História PAIN,SUFFERING,FEAR AND LOVE {imagine Tae} - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park, Monsta X
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Ki Hyun, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Monsta X, Romance, Tae
Visualizações 28
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores ❤️

Capítulo 16 - Game Over


Fanfic / Fanfiction PAIN,SUFFERING,FEAR AND LOVE {imagine Tae} - Capítulo 16 - Game Over

Deixei meus pensamentos de lado e subi para o quarto, achar a roupa ideal pra mim é praticamente quase impossível, em questão de estilo, eu sou bipolar, um dia com estilo mais dark e outro com estilo mais fofo, as vezes eu mesma não me entendo, revirei os olhos e abri a porta do guarda-roupa, escolhi um vestido preto meio curto, depois que escolhi tudo, fui tomar um banho.


Me vesti, coloquei um tênis branco e liguei para as meninas


~Quebra de tempo

Parecíamos nove loucas perdidas no shopping, miok não parava de tirar foto, eu praticamente obrigava as meninas a entrarem nas lojas de game

Tehyun: Eu vou te bater S/N, vamos sair daqui

(S/N): DEIXA EU COMPRAR SÓ MAIS UM JOGO PELO O AMOR DE DEUS

Tehyun: Vamos logo S/N

(S/N): Tá bom, chata


Paguei os jogos e fomos para onde todas queriam ir (menos eu), comprar roupas, eu não nasci para comprar roupas, deixei as meninas escolherem minhas roupas e fui dar uma volta, de tantas e tantas voltas, acabei na biblioteca, por mais que tentasse, a maioria dos livros eram romance


(S/N): Merda


Eu meio que tenho um certo rancor por livros de romance, são tão... clichês, alguns são bons, mas a maioria eu não gosto, fiquei andando de um lado pro outro até q tropeço em alguém, olhei para cima, e para meu grandioso azar, era o Jay Park, resolvi falar nada, apenas seguir em frente, mas o filho da puta pegou meu braço


Jay Park: Ei, desculpa por hoje, as vezes faço coisas sem pensar

(S/N): Hm, é bom você pensar no que fala, agora me solta

Jay Park: Você me desculpa?

(S/N): Não, agora me solta !

Ele apenas me soltou e eu fui procurar as meninas.

Depois de muito tempo consegui achar elas

Yang: Aonde você tava menina ?

(S/N): Tava na biblioteca

Sofia: A gente tava te procurando

Yewon: Sim

(S/N): Eu também estava procurando vocês

Tehyun: Gente vamos pra casa, tô muito cansada e hoje de noite vou sair com o Kihyun

Say: Uau bebê

(S/N): Arrasa

~Quebra de tempo

Já era 9 horas da noite e os meninos ainda não tinham chegado da BigHit, eu estava preocupação, eles deviam estar muito cansados, desci pra jantar com a Lay e Sofia

Lay: Nossa eu tô com fome

Sofia: Eu também

(S/N): Vocês que vão preparar a comida, se quiserem manter essa casa segura e sem chamas

Lay: Tô com preguiça de fazer comida

Sofia: Eu também, acho melhor pedir pizza

Lay: Também acho

Pedimos a pizza e esperamos chegar, enquanto isso, peguei meu celular e liguei para o Tae

~

(S/N): Oi

Tae: Oi amor, a gente tá chegando

(S/N): Ah que bom!

Tae: Tenho que ir agora, até daqui a pouco

(S/N): Bye

~

 

Subi para o meu quarto para pegar os jogos que eu tinha comprado, assim que peguei conferi todos para ver se eu não tinha esquecido nenhum, vi que todos estavam ali, olhei para o lada e vi a mala que eu trouxe para cá quando fuji de casa, alguns dos meus pertences ainda estavam nela, tirei tudo e coloquei no guarda-roupa, mas uma coisa me deixou caótica, observei que tinha um bilhete no fundo da mala, peguei e li


"Nós só queremos vingança, acredite, não somos nós os culpados disto, sinto muito, mas o que foi feito não tem mais volta.

Ass: Z "

(S/N): Z? Quem seria esta pessoa ? O que aconteceu?

Milhares de coisas se passaram pela minha cabeça, mas cheguei a conclusão que o Z talvez seria o homem de máscara que me perseguia


A minha cabeça não estava suportando essas coisas, tudo era mistério, ninguém entendia praticamente nada


Balancei minha cabeça negativamente, respirei fundo, peguei os jogos e fui para sala, os meninas haviam chegado, todos estavam exaustos


(S/N): Oie

Hope: Oi S/N, alguma novidade ?

