História All you need is love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Violetta
Tags Drama, Romance
Exibições 16
Palavras 467
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Genteeee me perdoem pelo atraso do capítulo, pois eu estava muito ocupada com trabalhos e excursões escolares, então aqui vai o capítulo 2

Espero que gostem, pois agora fica mais emocionante <3 <3

P.S.: esse capítulo teve uma ajudinha da @alice3003

Capítulo 2 - Perseguição sem fim


Fanfic / Fanfiction All you need is love - Capítulo 2 - Perseguição sem fim

Perseguição sem fim- capítulo 2

 

                          Jorge

 

         Cheguei da academia e a primeira coisa que fiz foi ligar para Tini, mas ela anda um pouco estranha, distante de sua própria realidade. Parece desfocada nas coisas que realmente importavam para ela a tempos a atrás.

  

                           Tini

 

      Com todo o ocorrido, com o menino misterioso, dos olhos claros que fazem qualquer um se perder lá dentro, cabelo desajeitado, acabei me distanciando um pouco do Jorge, e me sinto culpada por isso. Já faz uns três dias que nem nos falamos direito. O mesmo menino está sendo um grande problema, mesmo sem o Jorge saber de sua existência. Inclusive hoje de manhã, quando desci para tomar café, descemos no mesmo elevador. Mas não para por aí. O "pior" aconteceu na sala onde ficam os produtos de limpeza. Eu estava passeando pela recepção do hotel até que encontrei essa mesma salinha, e ele estava lá dentro, pois procurava a camareira. Entrei, pelo mesmo motivo que ele (coincidência) e a porta bateu. Quando nos demos conta estávamos PRESOS. Claro que se ficamos presos, conversamos, afinal, ficamos lá dentro por uns trinta minutos. Nossa conversa durou muito e perdemos a noção do tempo. Ele parecia tímido, mas começou o assunto:

        - Oi, você é a menina da sala de embarque não é?! Porque me é bem familiar.

       Minha respiração parou. Meu coração gelou e eu não sabia o que falar. Comecei a gaguejar e respondi:

      - Acho..acho que s..sim! Você também não me é estranho. Mas, me tira uma dúvida. Como se chama?

      - Pensei que não ia perguntar. Meu nome é Gabriel. Mas e você, como é seu lindo nome?

      - Se nem sabe meu nome, porque pensa que é lindo?

      - Não preciso nem te olhar para saber que tem o nome mais bonito de todos. Vai me dizer como se chama ou não?

      - Me chamo Martina, mas todos me chamam de Tini, até meu namorado

      -Ah, namo..namorado?! 

      - Sim, moro com ele e namoro sério a dois anos. Mas porque o espanto?

      - Por nada! Bom vou ficar aqui por 6 meses devido ao meu trabalho como cineasta. Então se precisar de qualquer coisa vou te passar meu telefone!

      - Sério???

      - Não sou de mentir!

      - Não, não é isso! Mas você tá aqui pelo mesmo motivo que eu.

      - Olha só. O que dizem é verdade. O destino não é bobo mesmo.

     Conversamos tanto que nem vimos que a porta já não estava mais emperrada, parece que alguém nos destrancou mas não quis atrapalhar. Voltei para o quarto e peguei no sono apenas lembrando do Gabriel. 

 

                        Gabriel

  

         Nossa, não sei nem o que dizer. Aquela menina é hipnotizante. Seu olhar cor de mel e seu cabelo castanho claro. Não tenho palavras para descrevê-la, pois isso é muito pouco.


Notas Finais


Desculpe pelos erros ortográficos.

Espero que tenham gostado ;)

Próximo capítulo: 18/10/2016 ou 20/10/2016


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...