História Paixão - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara)
Visualizações 8
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lírica, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Queridos leitores, venha pedir desculpas antecipadamente, por que vou demorar uns dias amais para postar outro capítulo, e por esse está um pouco genérico mas estou encerrando outra fic, e está difícil dá a devida atenção às duas.
Perdoe-me e me esperem não vai demorar muito.

Capítulo 30 - Perdão


Fanfic / Fanfiction Paixão - Capítulo 30 - Perdão

SAKURA
__Mãe como eu vou resistir?
__Sei não ele muito fofo, e aqueles olhos verdes apaixonados , da até calor.....
__Mãe a senhora tem que me ajudar?
__Faça sua cama no quarto do bebê.
__Sair do meu quarto, não posso, qualquer coisa que fazemos gera suspeita no povo, ele seria visto como um governante frouxo, se não consegue ser respeitado pela esposa, quem irá teme-lo.
__Como? Vocês não podem nem brigar?
__Não. Não podemos temos que sorrir e fingir que somos extremamente felizes.....
__Tô com pena do meu filhinho agora, isso não é vida.....
__Não é fácil, mas ele é perfeito nisso também. Mãe o conselho?
__Arranje um saco de dormir, e deite no chão, vai partir o coração dele, mas ele vai se jogar ao seus pés pedindo perdão, quando seu pai brigava comigo, eu ia pro sofá que era péssimo, e ele vinha correndo.
__Ele vai me beijar, e vou me entregar....
__Filha para, não tem como vocês nasceram um pro outro.
__Mãe....
__Só tem uma coisa a se fazer diga a ele que quer namorar, começar tudo do começo.... vocês queimaram etapas, talvez o único jeito de não se entregar ao primeiro toque seja ir devagar.
__Tá isso, quem sabe dê certo.
Papai fez uma comida maravilhosa estou morrendo de saudades do meu bebê, o leite começa a vazar eu corro no quarto Gaara vem atrás de mim. Eu não percebi, tirei a blusa e o sutiã, começo a esvaziar o peito, mas estão muito cheios, quase não consigo. Sinto os braços de Gaara ao redor da minha cintura, pequenos redemoinhos de vento quente, vão aquecendo os meus seios e o leite começa a sair.
__Gaara....
__Sou seu marido Sakura......
 Ele me beija a bochecha e sai do banheiro.
Maldita perfeição.
Me seco, me enrolo em uma toalha, sei que ele está parado ali do lado do banheiro, eu saio.
__Não vamos fingir, que a cena que que gostaríamos que  tivesse acontecido não está em nossas cabeças......
__Nem se eu quisesse eu conseguiria.....
__Gaara eu estou magoada e decepcionada, mas não dá pra negar o que sentimos um pelo outro.....
__O que vai me dizer, Sakura....
__Quero recomeçar Gaara, fazer o que não fizemos, sair quero que reconquiste minha admiração, por que meu amor é seu, meu corpo te pertence, então.......
__Faço qualquer coisa para ter você meu amor...
__Não fale isso, me dá calafrios....
__Me desculpe, eu aceito..... preciso falar com Tsunade ainda hoje, volto logo.

