História Palavras ao vento - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 93
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Saga
Avisos: Drogas, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


...

Capítulo 32 - Adentro


Fanfic / Fanfiction Palavras ao vento - Capítulo 32 - Adentro


Me perdi nos emaranhados dos meus sentimentos.
Morri aos poucos, momento a momento.

Tudo é repetido neste ciclo vicioso.
Vida e morte ja nao me aflige.
Eu vivo em morte e morro em vida.

Acostumei a andar meio caida, meio de pé.
Tropeços frageis neste chão aspero.

Quando anjos caem com asas quebradas.
eu choro,eu grito.
O céu cinza esta e os anjos dançam ipnotizantes.
Uma dança de morte, nada é como antes.

Deixe-ir, aguente a solidão.
A presença deles destruiria seu ja fraco coração.

Sofrer é viver, e viver é morrer sofrendo.


Notas Finais


Nada importa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...