História Panic- Muke Clemmings - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Tags Ashton Irwin, Calum Hood, Cashton, Luke Hemmings, Michael Clifford, Muke
Exibições 102
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey everybody

Mais um caputilo, espero que gostem :')

Capítulo 19 - Capitulo XVIII


Depois de jantar,eu e Michael demos boa noite e subimos para o quarto dele, eu iria dormir lá... Entramos no quarto e minha cama já estava pronta, não era cama, era um colchão aparentemente confortável

-Já está com sono?-Michael me pergunta

- Não- respondo  e o olho

- Minha mãe separou um short meu para você - ele me entrega- E pediu para você pegar uma blusa minha - ele diz e eu concordo

- Escolhe a blusa você- peço

- Ok- ele diz indo até o guarda-roupa e abrindo as portas , logo mexendo nas blusas, a maioria era preta - Toma - ele estende a blusa em minha direção

- Do Green Day?- pergunto sorrindo

- Gosta?- ele sorri

- Muito- respondo

- É uma das minhas favoritas- ele sorri e eu retribuo o sorriso

- Já volto- falo indo até o banheiro e fechando a porta, segurei a blusa e cheirei... Tinha o perfume dele, que perfeito... Tirei minha blusa e coloquei a de Michael, aproveitei e tirei minha calça, colocando o short que a mãe dele me emprestou.

- Ficou bonita em você- ele diz e sorri para mim

- Obrigado- sorrio colando minha roupa dentro da mochila que tinha trazido

- Quer ver um filme?- ele diz pegando o notebook

- Claro- respondo

- Senta aqui- ele diz e eu ando até a mesma e me sento ao lado de Michael - Que filme quer ver?- ele pergunta

- Qualquer um -respondo sorrindo, e ele começa a procurar um filme...

(...)

Já estávamos na metade do filme quando o sono bateu, encostei minha cabeça no ombro de Michael e tentei prestar atenção no filme, o que não estava sendo nada fácil

*Michael Clifford POV*

Senti o Luke encostar a cabeça em meu ombro... E alguns minutos depois o peso ficou um pouco maior... Acho que ele dormiu

- Lukey?- a chamo e não obtenho resposta, fecho o notebook e suspiro, depois de quase acordar ele, eu consegui colocar o mesmo deitado na minha cama... Minha dúvida é se eu durmo aqui também ou deito na cama que minha mãe arrumou...

Levantei e guardei meu notebook, e logo apaguei a luz, suspirei e deitei na cama em que minha mãe arrumou, me deitei e me cobri... Eu não estava com sono... Então fiquei jogando jogos aleatórios que tinha no celular... Mas depois de um tempo peguei no sono...

(...)

Acordei com alguém me balançando, olhei e vi Luke praticamente em cima de mim

- O que está fazendo?- ele perguntou e fecho os olhos novamente

- Dormindo-respondo

-Por que não me chamou para dormir aqui?- ele pergunta

- Porque você estava dormindo de um jeito tão bonitinho que deu dó de te acordar- respondo

- Vai deitar na sua cama- ele diz

- Só de você deitar comigo- falo

*Luke Hemmings  POV*

Eu realmente estava  ouvindo aquilo? Michael queria que eu deitasse com ele?

-O que?- pergunto

- Deita comigo- ele diz e me olha

- E sua mãe?- pergunto

- O que que tem?- ele se senta

- O que ela vai pensar se ver a gente?- pergunto

- Só vamos dormir Luke- ele se levanta e eu me levanto junto 

- Ok- respondo e ele anda até a cama, logo se deitando... Estava com receio de me deitar ao lado dele, eu estava acostumado a ficar próximo do Michael, mas não a ponto de dormir com ele... Sei que ele não vai fazer nada, mas... É estranho... Depois de tomar coragem, me deitei ao seu lado, me virando de costas para ele

- Lukey- ouço ele me chamar

- Oi- me viro para olha-lo e vejo o mesmo me olhando

- Será que eu podia te dar um beijo?- ele diz baixo, é incrível como eu acho o Michael incrivelmente fofo até pedindo para me beijar

- Pode- digo e em questão de segundos ele já estava me beijando, eu não sei se já disse, mas amo o beijo de Michael, aqueles lábios me deixam dormente, aqueles lábios são definitivamente uma droga... Ao finalizar o beijo Michael se deitou novamente

- Boa noite- ele disse fechando os olhos

- Boa noite- respondi e fiquei o olhando... Não sei como é possível Michael nunca ter beijado alguém alem da sua prima antes, ele é um garoto tão lindo, o sorriso e seus olhos verdes chamem a atenção de qualquer um... E esses lábios dele são beijáveis demais, e sem contar que são quentes... Eu queria ter o Michael pra mim eternamente, porque definitivamente ele está se tornando um vicio e uma das pessoas mais importantes da minha vida

(...)

Acordei sentindo um peso em cima da minha cintura, uma mão quente em torno da minha barriga e uma respiração gostosa na minha nuca... Com certeza era Michael... Olhei para sua mão em minha barriga e eu definitivamente gostaria de saber o porque dela estar dentro da camiseta que eu estava usando

Respirei fundo e fiquei parada, se eu mexesse aconteceria uma das três coisas que eu estava pensando... Ou Michael iria acordar, ou ele iria se afastar ou me puxaria para mais perto dele... Eu realmente quero muito que a terceira opção ocorra, mas tem grandes possibilidades da primeira acontecer... E isso não me agrada nem um pouco...

Escutei passos no corredor e fechei os olhos, se a mãe dele entrar aqui, ela vai surtar, tenho toda certeza do mundo... E se ela pensar que eu e Michael... Ai meu Deus... Ouvi a porta se abrir e prendi a respiração, já esperando pelo grito da Dona Karen 

- Meninos- ouço ela chamar- Está na hora de acordar- ela diz e eu levanto a cabeça

- Obrigado- digo baixo

- Acorda o Michael pra mim querido?- ela pede e eu concordo, ela logo fecha a porta e eu respiro fundo, deu tudo certo

- Michael- o chamei e me virei de frente a ele

-Hm?- ele murmura

- Acorda- peço e ele se vira ficando de barriga para cima e com o rosto virado contra minha direção

- Eu quero dormir- ele diz

- Eu vou embora daqui a pouco, e não quero ir sem te dar tchau- falo e passo a mão pelo seu cabelo

- Fica- ele pede

- Não posso e sua mãe já veio nos chamar- falo e ele suspira abrindo os olhos

-Certo- ele me olha- Já vamos- ele diz

Depois de tanto eu quanto Michael se levantar e fazer nossas higienes matinais, resolvemos descer... Na verdade Michael não queria, mas conseguir convence- lo a ir; Ao descermos ouvi a mãe dele rir e alguém falar, Michael que estava andando a minha frente parou imediatamente

- Sobe- ele implora- Anda- ele diz tentando me empurrar

- O que foi?- pergunto me mantendo no mesmo lugar

- Ele está aqui- ele me olha assustado... Ele quem?


Notas Finais


Eai... Quem vocês imaginam que ele está falando? Haha

Desculpa demorar pra postar,sorry

Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...