História Paper Hearts - JiKook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Destino, Jikook, Kookmin, Romance Gay
Visualizações 61
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!
obs: continuação do capitulo passado, eles ainda vão estar na escola.

Capítulo 3 - 02 - Mixed Feelings


-Então, vamos a onde na sexta? - pergunto ao Tae, estamos indo ao refeitório.

-Hum... vamos numa boate. - sentamos numa mesa um pouco afastada do pessoal.

-Voce sabe muito bem que n...- ele me interrompe. 

-Eu sei que não gosta, mas voce nunca foi então não pode ter tanta certeza... vai que ache legal, olha vai comigo se não acha legal eu te trago pra casa e nunca mais te convido pra ir, tá bom?

-Aish... se me deixar sozinho, beber... - ele me interrompe de novo.

-Não vou te deixar sozinho. - fala revirando os olhos.

 

 

As horas passaram se arrastando, juntamente com as aulas, juntamente como minha vida, sabe quando voce ver que não tem razão para sua existencia? que voce apenas existi e não vive? fico procurando motivos para continuar aqui... Olho para cada um na minha classe com toda certeza eles tem algum objetivo, algum sonho que querem alcança-lo,e certeza também que seus pais os apoiam, e eu os invejo por isso por terem seus pais ao seu lado, nem que esteja somente um deles pai ou mãe, eles estão ali para os protegerem, invejo por terem sonhos e objetivos por terem vontade de viver. Fico tão preso aos meus pensamentos que nem percebo que as aulas acabaram.

 

-Cê vai ficar aí mesmo? - Tae pergunta próximo ao me ouvido me fazendo arrepiar,me assusto e mesmo encontra - se rindo de mim.

-Aigooo seu retardado me assustou! - ponho a mão no coração, tento acalmar a respiração. - Ué as aulas já acabaram?

-Cê tá vendo o professor aqui na sala? 

-Ah vai se catar Taehyung. - pego minha mochila arrumo minhas coisas e saiu junto do Tae.

-Quer ir lá pra casa?

-Acho melhor não... tenho algumas coisas pra fazer...

-Tudo bem- fala sem graça.- Te vejo amanhã?

-Até amanhã...

 

Faço o caminho de sempre até chegar na parada de ônibus, a qual se encontra vazia, o ônibus não demora a vim.  faço sinal, o mesmo para, pago minha passagem e sento lá no fundo, ponho meus fones de ouvidos e mais uma vez as horas passam se arratando...

 

~Quebra de Tempo~

 

Ele está aqui, isso é real?

encontro-me em meu quarto deitado na minha cama, o lugar tem pouca iluminação. ele vem até mim sorrindo sacana, o ar parece desaparecer de meus pulmões, o mesmo está perto demais. Ele sorrir da mesma forma como sorriu no dia em que nos vimos, foi hoje? ontem? eu não sei, só sei que ele encontra-se aqui comigo.Como chegou aqui? também não sei, eu só quero saber de seus lábios coladinhos no meu, e como se lesse meu pensamento ele me beija.Um beijo  feroz, sua língua adentra na minha boca sem permissão ele fica por cima de mim, suas mãos passeiam pelo meu corpo, ele aperta meu membro fazendo- me gemer e soltar arfares  entre o ósculo.

Ele se afasta um pouco, olha nos meus olhos e sorrir, depois ataca me pescoço fazendo-me arfa e gemer feito um louco, ele beija, morde, chupa me leva a loucura. Ele tira a minha camisa , chupa meus mamilos, abdômen, umbigo. tira minha calça juntamente com minha box. ele me fita, orbes escuras, cabelos bagunçados, lábios vermelhos, gotas de suor escorrendo pelo seu rosto, excitação, sexo no ar, um verdadeiro pornô.

Ele começa uma masturbação lenta, deliciosa, não demora muito e ele já estar fazendo movimentos rápidos arrancando-me gemidos e mais gemidos  mordo meu lábio inferior, tento abafa os gemidos mais é totalmente em vão. Ele para e antes de reclamar o porque dele ter o feito, sinto o abocanhar meu pênis o mesmo me chupa com maestria me fazendo estar tão entregue a sí, grito de prazer, as sucção são intensas fazendo com que a minha  glande tocasse a garganta dele. aperto os lenções da cama de tanto prazer. Me ajeito na cama para que posso olhá-lo, seus olhos transmitem luxúria, desejo ele mantem o contado visual, troca de olhares tão intensas, sinto meu orgasmo vim e então ele simplesmente desaparece...

Acordo atordoado, suado e ofegante e com um probleminha pra resolver.


Notas Finais


Tentarei fazer capítulos maiores ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...