História Paixão Sobre Duas Rodas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Renato Garcia
Exibições 16
Palavras 1.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


#ForçaChape
#SomosTodosChapecoense
#76EstrelasNoCéu

Capítulo 4 - Churrasco... Part. 2


Fanfic / Fanfiction Paixão Sobre Duas Rodas - Capítulo 4 - Churrasco... Part. 2

Horas Depois...

Já aviamos comprado tudo e estávamos somente chegar nossa vez no caixa... Depois do “quase” beijo que rolou, não conseguia ficar momento algum seria... Aquela cena sempre vinha em minha em minha cabeça e toda vez eu ficava com um sorriso bobo no rosto...

Horas Depois...

Já aviamos pagado tudo, e estávamos somente guardando as compras nos carros (Edu & Aruan) que por sinal não era pouca coisa... Depois de guardar tudo falei.

Eu: Edu você vai chamar o resto da BREAKMEN? -pergunto fechando o porta mala-

Edu: Não sei, você que decide -fala-

Eu: Pode chamar todo mundo -falo e o mesmo afirma com a cabeça-

Fui até minha moto e logo montei na mesma e logo sai do estacionamento... Assim que sai do estacionamento vi Renato “me esperando”.

Eu: O que ainda fazes aqui? -pergunto parando a moto-

Renato: Esperando uma garota -fala e eu afirmo com a cabeça-

Eu: Leva ela para o churrasco também -falo abaixando o capacete-

Renato: Não dá, pois já estou falei que iria pra casa dela -fala-

Eu: Okay então, até mais tarde -falo e logo arranco com a moto-

Não sei por que, mas senti ciúmes quando ele falou aquilo... acelerei o suficiente para alcançar o Edu, mas logo parei em um sinal e fiquei esperando o mesmo abrir... logo ouvi uma voz familiar ao meu lado.

Renato: Oie -fala e eu dou um sorriso de canto de boca-

Eu: Cadê a menina que você estava esperando -pergunto pois não vi garota nenhuma na garupa da moto-

Renato: Ela veio na minha frente... Com certeza ficou  com “ciúmes” e veio embora e nem me esperou -quando ele falou aquilo percebi que ele estava falando de mim-

Eu: Conseguiu alcançar ela? -pergunto irônica-

Renato: Depois de muita luta, consegui -fala e eu começo a rir-

Eu: Vamos? -pergunto me referindo ao sinal que já avia abrido-

Renato: Vamos -fala e eu dou um corte de giro-

Horas Depois...

O churrasco já estava assando... geral da BREAKMEN chegando e a casa ficando lotada... Estava sentada na beirada da piscina com as pernas dentro d’água... Até que logo descido ir vestir um biquíni...

E quando passo na sala vejo uma noticia sobre o time Chapecoense... O mesmo falava que o avião da tripulação avia caído e que poucos sobreviveram e 76 morreram...

Apesar de torcer para outro time, não aguentei e comecei a chorar... Naquele mesmo momento subi para meu quarto, pois não queria que ninguém me visse chorando...

Minutos Depois...

Estava com os olhos meio vermelho, mas nada de mais... Então logo peguei meu biquíni (1), vesti o mesmo e em seguida peguei meu celular...

Desci de cabeça baixa e fui direto para cozinha... Bebi um pouco de agua e logo voltei para o quintal junto com o resto do pessoal...

Edu: Nat -fala e eu vou até o mesmo-

Eu: Diga -falo seria-

Edu: Você viu  a noticia da aquele time né -fala e eu afirmo com a cabeça-

Eu: Chapecoense... Porque? -pergunto curiosa-

Edu: Canta uma musica em homenagem a eles -fala e logo Aruan fala-

Aruan: É só um time de futebol -fala e eu viro para o mesmo com raiva-

Eu: Não é só futebol seu ignorante... São 76 vidas, 76 sonhos, 76 famílias, 76 almas que sonhavam, que lutavam! E que tudo hoje acabou... -falo me segurando para não chorar de novo-

