História Paper Hearts - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, V-hope, Yoonmin
Exibições 10
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiieeee, espero que gostem, obrigado pelos favoritos, dêem amor pra a amiguinha aqui, Okay? Boa leitura!!

Capítulo 5 - Um doce sabor negro.


Fanfic / Fanfiction Paper Hearts - Capítulo 5 - Um doce sabor negro.

O vento daquela tarde de outono era agradável, após o Suga ter me arrastado para fora de casa, ficamos andando sem rumo, calados, ele fitava o horizonte e eu somente acompanhava-o, estava meio sem jeito, não sabia o que falar, quando olho para o chão e vejo que ainda estávamos de mãos dadas, como não percebi? - "Será que ele também não percebeu?" - murmurei.

- Hmm?? - ele me olha.

- O que foi..? - pergunto.

- Disse algo? - ele volta a fitar o horizonte.

- Não... Acho que pensei alto...

- Acha? Nem se pensou alto sabe? - ele começa a rir

- Yah! Foi uma expressão! - olho para ele fazendo bico.

- Eu sei. - ele rir e dá um "peteloco" em minha testa, quando do nada ele olha para baixo e fica vermelho. - Desculpe-me... Não percebi... - ele solta minha mão.

- Oh, nem eu. Tudo bem. - falo e sorri ele corresponde com um sorriso tímido.

Tá... Eu percebi, mas ele tava calado, pensando, não quis atrapalha-lo, por isso não soltei sua mão.

- Yoongi?

- O que é? - ele me olha com uma expressão curiosa.

- Por que saiu daquele jeito? - pergunto.

- Por causa do meu primo.

- O que ele tem haver? - desvio meu olhar para uma banca de revistas - A não ser que você go...

- Não, eu não gosto dele, se é esta a pergunta que irá fazer. Talvez eu goste por ser meu primo, mas não da forma que imaginou.

- Então por que ficou daquela forma?

- Por causa da hipocrisia. - ele para. - vamos nos sentar? - direciona seu olhar para um banco.

- Vamos. - ele se senta e eu também. - Por que, hipocrisia?

- Você é curioso, hein? - fico cabisbaixo. - O Tae e eu... Já dormimos.

- Sério? - pergunto incrédulo.

- Sim... Ele dizia me amar. Eu sempre acreditei, e mesmo não sentindo nada por ele, aceitei. - ele olha para o céu.

- Ficou com ciúmes?

- Não. - ele rir - Só achei hipócrita da parte dele, eu não ligo quem ele pega, dorme ou sei lá, não dou a mínima, não tenho mínimo interesse por ele.

- Entendo, então você me usou?

- Anh? Não, só queria sair de lá, e chamei você. - ele rir e levanta-se. - Vem. - ele me puxa indo em direção a banca de revista vista minutos antes.

- O que veio fazer aqui? - ele pega um mangá que olhei minutos antes e me dá, era do meu anime favorito, " Black Stage". - Pra quê isto?

- Pra você, ué. - ele paga e me dá.

- Ahn, por que? Como sabia que eu queria?

- Por que sim. Toma. - ele olha o mangá rir   e me entrega. - Então você é um fã de Yaoi...

- É... Sim, por que?

- Nada...

- Que seja, não posso recusar.  - ele rir e bagunça meu cabelo. - Filho da puta! Não bagunça!

- É assim que agradece seu Hyung? - ele pergunta e dá um sorriso de lado.

- Ah, Okay. Muito obrigado, Hyung. - falo em um tom sarcástico. - Melhorou?

- Bem melhor. - ele se aproxima de mim lentamente enquanto sua mão ia em direção ao meu rosto. Droga! Por que estou tremendo??! Que poha de sensação é essa???! Sinto minhas bochechas queimarem, enquanto ele se aproxima, aaaaaah, merda, ele vai fazer isso mesmo???! Fecho meus olhos e sinto sua mão em meu cabelo, ele estava arrumando minha franja. - Pronto. Estava bagunçado. - respiro profundamente aliviado e ele rir - Devia arrumar o cabelo antes de sair.

- Eu arrumei! Mas alguém fez o favor de bagunça-lo, quem deve ter sido? - falo com um olhar mortal direcionado ao mesmo.

- Mínima idéia. - fala ironizando.

- Sínico.- falo e olho para ele, que estava distraído - Vamos tomar um milk-shake?! - ele me olha e assente. Vamos até o local e sentamos em uma mesinha alta, tinha um espelho defronte a ela, eu sento em direção ao espelho e o Yoongi de costas para o objeto. Pego um cardápio. - Vai querer qual sabor? - pergunto.

-  Quais os sabores?  

- Olhe você mesmo.

- Não, escolhe um qualquer.

- Okay. Moço! - chamo o garçom.

- Sim? - fala o garçom que estava com o bloco de notas na mão uma caneta presa na orelha.

- Dois shakes, grande, um de floresta negra e outro de baunilha com Ovomaltine. - o de floresta negra era chocolate com uma calda de frutas vermelhas. O de baunilha com Ovomaltine, bem, não preciso explicar, né?

- Tudo bem. - ele anota e me dá duas fichas, de numero 18 e 19.

- Qual você escolheu pra mim? - ele pergunta apoiando sua cabeça na parede.

- Floresta negra. - respondi bocejando.

- Isso é bom?

- Talvez sim... Talvez não. - ele pegou um guardanapo e ficou rasgando em pedacinhos. Até que escutei um barulho de sino, os shakes estavam prontos. Pego as bebidas e me sento.

- Até que não é ruim. - ele fala, acho que estava me querendo ver irritado.

- É, não é. - pego os pedacinhos de papel que o mesmo rasgou e jogo nele.

- Aish. - ele fala tirando um papelzinho que grudou nos lábios.

- Yoongi...

- Sim? - ele estava com o queixo sujo - Seu  queixo está sujo. - solto e riso baixo.

- Aqui? - pergunta tentando limpar, sendo que só estava piorando.

- Não, espera. - Me aproximo para limpar colocando a minha mão em seu queixo, ele fez uma expressão assustada e segura meu pulso com força, no intuito de parar-me.  - Yoongi? O-o que foi? - pergunto assustado com sua reação.

- N...Nada, perdão. - ele fala soltando meu pulso.

- Devia deixar sujo, mas vou limpa-lo. - limpo e volto ao normal. Ele ficou sem graça e voltou a tomar seu milk-shake.
  O que deve ter sido está reação? Será que fiz algo de errado? Estava tão divertido..
- Vamos? - ele fala colocando o dinheiro na mesa.

- Sim. - ficamos andando por alguns minutos quando tomei uma atitude e peguei em sua mão, ele não falou nada, somente olhou para o horizonte e segurou firmemente em minha mão, atraindo o olhar dos mais velhos por perto.


Notas Finais


OIIIEEE, CURTIRAM O EP?! ESPERO QUE SIM, BJS, BJS AMO VOCÊS ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...