História Pain, o cafetão - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Sasori, Zetsu
Tags Akatsuki, Bordel, Cafetão
Visualizações 25
Palavras 1.685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - A verdade


Itachi pov'on

Estava com uma ressaca de merda por conta da noitada no bordel e ainda teria que enfrentar a dona Mikoto pois ela estava vindo em casa para visitar o Haruki mas tudo o que ela vai encontrar sou eu.

Como eu disse ela estava chegando então tentei disfarçar o máximo possível minha ressaca, tomei um banho e me arrumei em seguida me joguei no sofá esperando ela. Fechei os olhos por um tempo e em tudo o que eu conseguia pensar era na Mada e em como eu explicaria tudo isso pra minha mãe. Senti um toque no meu rosto e abri os olhos e vi ela sorrindo pra mim.

Itachi: Oi mãe...-me sentei no sofá.

Mikoto: Oi querido, como vai? Onde está meu neto e a mãe dele? Estou com muita saudades! -ela estava muito animada.

Itachi: Eles não estão aqui...

Mikoto: Ah que pena! Onde eles foram?

Itachi: Embora...-ela me olhou confusa.

Mikoto: Como assim Itachi?

Itachi: Mãe é complicado...

Mikoto: Explica filho! -respirei fundo.

Itachi: Eu menti. Desde o começo...Eu não trabalhava numa grande empresa de administração e sim num bordel. -ela arregalou os olhos.

Mikoto: Garoto filho da...-ela parecia com muita raiva.

Itachi: Antes de soltar os cachorros escute...Eu trabalhei na administração do bordel e numa noite eu fiu pra balada e eu assediei uma garota; a Mada. Eu beijei ela enquanto estava bêbado e ela socou a minha cara. -ela riu. -O meu amigo conheceu a melhor amiga dela e marcou um encontro duplo, ela odiou quando me viu lá...Ela estava linda mãe, e eu senti a necessidade de pedir desculpas pra ela. -parei um pouco e as memórias vieram a minha cabeça.

Mikoto: Continue! -ela se sentou do meu lado.

Itachi: Nós nos desculpamos um com outro e passamos a ser amigos, nós tivemos uma noite incrível e de manhã eu disse que estava apaixonado. Então a Misa descobriu que nós trabalhávamos num bordel e chegou fazendo um escândalo e a Mada me jogou pra fora da vida dela. Eu insisti todos os dias e tomei uma decisão, arrumei um bom emprego e comprei esta casa. Tudo por ela...-deixei uma lágrima escapar. -E-então um dia ela simplesmente apareceu por aqui e nós acertamos tudo.

Mikoto: Então o casamento...Era falso? -assenti. -Então era isso? A farsa acabou quando eu fui viajar com seu pai?

Itachi: A farsa tinha acabado depois que vocês se conheceram e nós passamos a ser mesmo aquele casal...Mas agora acabou.

Mikoto: Por que? Eu não entendo, ela parecia mesmo te amar.

Itachi: E-eu voltei no bordel na semana passada e eu cometi o erro de deixar uma garota me beijar e a Mada viu...Ela saiu chorando e eu fiquei...eu devia ter ido atrás dela. Mas aí eu resolvi beber com uma das garotas e acabei transado com ela e mandaram fotos pra Mada. Quando eu cheguei aqui a amiga dela tinha levado o Haruki e as coisas deles embora e ela ficou pra dizer o que eu merecia...-deixei mais lágrimas caírem.

Mikoto: Garoto idiota! -ela me deu um tapa no braço. -Como você pôde Itachi?

Itachi: Mãe eu fiu um idiota e agora eu não posso ver meu filho...-ela me abraçou.

Mikoto: Eu odeio te ver sofrer, apesar de todas essas mentiras eu não quero te ver desse modo...

Itachi: O que eu vou fazer?

Mikoto: Eu não sei...Você realmente ama ela? -assenti. -Você sabe onde ela está?

