ouviu as palavras de Daniel.

__Tristan não se aproxime ele está criando um campo de ilusão para você!

Era tarde demais, Tristan havia caído na armadilha de seu irmão, acabou sendo preso em uma rede de ilusão ali dentro Tristan via Cariba nos braços de Tyler, o mesmo a olhava desesperado.

__ Um dia você me tirou a Ana, e você me matou por dentro, e como se não basta-se você há deixou morrer. Agora eu quero que você sinta a mesma dor que eu senti.

__ Tyler pare não a machuque! Eu me rendo se isso é o que você quer. Apenas solte-a.

__ Você a ama não é?!

__ Tyler!

__ Lamento mas eu não sinto nada por ela! — Tyler cravou a espada no peito de Cariba com todo ódio possível, Tristan sentiu-se mal perdeu o ar e caiu de joelhos na frente de Tyler e do corpo imóvel de Cariba, o olhar de Tristan estava completamente sem vida! Tyler conseguiu facilmente colocar uma espada no pescoço do mesmo, a ilusão que Tristan estava vivendo se dissipou, Luke e Daniel que lutavam ali perto firam Tyler e Tristan novamente a sombras que os envolviam os mantendo fora da visão de todos agora já não existia mais.

__ TRISTAN! — Gritou Daniel desesperado vendo que o mesmo não reagia mesmo tendo uma espada parada em seu pescoço.

__ Cariba, eu a deixei morrer Caria reaja. — Luke via Tristan falar olhando o chão mas não havia ninguém ali.

__O seu fim finalmente chegou querido irmão! Mas não vou te matar aqui, mas sim diante do concelho que tanto te venera! — Ao dizer isso Tyler brando sua espadada e desapareceu com Tristan em um piscar de olhos, levando consigo seus dois homens.

__ Essa não!

__ O que foi aconteceu aqui! Como o Tristan se deixou ser vencido tão facilmente!

__ Ele parecia perdido! Provavelmente foi pego em ilusão muito forte e só pode ter a ver com a Cariba! Eu preciso ir salvar o meu amigo.

__ Dana sentimos a atmosfera tentamos vir antes mas fomos atacados onde está o Tristan? — Perguntou Pedro chegando.

__Tyler o levou para Alvalet!

__ Então vamos! — Pedro tentou abri um portal para Alva mas não conseguiu.

__ Droga o Tyler deve ter bagunçado as dimensões! — Resmungou Daniel

__ Eu sei quem pode nos ajudar, eu vou falar com ele.

__ Ótimo! Pedro você a Alice vão na frente ajudem o Tristan eu vou buscar uma pessoa que pode nos ajudar.

__ Certo!

__ E quando a você obrigada Luke!

__ Quando você encontrar quem está procurando vá para...

__ Eu já sei o eu quer dizer Luke eu irei mais uma vez obrigada conto com vocês. — Daniel desapareceu da vista de todos e com muita urgência percorreu a cidade atrás de Cariba precisava encontra-la o quanto antes, mais por mais que se esforça-se não conseguia encontrar ela em parte alguma. Pensou então que ela poderia estar em um lugar em particular, fora imediatamente para o cemitério onde tinha o tumulo falso de Ana ao chegar percebeu que o tumulo de Ana estava envolvido em uma espécie de sombra ao olhar melhor viu Cariba ali, era como se a sombra estive-se a camuflando. Embora quisesse entender como isso era possível uma vez que ela era da tribo do Gelo não permitiu-se distrair-se.

__ Cari! — Chamou a tocando.

__ Eu não quero ver você, não quero falar com ninguém.

__ Cari eu sei que o que fizemos é errado, mas não tenho tempo para isso agora.

__ Não tem tempo? Que tipo de piada é essa?

__ Cariba o Tristan só fez tudo o que fez por você porque há ama mais que própria vida. Ana o fez prometer que ele protegeria você com apropria vida dele.

__ Isso não é desculpas para ele ter feito o que fez comigo!

__ Cariba cresça! Você está com suas memorias de volta! Você sabe ai no fundo que o Tristan fez o que ele julgou ser o melhor para você, você sabe que ele te ama de verdade.

__Eu...

__ Cariba o Tristan foi capturado pelo Tyler!

__ Que?

__Ele acabou de ser levado Tyler ira matá-lo em Alvalet e expor sua cabeça perante o concelho, preciso da sua ajuda, Tristan parece ter perdido a vontade de luar ou do contrário Tyler não conseguiria ter pegado ele tão fácil como pegou.

__ Ele, vai matar o Tristan, não, isso não!

__ Você é a única que pode fazê-lo reagir pro favor Cariba me ajude a salvar o Tristan.

Continua..........


Notas Finais


Será q a Cari aceita ir salvar o Tristan??
Geeeeenteee eu estou com um novo projeto.
dem uma olhadinha sim????
https://spiritfanfics.com/historia/a-lenda-da-cupido-9858347
deem uma olhadinha bjs
comentem e me perdoem o atraso❤❤❤
😊😊😊😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...