História Palhaçus Retardadus - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Burrice Humana, Zueira
Visualizações 15
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Sentai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


(Foto:Quando a Isa buga a nossa mente.)

Mais um capítulozinho♡

Boa Leitura!

Capítulo 22 - I'm in Alagoinhas?


Fanfic / Fanfiction Palhaçus Retardadus - Capítulo 22 - I'm in Alagoinhas?

Crystalline on:

Eu fiquei o dia inteiro observando a Soldada X,mais conhecida como Cebollinha.

Ela não fez nada...Por enquanto...

Mas então eu raciocinei,o Ryan não gostaria de matar aquele pessoal tão cedo.

Então provavelmente ela não faria nada.

Nesse tempo que eu tinha,eu fui para o meu antigo apartamento descançar um pouco.

Chegando lá,ele estava todo cheio de poeira.Também! Eu ficava mais tempo na mansão do Ryan do que aqui.

Tomei um banho pra refrescar a mente e depois comi umas coisas que não estavam vencidas ainda.

Depois de ter organizado UM POUCO a casa,eu voltei pra lá,observar a casa do Egoist.

Na casa do Egoist...

Que merda. ..

Eu fiz cagada,de novo.

A casa estava destruída,e eu não havistei a Isa por lá.

DROGA!

Os únicos que tinham lá,era o Egoist,aquele garoto chamado Daniel e a tal Nightmer.

As outras garotas não estavam lá.

Eu me surpreendi ao ver a Cebollinha desmaiada no chão.

A tão amada "arma" do Ryan.

Ninguêm nunca conseguiu derrota-la.

Não é a toa que esse Egoist é nível SS.

Agora vem a questão na minha mente,eu vou até eles,ou não vou?

Isa on:

Mano,eu acordei na puta que pariu.

Mas num era a floresta dos 7 anões,tava mais pra mansão da PlayBoy.

-Eu tô em alagoinha?-Falo.

TAQUEPARIU

Fui me levantar mas as minhas pernas e os meus braços estavam amarrados.

-EU SÓ ME FODO NESSA DISGRAMA CHAMADA VIDA!-Gritei para acabar com essa PALHAÇADA.

TÔ PUTA JÁ.

Eu começo a escutar barulhos de passos.

E para a minha infelissidade,era o cuzaum chupa pau da porra.

-Mano,C tá zuano com a minha cara,né?-Falo pro Ryan.

-Algum problema?-Pergunta ele.

A disgraça tava bebendo Whisky,mano,EU QUE QUERIA ESTAR BEBENDO.

-TEM TODO FUCKING PROBLEMA,ZEU VEADO,VADEA,PIRANHO!-Grito.

-Noza,tenha cuidado com a violência.-Fala ele.-Fico feliz em ter visitas aqui.-Fala ele sarcasticamente.

-A VISITA QUE VAI ARROMBAR O SEU CÚ COM UMA VASSOURA!-Digo.

-Você está indefesa,eu posso fazer o que EU QUISER com você.-Fala ele.-E você ficou desmaiada quase a manhã inteira,come isso.-Fala ele colocando um Snickers na minha boca.

Mas eu moido o dedo dele.

-AIAI,VC FICA VIOLENTA QUANDO TÁ COM FOME.COME A PORRA DO SNICKERS!-Diz ele.

Mano,ele ia me bater mais desistiu.

Ainda bem,se não ele estaria fazendo uma invocação do mal.

-Quer saber? Fica aí sozinha e com fome,desisto.-Falando isso,ele vai embora.

-Aff...-Digo.

Véi,eu tava cagada de fome.

Mas eu sou orgulhosa demais pra admitir isso.

Eu tava amarrada num fucking chão,e pra piorar,o azuleijo era frio e torto.

AI MEU SANTO TOC!

5 minutos depois xingando as coisas de tudo que era nome...

-CHÃO FILHO DUMA PULTA,EU QUERO QUE VOCÊ SE FODA!-Falo.-E VC TÁ OLHANDO O QUE,PAREDE? ENFIA ESSE VASO NO MEIO DA SUA FUÇA.

Acho que eu tô com alguma doença.

Até que a porta daquele local é arrombada por uma muié.

Mano,me senti feia perto dela.

Que bosta,hein?

-Então é você que o meu bebê anda observando?-Diz ela chutando a minha barriga.

-Não zei quem é.-Falo.

-Claro que sabe,vc está na casa dele.-Fala a mulher.

-Ah! Aquele vadea piranhuda do Ryan?-Falo.

-Aham,esse mesmo.-Fala ele.

-Moça pq tá me espancando? O que eu fiz de errado pra vc?-Pergunto.

-Nasceu.-Diz ela.

Porra,essa doeu no cú.

Depois de meia hora sendo espancada brutalmente...

Ela chuta o meu rosto.

-AI QUE DELICIA,CARA!-Falo.

Eu sou masoquista.

Entenda.

-Masoquista do caralho.-Fala ela saindo de perto.

Ela espalhou combustível por todo o local.

Ah não...

Se tá me zuano...

-Quer saber? Queime no fogo do inferno.-Fala ela.

-Mas você é o diabo.-Falo sinceramente.

-VAI ZE FUDER!-Diz ela tacando fogo em tudo.

Daí ela foi embora.

Tava tudo pegando fogo,bicho.

-Quer saber? Vou assistir atentamente o meu fim.-Falo.-BULTOURUNE FIREEEEEEEEEE OH

FIREEEEEE

BAUAUAU

EH OH EH OH

BAUAUAU

EMBORI SEI LALALALA

SEI LALALA 

SAMIRA,SAMIRA TURNI IRÃÃ

BULTOURUNE

EH EH OH EH OH

FIRE XINMAI TCHE TIARNE ROU

FIRE KYOUKAAA

OH YEAH

TIM COME PAPA 

AU

HA HA HA HA

INSANTIBUTABURA

BAUAUAU

Mas antes de eu terminar o meu excelente canto em devoto ao BTS,um capeta abre a caralha da porta.

-ISA,VC TÁ AQUI?-Fala a voz.

Oia,eu queria ser resgatada pelo diabo de verdade,não o projeto.

-NÃOOOO,EU TÔ EM MISSISSIPI.-Falo.

Tipo,o baguio tava CHEIO de fumaça,eu tava começando a tossir,e não dava pra enxergar nada.

-Achei!-Diz ele pegando uma adaga e cortando os negócio que tava me amarrando.

Mano,eu tava colapsano.

O cheiro de fumaça tá muito forte.

-Aguenta aí,okay?-Fala ele me levantando.

-Idiota,falar isso pra mim é a mesma coisa que dizer "DISMAIA DISGRAÇA".-Falando nisso,eu novamente desmaio,e caio pra trás.

Eu escutei ele falar "QUE BOSTA!"








Notas Finais


E então?
Era isso...
Beijos♡ #QQTÁACONTECENO?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...