Pensei muito bem se iria falar ou não sobre a "carta", resolvi não falar, eu já tinha metido meus amigos em muita coisa, eu pensei que conseguiria resolver minhas próprias coisas sozinha, eu era um pouco orgulhosa, mas na realidade, eu estava preocupada com eles.



Sofia: Ei! S/N? Terra chamando

(S/N): Ah, esteva pensando em algo

Lay: Eu tô com muita dor de cabeça, que saco !

Nam: Vem tomar remédio

P.O.V Lay

Fui para cozinha com o Nam, além de dor de cabeça,eu estava preocupada, pois uma menina havia comentado uma coisa na foto que postei com o Namjoon

Nam: Toma, vê se fica melhor logo

Lay: Vou ficar, Nam...Posso te perguntar algo ?

Nam: Claro

Lay: Você sempre vai me amar né, e se vocês fizerem sucesso, você não vai me esquecer né ?

K

Nam: Que pergunta boba Lay! Lógico que eu sempre vou te amar, você é muito especial pra mim, e tu sabe disso


Lay: Verdade, eu te amo muito

Nam: Também



Ele se aproximou de mim e me deu um beijo calmo, com certeza, eu amei o homem certo, o Nam sempre estava ao meu lado, não importa a ocasião, ele sempre me apoiava

Boa

Voltamos para sala onde estavam todos jogando com a S/N, sentei no meio de todo mundo e também comecei a jogar

P.O.V S/N


Estávamos todos jogando, era bom um tempinho pra descontrair, esquecer os problemas, ver todos felizes era a melhor coisa do mundo


~ Quebra de tempo





P.O.V "Z" (o homem de máscara)




Ruas escuras, uma faca ensanguentada na mão e a procura de uma nova vítima, eu caminhava ao som de Skyfall, meu rosto estava com manchas de sangue, mas que não era meu, nas ruas de Daegu, procurava a minha última vítima...Ou melhor, a última vítima que ajudou o acontecimento da morte da minha filha




Assim que cheguei na maldita casa, apertei a campainha e esperei a vítima abrir a porta, demorou uns 4 minutos, quando finalmente escutei passos, peguei a faca e me posicionei



This is the end

Hold your breath and count to ten

Feel the earth move and then

Hear my heart burst again

Peguei um pano pequeno e coloquei clorofórmio nele

For this is the end I've drowned and dreamt this moment

So overdue, I owe them Swept away, I'm stolen



Brenda abriu a porta e na mesma hora coloquei o pano em seu rosto, em poucos segundos ela desmaiou, coloquei ela no chão da sala e amarrei suas pernas e mãos




Depois de um tempo ela acordou, estava apavorada, eu me alimentava por medo

Brenda: SOCOR...

Z: Xiu, calma Brenda

Brenda: Quem é você!

Z: Você já esqueceu de mim ?

Brenda: Não pode ser, você morreu seu desgraçado

Z: Eu não morri, mas você vai morrer, mas antes eu quero perguntar uma coisa...Quem foi que matou a minha filha? Eu sei que você estava no meio desse plano, mas quem foi? QUEM FOI QUE MATOU ELA ?!

Brenda: EU! E agora você vai fazer o que ?


(Autora: Se você não gosta de violência e tortura, recomendo você não ler esta parte, eu avisarei quando acabar)

Sem responder a pergunta dela, peguei a lâmina que estava no meu bolso e me aproximei dela, amarrei um pano na sua boca, não queria ser atrapalhado por ninguém



Ela chorava apavorada, mas deveria ter pensado no que fez no passado, deveria ter pensado muito bem



Let the sky fall

When it crumbles

We will stand tall

And face it all

Together Let the sky fall

When it crumbles

We will stand tall

And face it all together

At skyfall




Passei a lâmina devagar pelo seu rosto, o sangue escorria junto com as suas lágrimas, peguei um objeto pontiagudo e levei ele até seu abdômen, girei o objeto lentamente mas com uma certa força, arranquei gritos da boca dela, pressionei com mais forte e girei mais rápido, tirei o objeto de uma vez, fazendo sair um jato de sangue, ela ainda estava viva, mas estava me implorando para eu matá-la de uma vez




Z: Game over

Sussurrei as últimas palavras, e logo em seguida peguei minha Taurus RT44 e atirei na sua cabeça

(Autora: Acaba aqui!)


Olhei o seu corpo pela última vez

Z: Agora o seu filho e aquela menina idiota serão as próximas vítimas


Notas Finais


Desculpinha pelos erros
Espero que tenham gostado ❤️^_^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...