História Para Sempre - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Once Upon a Time in Wonderland
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Fa Mulan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Wendy Darling, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Captainswan, Emmaswan, Killianjones, Onceuponatime, Ouat
Visualizações 144
Palavras 790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou pensando em fazer outra Fic futuramente sobre um desses capítulos de "Conexão", claro que se for fazer desse eu vou mudar o fim rsrs

Capítulo 24 - Conexão II


Fanfic / Fanfiction Para Sempre - Capítulo 24 - Conexão II

Eu e Killian somos muito felizes, estamos completando 3 anos de casados e de reinado, sou a Rainha Emma e ele Rei Killian de um pequeno e próspero reino. Não tenho dúvida alguma de que fomos feitos um para o outro, somos como um só.
Nos conhecemos em um baile aqui no castelo de meus pais, 5 anos atrás. Sempre gostei de bailes, tudo tão bonito, todos bem arrumados, as mulheres com seus vestido suntuosos... Eu estava no jardim, sentada em um dos bancos, admirando a lua quando ele chegou.
_ Vossa alteza, posso me sentar ao seu lado? - Assim que me virei, vi o homem mais lindo que já tinha visto na minha vida toda.
_ Claro,  mas me chame de Emma, por favor... Eu creio que não fomos apresentados...
_ Ah sim, meu nome é Killian, sou príncipe de um reino não muito longe daqui.
Ficamos conversando ali até o final do baile, tínhamos tanto em comum, seu sorriso era tão lindo, não estava resistindo aos seus encantos. Ele beijou minha mão e disse.
_ É uma pena, minha princesa, mas tirei que partir, porém pode esperar meu retorno rápido, já estou sentindo sua falta, minha querida.
Ele foi embora, me deixando meio triste. Nos 8 meses que se seguiram ficamos nos correspondendo por meio de cartas,  mal podia esperar por sua mensagens, sempre bem escritas e românticas. Mesmo sabendo de sua fama com as mulheres, não conseguia resistir ao seu charme. Depois dos 8 meses, meu pai disse que teria que ir até o reino de Killian e, claro, me ofereci prontamente a ir junto, com a desculpa que papai ficaria muito sozinho. Quando chegamos, Killian estava com um buquê de rosas vermelhas me esperando logo na entrada do castelo.
Bom, resumindo, meu pai não me disse, mas viajamos para acertar meu casamento com Killian, porém eles não me disseram nada, Killian havia pedido para guardarem segredo pô que ele queria me pedir em casamento.
Foi o pedido de casamento mais maravilhoso que já aconteceu na história. Ele me convidou para ver a lua com ele, como quando nos conhecemos, quando cheguei, era um jardim maravilhoso, com árvores cujos galhos formavam arcos, o chão estava coberto com pétalas de flores, nós dançamos sem música mesmo, um olhando fundo nos olhos um do outro. Do nada ele se ajoelhou e me pediu em casamento, claro que eu aceitei!
Depois de mais um tempinho finalmente nos casamos, estávamos tão felizes. A única coisa que Killian não gostou foi o fato de que chamei meu amigo, Príncipe Graham, Killian tem ciúmes dele.
No momento estamos voltando de nossa breve estadia no castelo de nossa amiga, Rainha Regina, minha melhor amiga. Fomos para o baile em comemoração ao nascimento de seu primeiro filho com o Rei Robin, Príncipe Henry. Deixamos meu irmão Príncipe August, no comando do castelo enquanto estamos fora.
Estou aqui conversando com meu marido quando a carruagem para bruscamente.
_ Amor, fique aqui, vou ver o que aconteceu - Concordei com a cabeça.
Assim que ele sai, deixa a porta da carruagem aberta. Eu posso ver a espada passando pelo seu peito, seu grito de dor. Saio correndo da carruagem e me ajoelho ao seu lado, colocando sua cabeça no meu colo.
_ Meu amor, não me deixe, fica comigo, já estamos chegando, vamos conseguir ajuda - As lágrimas escorrem aos montes do meu rosto. Ele coloca a mão gentilmente em meu rosto e diz com dificuldade.
_ Emma... Eu... Te... Amo... - Vejo o brilho do azul de seus olhos irem embora, como se tivessem apagado.
_ Emma, minha querida... Não fique triste, agora você tem a mim - Me viro com raiva pois sei que é o assassino de Killian, mas imediatamente me assusto, não acredito que é ele.
_ Graham? Por quê?
_ Por quê EU deveria ter me casado com você, nossos pais estavam em negociação, mas seu querido paizinho percebeu que você estava apaixonada por esse aí e desistiu - Ele chega perto de mim e passa a mão nos meus cabelos.
_ Agora podemos governar juntos, meu amor. Venha comigo - Ele se levanta e me puxa pelo braço, tento resistir mas ele me segura com os dois braços.
_ Tire suas mãos imundas de mim, seu verme - Mordo seu braço e piso em seu pé com força, pego uma adaga que ele tem no cinto, corro para perto de Killian e me ajoelho.
_ Killian, meu amor, logo estaremos juntos, não se preocupe - Beijo levemente seus lábios já frios, pego a adaga e com toda minha força esfaqueio meu próprio peito, caindo com tanta dor, consigo apenas deitar ao lado de Killian e abraça-lo, então tudo fica preto.


Notas Finais


Eai? Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...