História Pain and Love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Taekook, Yoongmin
Exibições 195
Palavras 1.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoinhas... ♡
Sério, vou pensar em algo pra escrever aqui ... Kkkkk

Boa leitura ^^

Capítulo 6 - Histórias~ 2


Fanfic / Fanfiction Pain and Love - Capítulo 6 - Histórias~ 2

- Tae, por favor, não chore- JungKook segurava o queixo do garoto, olhando fixamente em seus olhos

- Jung Kook...- Tae secou suas lágrimas e deu um sorriso simples sem mostrar os dentes- Obrigado! - Disse Tae o abraçando


(...)

Ficaram por mais alguns minutos abraçados, até TaeHyung se recuperar...
 Logo se levantaram e foram até a cozinha, onde fizeram pipoca e suco e então subiram para o quarto de JungKook para assistirem algum filme

JungKook não sabia onde seu pai estava, ou que horas voltaria... Estava com medo do homem chegar e encontrar TaeHyung! O homem não gostava de gente em sua casa quando ele não estava, e ele havia deixado isso bem claro a JungKook...

Mas JungKook sabia que ele não voltaria tão cedo, então se acalmou e voltou ao filme que assistia junto a TaeHyung, que estava com um balde de pipoca em suas pernas, levando um punhado de pipoca a sua boca enquanto seus olhos estavam vidrados a TV... Ele nem piscava
  

JungKook riu com a cena... 

Por um momento ele se sentiu feliz, suas preocupações pareciam ter sumido. Ele não se importava com nada, a não ser com o o projeto de criança ao seu lado

Quando JungKook começou a prestar a atenção no filme que passava, ele sentiu as mãos de TaeHyung o puxarem para trás fazendo com que ele deitasse sua cabeça nas pernas grossas do garoto.

Por um momento ele pensou em se levantar e contestar sobre essa intimidade em que estavam, mas, o carinho em seu cabelo estava tão gostoso que ele se entregou as carícias do outro e voltou a sua atenção a tela grande a sua frente, mas não antes de ver um sorrisinho brotar nos lábios de TaeHyung  

...

Passaram se alguns minutos, ou horas, JungKook não sabia exatamente, havia perdido a noção do tempo. Já estava a noite.  As carícias estavam tão gostosas que ele nem percebeu o momento em que apagou.  Mas dessa vez ele dormiu como nunca havia dormindo antes, ele dormiu despreocupado, era calmo, era gostoso, ele dormiu nos braços do Kim, sentindo seu calor, seu carinho... Era reconfortante

Ao olhar para cima, pode ver que o garoto havia se rendido ao sono também, ele ainda se encontrava sentado com a cabeça levemente caída para o lado. JungKook ficou com dó de o deixar assim, isso iria doer depois! Mas ele estava muito fofo tinha que admitir... Os cabelos levemente bagunçados, um bico extremamente fofo nos lábios, os olhinhos apertados como se estivesse sonhando com algo... Fofo, muito Fofo!

JungKook então resolveu parar de o encarar e se levantou, devagar para que não acordasse o garoto, e o deitou direito na cama para que não ficasse com dores depois. Ele estava prestes a sair do quarto, mas logo se arrependeu de ter feito isso... 

 JungKook mal se pôs de pé e sentiu uma grande dor invadir seu corpo...       
 Suas costelas doiam, suas pernas queimavam, sem contar que quase não enxergava de um olho, pois o mesmo estava roxo e inchado....

Ele não estava sentido isso tudo antes..  A presença de TaeHyung foi tão chocante que o mesmo havia se esquecido das dores fortes que sentia
 Importou-se tanto em ajudar o outro que esqueceu de que ele é quem precisava de ajuda...

JungKook sentiu falta de ar e tentou se apoiar no criado mudo ao lado da sua cama, mas deixou cair o copo de vidro no chão o que fez o Kim acordar assustado
 Tae rapidamente levantou de onde estava deitado e foi correndo ao encontro do garoto de joelhos no chão

- JungKook!- TaeHyung gritou segurando os braços do menino e ajudando-o a se levantar- O que aconteceu? Você está bem?- Disse Tae com uma das mãos em sua bochecha
- N-Não... M-Meu corpo... Dói!!- JungKook disse pausadamente e em um sussurro

- Vamos te levar ao médico! Agora!!- TaeHyung disse pegando JungKook no colo


(....)