GAARA
Vou em direção ao escritório de Tsunade,  as pessoas me olham com medo, eu de fato não me importo, devo desculpas aqueles que confiaram em mim, e começo por Tsunade.
__Gaara finalmente apareceu..... Eu não imaginei me sentir tão tola e desprotegida.....
__Sinto muito por isso fiquei muito obcecado com o colecionador e pra pessoas como eu isso não é nada bom. Não vai se repetir.
__Me seja sincero Gaara, se algo ocorrer a Sakura e seu filho, devemos esperar o pior?
__Sim devem, se eu fosse você fortaleceria a aldeia, Sakura e os nossos filhos são meu ponto de desequilíbrio, prometo  não matar inocentes no meu caminho.
__Filhos?
__Três crianças adotivas duas meninas e um menino que chega em breve.
__Uau descobriu o amor paterno.
__Parece que sim.
__O que faço com o Uchiha?
__Deixe como está, ele é bom com os fronteiriços tem um trabalho excelente, e de fato está investindo no futuro do povo.
__ Ele me ameaçou.....
__E subornou, eu sei. Fui eu que mandei.
__E você diz isso com essa calma?
__Não estou podendo mentir.
__ Você é um cretino....
__Só isso, pensei que tentaria veneno , explosivos, algo do tipo.....
__É o único aliado que eu tenho, o melhor que há, depois do que fez haverá filas de pessoas querendo um novo aliado.
__Não pretendo ter novos aliados
__Por quê?
__Já tenho trabalho de mais. Se eu aparecer lá em casa e disser a Sakura que eu arrumei mais trabalho ela me mata.
__Estão desse jeito?
__Se você se refere a rastejar implorando perdão, a minha adorada esposa, sim estamos desse jeito.
__Caraca você é incrível, quando é assim é letal.
__Já me disseram isso, mas eu prefiro   na boca da minha esposa.
__Legal.
__Se estamos acertados eu tenho que ir à outros lugares.
__Estamos Gaara.

Aonde vou primeiro, Naruto ou Sasuke, melhor Sasuke primeiro.

Chego a casa da Ino e bato na porta, ela me abre a porta meio receiosa.
__É bom saber que te assustei o suficiente, para que fique calada.
__Você está se saindo incrivelmente bem, se queria arrumar novos inimigos.
__E esse inimigo seria você Uchiha?
__Não, eu já tive muitas crises de burrice, mas ser seu inimigo não é uma que vou cometer.
__O que pretende agora que está livre de mim ?
__Por enquanto, fica como está.
__Então ainda somos aliados improváveis?
__Sim .Tsunade, não tem condições de manter isso aqui seguro sozinha...
__Está se tornando um bom homem Sasuke?
__ Não conte a ninguém.
__Até um dia.
A coisa com o Naruto vai ser duro, mas eu preciso me responsabilizar pelo que fiz. Bato na porta dele e quem abre é Hinata, que fica tão vermelha de me ver que eu acho que vai ter um ataque.
__Olá Hinata o Naruto está?
__Sim pode entrar.
Pobre menina é tímida de mais, eu entro.
__Ele está na cozinha.
Vou até lá, ele me olha sério.
__Antes de qualquer coisa irmão me perdoe, eu deveria ter vindo aqui, e pedido ajuda.....
__Você mentiu....
__Sim e não foi justo,  sou um irmão muito ruim, e um ser humano péssimo.
__É mesmo babaca.
__Me perdoa Naruto.
__Você está bem agora?
__Eu estou muito longe de ficar bem.....mas não posso me dar ao trabalho de ficar de boa me curando, Você tem que se preparar, é o que te espera quando se tornar Hokage, trabalho duro , espero que você tenha mais sorte que eu, e que seu povo não seja um bando de traidores filhos da puta.
Naruto me olha fazendo careta.
__É Naruto o meu povo, é dose e eu nem bebo, e o pior é que eu faço tudo por eles.......
__Você está triste?
__Vou dormir no chão vários dias apesar da casa inteira ser minha, todos vão me olhar como um monstro, não sei nem se me importo..... E tem mais....
__Mais o quê?
__Shukako, não sei o que fazer por isso vim aqui. Eu vou ter que decidir o futuro da minha Biju. Se ela vive ou morre.
__Ce tá louco?
__Eu não sei se consigo deixar morrer, se consigo selar ela no meu filho, eu estou a deriva nesse momento.
__Caramba é uma atrás da outra?
__Sim, mas quando surto e faço merda ninguém entende.
__Caramba, eu não tinha parado pra pensar nas vidas......
__Ninguém pensa, acham que é glamour, mas de fato é um inferno.


Notas Finais


E aí gente, o que acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...