História Pain and Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Taekook, Yoongmin
Exibições 105
Palavras 1.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá seres humaninhos! ^^
Ainda não sei o que dizer aqui!! Kkkk
Então...

Boa leitura

Capítulo 5 - Histórias


Fanfic / Fanfiction Pain and Love - Capítulo 5 - Histórias

*** - Olá Jungkook- Disse Tae rindo de sua cara- Vim lhe devolver a sua caneta..- Disse Tae estendendo a caneta azul que JungKook havia lhe emprestado a algum tempo...***

(...)

- T-Tae? O-O que faz aqui? Q-Que horas são? - Disse Kookie colocando as mãos em seus braços para esconder as marcas
- Bom, eu vim lhe devolver sua caneta, e não está tão ced...- Tae cortou sua frase quando seus olhos foram de encontro a linha do pescoço e a clavícula do garoto a sua frente, que tinha uma tentativa falha de se esconder atrás da porta...

Tae encontrava-se com a boca entreaberta, e seus olhos varriam o corpo do garoto
Só então notou alguns hematomas e feridas no rosto do mesmo - ele era mesmo desatento as coisas-

- K-Kookie... O-O que são essas marcas? O que a-aconteceu?- Tae perguntou dando um passo para frente, mas JungKook impedi-o de chegar mais perto, colocando sua mão em frente ao peito do garoto e dando um passo para trás
- N-Não aconteceu nada! TaeHyung, por favor vá embora!- Disse JungKook fechando a porta

Como em um filme clichê, antes que a porta se fechasse, Tae colocou seu pé entre ela, impedindo-a de se fechar... Logo se arrependendo do seu ato, pois o pé que colocou entre a porta era o seu pé machucado
Tae gritou de dor, e logo empurrou a porta bruscamente, fazendo JungKook o olhar assustado

- T-Tae, por que fez isso idiota!!- JungKook gritava com o menino se contorcendo no chão- Vem aqui, vamos colocar gelo nisso!!- Disse JungKook ajudando o garoto a se levantar

Logo entraram na casa e JungKook colocou o menino que chorava de dor no sofá, e foi lhe buscar gelo
TaeHyung que estava jogado no sofá, reclamando de dor a alguns minutos, logo se sentou secando as lagrimas... Não queria que JungKook pensasse que era fraco!

Ficou perdido em meio a pensamentos, sobre o porque de o garoto estar cheio de machucados, que nem notou o mesmo chegar com gelo
Despertou quando algo chocou-se contra o local dolorido

- A-Ai JungKook, cuidado... Está doendo!!- Disse Tae em meio a gemidos sôfregos
- Desculpe, mas não tenho culpa que você é idiota e colocou seu pé entre o beral da minha porta... - Disse JungKook revirando os olhos
- Desculpe! Eu só não queria que você fosse!- Disse Tae colocando a mão sobre a bolsa de gelo que estava nas mãos de JungKook

Tae estava com sua mão em cima da do menino, os dois se encaravam, deixando un silêncio pairando o local
Tae passou seus olhos pelo canto do olho do menor que estava em um tom roxo.. Desceu para sua bochecha onde se encontrava um pequeno corte... E por fim sua boca onde haviam vários cortes no canto e em seu lábio inferior...
Sem contar as marcas em um tom roxo meio avermelhado por todo o seu corpo

JungKook notando o olhar do outro em si, rapidamente se despertou e tirou sua mão debaixo da do maior e levou a sua nuca a coçando desajeitadadamente

- JungKook?- Disse Tae agora lhe encarando com uma expressão triste
- S-Sim?- Disse JungKook olhando para o chão
- Me diz, o que te aconteceu! Por favor, quem fez isso com você ?- Disse Tae retirando os cabelos do olho do menor
- Eu.. P-Porque quer saber? Que merda isso irá adiantar? V-Você não pode fazer nada!!- Disse JungKook empurrado as mãos de TaeHyung, que estavam em suas bochechas e se levantando- Já disse para me deixar em paz... Já disse para ir encher o saco dos seus amigos! Vá embora, Sr. Perfeitinh- Foi cortado por Tae
- PARA DE ME CHAMAR ASSIM!!! QUE DROGA JUNGKOOK!- Disse TaeHyung se levantando bruscamente do sofá, o que fez JungKook se assustar

Tae estava com os olhos marejados, JungKook não entendia o que havia feito
A final, TaeHyung era um dos meninos mais populares da escola, sempre rodeado de garotas e garotos que babavam ao seu pé... Ao contrário de si, que vivia isolado de todos nos cantos mais quietos da escola

TaeHyung era um jovem bonito, e JungKook mentira se dissesse que não o achava... Quase sempre se pegava encarando o garoto em meio as aulas...