Aruan: Desculpa -fala abaixando a cabeça-

Eu: Tudo bem -falo e logo pego meu celular- O Edu pediu para mim cantar uma musica em homenagem então vamos lá -falo colocando a letra no meu celular- Não vou botar a batida pois canto melhor sem

Ao me deitar no travesseiro eu me lembro
E não consigo acreditar
Em oração eu peço a DEUS que os cubram
E que estejam em um bom lugar
Destino trágico, triste que condenou
Quatro famílias ao limite da dor
E num pequeno gesto de carinho
Cantaremos com amor
Constantemente em nossos pensamentos
Eternamente em nossos corações
Estão no céu do outro lado da vida
E além das ilusões.

Meu DEUS, como eu queria que fosse um pesadelo
Triste, revoltado eu entro em desespero
Que bom seria se eles voltassem
Eles sim fizeram uma viagem
Eles sim fizeram uma viagem...

Assim que terminei todos aplaudiram e eu abaixei a cabeça e levantei a mão pedindo um minuto de silencio... Depois dos um minutos de silencio todos batemos palmas e voltamos a festa...

Horas Depois...

Já estava anoitecendo e estava somente, Eu, Edu, Aruan, Maycon, Matheus, Ravanha e Renato sim é somente eu de mulher na BREAKMEN, o Aruan e o Matheus estavam gravando pinga ou consequência... Logo me ofereceram um shot de pinga, recusei, se não no outro dia não aguentaria andar de moto.

Matheus: Nathalia minha querida, toma uma aqui -fala e eu recuso com a cabeça-

Eu: Não, porque amanhã eu tenho que resolver umas coisas em outro estado -falo e logo todos me olham com uma cara de “O QUE”-

Aruan: Como assim em outro estado -fala-

Eu: São Paulo -falo e logo Edu se pronuncia-

Edu: Euzinho não irei deixar você ir -fala e eu chego perto dele-

Eu: Você deixando ou não eu vou... Irei ver minha família e trazer minha amiga pra passar as férias aqui -falo e logo Matheus me olha com uma cara maliciosa-

Matheus: É bonita? -pergunta-

Eu: Não só bonita como gostosa também -falo-

Matheus: Hm -fala-

Depois de explicar tudo a todos, começamos a conversar sobre assuntos aleatórios e depois de um certo tempo todos começaram a ir embora...

Eu: Renato, fica, eu preciso conversar com você -falo e o mesmo fecha a porta-

Renato: Fala -fala e eu me aproximo-

Eu: Vim terminar o que eu não comecei -falo puxando o mesmo pela nuca-

Beijei o mesmo com calma e logo o mesmo pediu passagem com sua língua... Liberei e logo senti suas mãos descerem para minha cintura...  Parei um pouco o beijo e falei.

Eu: Você pediu somente um beijo -falo dando um ultimo selinho-

Renato: Valeu a pena -fala dando uma piscadinha-

Eu: Agora vai se não o pessoal vai começar a falar merda -falo e o mesmo vai embora junto com o resto do pessoal-

Assim que Renato fechou a porta pude ouvir todo mundo fazendo “HUUUM” “SUPER APOIO” “MELHOR CASAL”  Então logo comecei a rir e subi para meu quarto...

Horas Depois...

Já avia ajeitado as roupas dentro de minha mochila... Mandei uma mensagem para minha amiga avisando que eu iria para lá e mandei outra para os meninos... Logo em seguida tomei um banho, me joguei na cama e dormi...


Notas Finais


http://66.media.tumblr.com/4d6ea31dd3b9f65c97feb932fe3b83b7/tumblr_n8zo81TdQE1tziegio1_500.jpg (1)
https://www.youtube.com/watch?v=9IlpxVJ9td8 (musica).
.
.
.
Nós saímos de Chapecó pra voltar com uma estrela no peito e voltamos com 76 estrelas no céu. #LutoChapecó <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...