Itachi: Na casa dela eu acho...

Mikoto: Me dá o endereço, eu vou conversar com ela. -passei o endereço pra ela. -Vai lavar esse rosto, nós vamos pra lá.

Itachi: Ela não quer me ver!

Mikoto: Mas vai ver querendo ou não, agora vai porque eu estou mandando.

Me levantei e fui para o banheiro lavei o meu rosto e me olhei por alguns segundos no espelho e então sequei meu rosto, fui para meu quarto e coloquei um sapato e voltei pra sala.

Mikoto: Vamos!

Nós fomos com o carro dela até Konoha e fomos para a casa da Mada, assim que chegamos ela apertou várias vezes a campainha e ela abriu a porta.

Mikoto: Oi querida! -minha mãe sorriu.

Mada: Oi Miko...-ela me ignorou.

Mikoto: Podemos ver o Haru?

Mada: Ele não...

Mikoto: Mada o que é isso? Ele é o pai! Apesar de ser um idiota ele merece cuidar e amar o filho...

Mada: Ok! Entrem...-nós entramos. -Ele está no quarto em frente ao meu!

Mikoto: Vai lá filho, eu já vou...

Segui para o quarto e vi o Haru no berço enterdido com os brinquedos que rodavam a cima dele.

Itachi: Oi pequeno...-peguei-o no colo. -Senti sua falta.

Brinquei por um longo tempo com ele até minha mãe vir até nós e pega-lo de mim.

Mikoto: Oi príncipe da vovó! -ela sorriu. -Ela quer falar com você Itachi...-assenti.

Fui para a sala a procura de Mada e não a vi, então fui para o quarto e lá estava ela.

Itachi: Você me chamou? -ela assentiu.

Mada: Você pode vir pegar o Haru nos fins de semana.

Itachi: Obrigado...-ela iria sair para fora do quarto mas eu a puxei. -Mada vamos conversar. -a mesma me encarou com raiva. -Por favor? -suspirou.

Mada: Não tenho escolha não é? -assenti. -Começa...

Itachi: Primeiro eu quero me desculpar por te fazer mentir, e por te fazer sofrer.

Mada: Só que tem coisas que não são desculpadas facilmente!

Itachi: Com o tempo eu espero que me perdoe sinceramente, sei que agora isso é impossível mas pelo Haru vamos ter pelo menos uma convivência agradável?

Mada: Por ele...-ela pareceu concordar. -Agora me solta!

Itachi: Só mais uma coisa...-empurrei ela contra a porta. -Me desculpe por ser um fraco e idiota. Mas eu te amo mesmo e nada vai mudar isso. -beijei-a e a mesma tentou me empurrar mas eu não parei até que ela retribuisse.

Mada: P-pare! -vi ela fazer uma careta de dor. -Aí! -ela iria cair mas eu segurei.

Itachi: O que houve?

Mada: Meu peito...

Itachi: Mãe! Vem aqui rápido...-chamei e vi a Mada apagar. -Mãe! -gritei.

Mikoto: O que? O que você fez Itachi?

Itachi: Eu nada, liga pra uma ambulância rápido!

Ela saiu correndo e eu peguei a Mada no colo e coloquei na cama e logo minha mãe veio até mim, dizendo que a ambulância estava a caminho; assim que a pequena equipe chegou e a colocou na maca pedi a minha mãe que ficasse com o Haruki que eu acompanharia a Mada até o hospital e assim fiz.

Assim que chegamos ela já foi emcaminhada pra o atendimento e eu fiquei aguardando na recepção, até a médica responsável me chamar.

Sakura: Itachi Uchiha? -fui até a rosada.

Itachi: Sou eu! Como a Mada está?

Sakura: Bem melhor agora que foi medicada! Ela teve fortes dores no peito e por conta disso teve um desmaio.

Itachi: Eu posso vê-la?

Sakura: Sim, mas recomendo que não à estresse. -assenti. -Me siga.