Minutos depois chegaram ao hospital que não era tão longe assim da casa do garoto... TaeHyung ganharia umas 3 multas por ultrapassar os sinais vermelhos, mas valia a pena

~Horas depois~

JungKook já estava em seu quarto e já havia feito exames de raio x e coleta de sangue
 TaeHyung esperava ansiosamente sentado no banco da sala de espera, por um médico que viesse lhe dizer que JungKook passava bem e que voltaria pra casa

- Responsáveis por Jeon JungKook!?- Disse um homem alto de jaleco branco
- S-Sou eu... Como ele está doutor- Perguntou Tae se aproximando do homem
- Ele teve uma leve torção no pulso, mas já o medicamos e colocamos uma tala.  Creio que se recuperará rápido. 

Tae suspirou aliviado e sorriu para o médico

- Ele está com muitos hematomas... Pode me dizer o que aconteceu com ele?- Disse o médico tirando seus óculos e olhando para Tae

Tae ficou estático... Realmente não sabia o que havia acontecido ao garoto, ele havia prometido contar a Tae, mas o mesmo acabou esquecendo...
 Então o menino inventou algo, e esperava que desse certo... Ele só queria ver JungKook

- E-Ele caiu da escada!- Disse Tae entrelaçando seus próprios dedos e mordendo o lábio inferior
- Hm... Tudo bem! Diga a ele para ter mais cuidado... Pode ir vê-lo se quiser, o quarto dele é o 103

TaeHyung agradeceu ao médico e se pôs a correr em direção ao quarto onde JungKook se encontrava

Tae deu leves batidas na porta e ouviu um "entre" baixo e rouco do outro lado da porta

- JungKook?- Disse Tae colocando sua cabeça para dentro da sala
- Tae! Entre- Disse JungKook lhe lançando um sorriso

Tae adentrou o quarto e viu o menor deitado em uma cama, com umas ataduras em seu tórax, um gesso em seu braço esquerdo e uma gaze pregada ao seu olho machucado, e alguns fios de soro em seu braço

- Hey pequeno, como está?- Disse Tae se sentando na beirada da cama de JungKook
- Estou melhor, mas, um pouco cansado!- Disse sorrindo fraco
- JungKook... Agora é sério, quero que me conte o que aconteceu... Depois que contar, eu o deixo descansar- Disse Tae o olhando sério e apoiando uma das mãos nas coxas do menor

JungKook suspirou e fechou seus olhos... Respirou fundo e pronunciou-se

- M-Meu pai! - JungKook disse abrindo os olhos
- Seu pai? E-Ele... Ele fez isso com você?- Disse Tae com a boca aberta  
- S-Sim! - JungKook abaixou a cabeça
- Por que você não toma nenhuma providência? Por que não prendeu esse homem JungKook? - Tae gritou apertando a coxa do garoto
- A-Ai Tae, está doendo! - Disse JungKook levando sua mão ao local afetado
- M-Me desculpe eu... Eu não queria... Ah!- Tae suspirou sentando-se na cama- JungKook... Você não pode mais ficar naquela casa!-
- O Que?- Perguntou JungKook sentando com dificuldade na cama
- Quando você receber alta, você vai pra casa comigo, e vamos denunciar o seu pai!- TaeHyung disse apertando as mãos de JungKook

Tae se aproximou do rosto do garoto que apenas arregalou um pouco seus olhos
- Vai ficar tudo bem... Kookie! - Disse Tae dando um beijo na testa de JungKook e se afastando minimamente do rosto do mesmo 
- O-Obrigado Tae!- Disse o garoto  corado e com um sorriso  no rosto


Notas Finais


Hahaha, consegui atualizar mais cedo!!!
Espero que gostem... ^^

Comentem o que acharam e se estão gostando da fic. Sugestões são bem vindas!

Beijinhos :3
Agora sim, até quarta!! >.<
♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...