História Palavras e promessas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXID
Personagens Junghwa, LE
Tags Exid, Hyojin, Junghwa, Tom&jerry
Exibições 15
Palavras 500
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sei lá...

Capítulo 1 - Miss you


Fanfic / Fanfiction Palavras e promessas - Capítulo 1 - Miss you

Junghwa Pov's


Sabeeu sinto falta, de tudo.


De me sentir triste mas isso mudar quando você me chamava, mandando um simples "oi" ou alguma, a outros olhos, sem noção, mas que pra nós fazia sentido e me fazia sorrir.


Sinto falta de me sentir uma idiota, sorrindo pro meu celular vendo suas mensagens, seu jeito de escrever, aquele jeito que eu reconheceria em mil outras mensagens. 


Sinto falta de poder ser quem eu sou, e saber que alguém me ama por isso... ou amava.


Sinto falta de rir, cobrir meu rosto e rolar pela minha cama, com vergonha de alguma coisa bonitinha que você falava, sinto falta de me sentir uma idiota apaixonada...

Sinto falta de um "nós" que nunca existiu, um nós que só exista nos meus sonhos... e que sonhos. Sempre me dizia que queria dormir pra sempre, eu também mas só se meu sonho fosse "nós"


Tudo isso foi tão mágico, por um momento cheguei a acreditar que poderia ser real, que um dia nossas palavras pudessem vir a se tornar realidade. Por exemplo, aquela minha promessa de beijar seu pescoço em meio a nosso primeiro abraço, de mexer em seus cabelos enquanto sua cabeça estaria delicadamente deitada sob minhas pernas.


Não importaria o lugar, poderia ser qualquer um, desde um belo parque pra deixar mais clichê essa história que não acabou como os clichês que você sabia que eu amava, tanto como poderia ser um apartamento qualquer, com uma bela vista da cidade. Contanto que eu estivesse do seu lado, nada mais me importava. 


Mas por que agora tudo não parece nada mais que palavras?


Porque foram palavras ditas, promessas feitas, e sonhos criados, por uma idiota apaixonada. A mesma idiota que escrevia seu nome no pulso, na hora daquela aula chata, que meus pensamentos de resumiam em você, a mesma idiota que chorou escrevendo isso. A mesma idiota que implorou sua confiança, ela te disse, pediu, com todas as palavras: Você pode confiar em mim?


E aquele: "Talvez eu não possa...", doeu e você não sabe como. Mas estava tudo bem, ela entendia 


Essa idiota que ainda não acredita na ideia de perdê-la, mas, infelizmente, essa idiota apaixonada, teve que aceitar e deixar ir, deixar uma grande paixão adolescente voar com o vento, junto com as palavras e promessas, os sonhos e os desejos...


Eu sei que ela jurou nunca te abandonar, e ela cumpriu sua parte da promessa, ela ainda quer estar do seu lado mas você parece que esqueceu da idiota apaixonada que disse com todas as palavras aquele "eu te amo", que ela nunca havia dito tão verdadeiramente. 


E eu sei que, agora, mesmo que demos água para nosso canteiro de flores, que era tão lindo, as flores não passam de memórias, palavras e promessas que o vento levou.


Talvez, somente talvez, tudo isso seja apenas uma das coisas simples que o vento nos trás, e, com a mesma intensidade, ele leva embora. 


Mas você sabe que eu só quero que você seja feliz, mesmo sabendo que tudo nunca passará de apenas palavras...


Notas Finais


Como eu disse: Sei lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...