Segui a rosada até o quarto em que eela estava e vi que a mesma já parecia estar bem melhor.

Sakura: Trouxe seu marido...-a rosada falou meiga e sorridente totalmente o contrário da Mada.

Mada: Ele não é meu marido, ele não deveria estar aqui!

Sakura: Sim ele deveria, porque tenho umas coisas pra dizer. Você está proibida de ficar sozinha!

Mada: Por que?

Sakura: Se acontecer isso de novo e ninguém estiver por perto você pode morrer, então não fique sozinha mais. E evite o estress e emoções fortes demais.

Mada: Mais alguma coisa?

Sakura: Evite fazer qualquer esforço desnecessário, e sexo está proibido nesse mês.

Mada: Ok!

Sakura: Era só isso, eu tenho que prescrever sua receita e assinar a alta. Com licença...-ela se retirou.

Itachi: Você está melhor?

Mada: Sim! O Haru...

Itachi: Está com a avó! -me sentei ao lado dela. -Você não pode ficar sozinha. O que vai fazer a respeito?

Mada: Não sei...

Itachi: Quer voltar pra casa? -ela me olhou atravessado. -Não estou te dizendo pra ficar comigo! Só não quero te encontrar morta porque estava sozinha.

Mada: Você mora longe de Konoha, não é bom ficar longe do hospital.

Itachi: Ok, então fique com a Misa.

Mada: Acha mesmo que eu vou ir estragar a vida dela com o Deidara? -ela revirou os olhos.

Itachi: Vou pedir pro Sasuke ir morar com você, ele gosta de você e do Haru então não vai ser nenhum sacrifício.

Mada: E se ele não aceitar?

Itachi: Você vai ter que me aguentar porque eu vou morar com você, querendo ou não! -ela ficou pensativa.

Mada: Ok...Vou aceitar porque parece que eu não vou durar muito tempo. Quero que cuide do Haru bem, e se arrumar uma louca que te queira não deixe que trate ele mal.

Itachi: Por que está dizendo essas coisas? Você vai se recuperar...Não vai?

Mada: Eu já não sei mais se isso vai ser possível...

(...)

Levei a Mada pra casa e pedi a minha mãe que ficasse com ela para que eu pudesse conversar com o Sasuke, assim que cheguei na casa dos meus pais vi que ele estava acompanhado de uma garota ruiva.

Itachi: Vamos conversar! -fui para o quarto dele.

Sasuke: O que foi?

Itachi: Preciso que tome conta da Mada pra mim! Não me faça perguntas agora, só arrume suas coisas.

Sasuke: Ok, mas me explique tudo depois. -ele pegou uma mala.

-O que eu levo?

Itachi: Suas roupas e coisas que gosta.

Ele começou a colocar várias coisas na mala e logo terminou de guardar as coisas, então ele dispensou a ruiva e nós fomos para casa da Mada, como ela estava descansando eu mesmo tratei de acomodar o Sasuke no quarto de hóspedes.

Itachi: Agora senta que vou explicar tudo. -ele sentou e eu falei tudo o que estava acontecendo.

Sasuke: Porra Itachi! O que você tem na cabeça?

Itachi: Parece que nem tenho uma ultimamente. Mas eu realmente preciso que tome conta dela Sasuke. Me ligue todos os dias pra me falar como ela está e por favor não traga mulher pra cá.

Sasuke: Existe uma coisa chamada motel Itachi! -ele revirou os olhos. -Não se preocupe eu vou ser o melhor enfermeiro e babá que você verá. -ele ironizou.

Itachi: Obrigado.

(...)

Depois de muita conversa com o Sasuke e com minha mãe eu fui para casa, o dia foi cansativo mesmo. Em pensar que vai ser assim por um bom tempo me dá vontade de dormir e acordar só quando tudo isso "acabar" realmente.

Itachi pov'off


Notas Finais


Esse arco da Mada e do Itachi tá ó uma bosta kkkkk
Logo tem mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...