Ele não era o único a dar este apelido ao mais velho... Todos o chamavam assim, afinal.. Ele era... Perfeito!

Seria coincidência ele estar naquela Ponte naquela noite?
Seria por acaso ele estar na sua casa?
Ou seria apenas a vida apenas brincando com seu emocional nada estável?
Kim TaeHyung parecia um menino doce apesar de tudo, mas, JungKook sabia, que alguma coisa estava errada... Ele mais que ninguém poderia conhecer a dor nos olhos de alguém...

Talvez TaeHyung não fosse tão perfeito quanto aparentava... Talvez ambos soubessem como é sofrer por alguém ou algo...

Saindo de seus pensamentos
JungKook sentiu uma pontada em seu peito quando viu uma lágrima escorrer pelos pequenos olhos felinos a sua frente...

- T-Tae... Por que está chorando?- Disse JungKook colocando a mão nos ombros do garoto agora ajoelhado a sua frente
- E-Eu... Não sou tão perfeito quanto pareço! Por favor.. Não me chame mais assim- Disse Tae colocando suas mãos em seu rosto

JungKook não entendia.. Mas por algum motivo desconhecido por si, ele queria saber... Lhe doia ver o garoto naquele estado

JungKook deixou o garoto soluçando no chão da sala e foi em direção a cozinha
Minutos depois, voltou com uma xícara de chá em mãos, e deu para o garoto que ainda de encontrava no chão

- Tae? - JungKook o chamou sentando a sua frente
- S-Sim- Disse Tae bebendo um gole de seu chá
- Ahn... Você... Por que está chorando? Por que você diz não ser tão perfeito quanto parece?- Disse JungKook colocando sua xícara ao seu lado

TaeHyung encarava a xícara em suas mãos... Deu um suspiro pesado e encarou JungKook com a feição séria

- JungKook, eu não gosto de falar nisso... Por favor!- Disse Tae, deixando com que uma lágrima teimosa descesse por seus olhinhos
- Tae, por favor... Se.. Se me contar o que te aconteceu- Soltou um suspiro- E-Eu conto o quiser saber sobre mim- Disse JungKook engolindo em seco e secando a lágrima do rosto do garoto a sua frente

TaeHyung suspirou mais uma vez, e então olhou para JungKook...

- Minha vida era normal, feliz, tinha amigos de verdade, e uma fa-família.. - Tae engoliu em seco- A 3 anos... Meu pai morreu em um acidente de carro, quando voltava de viagem!
Minha mãe e eu... Bom... Eu entrei em depressão, e minha mãe se entregou as drogas!!
Ela não dormia em casa, ela não comia direito.. Mas eu estava tão preocupado em tentar me matar- Disse mostrando uma cicatriz em seu braço- Que eu nem percebi que ela estava se drogando...

Eu tentava de todos os jeitos leva-la em um centro de reabilitação... Mas a mesma negava, e me agredia quando a forçava!!!
Eu... E-Eu, deveria ter a forçado, deveria ter arrastado ela até lá..- Disse TaeHyung entre lágrimas, sendo abração por JungKook- Minha mãe foi embora JungKook, eu Não sei onde ela está, nem sei se está viva!!- Tae soluçava e se derramava nos ombros do mais novo

Nunca havia contado essa história a ninguém.. Só JungKook e a boa vizinha sabiam de seu passado

O por que de ele ter contado isso a JungKook? Ele poderia responder que ele só contou por que ganharia algo em troca... Mas não era isso... Nem mesmo ele sabia!
Ele só sabia que poderia confiar no garoto... Ele queria poder confiar, e queria ter a confiança do mesmo... E se abrindo, foi uma das melhores alternativas que TaeHyung conseguiu achar

- Tae, por favor, não chore- JungKook segurava o queixo do garoto, olhando fixamente em seus olhos...
- JungKook... - Tae secou suas lágrimas, e deu um sorriso simples sem mostrar os dentes- Obrigado!- Disse Tae o abraçando

   


Notas Finais


Mais um capítulo meio bosta pra vocês... Kkk desculpem >.<

Obrigada por lerem ^^

Beijinhos, até quarta!!! :3♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...