História Para Sempre - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Entre o Agora e o Nunca, EXO, Got7, Os Imortais
Personagens BamBam, Chanyeol, Damen Auguste, Ever Bloom, G-Dragon, Jackson, JB, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Chanyeol, Damen, Ever, Exo, Gdragon, Got7, Imortal, Jackson, Jaebum, Jhope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Nanjoon, Romance, Sehun, Suga, Youngjae, Yugyeom
Exibições 4
Palavras 1.607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei que essa musica que será citada não foi o Debut deles, mas pensem qie isto aqui é apenas fictício e sou apaixonada por essa musica em questão e a dança dela.

Enjoy! ✌😉

Capítulo 5 - Preparação para o Debut


Fanfic / Fanfiction Para Sempre - Capítulo 5 - Preparação para o Debut

Depois daquela festa as coisas começaram a ficar bem dificeis, eu e o Yugyeom estavamos nos encontrando quando não estavamos trabalhando, mas isso começou a diminuir muito quando o mês estava acabando, as vezes estava com todos na sala de dança passabdo os passos, outras estava apenas com Jb, Jinyoung, Jackson e Youngjae criando o sing com eles, e outtas estavamos no estudio de gravação testando os ritmos que teriam a música. 

Sr Park estava tão ansioso com os meninos, ele já sabia do meu casinho, mas deixará claro que aquilo não poderia vazar, ora ou outra eu deixava tulipas por onde o Yugyeom estava e de longe eu via aquele sorriso triste se transformar em um grandioso.

Hoje estaria sentamente juntamente do Bambam, conversando sobre os figurinos, os meninos mesmo que o tinham colocado a esse cargo por ser tão exigente.

- Que tal se no Show fosse todos de ternos preto, parecer os oppas que todas as fãs sonham, por mais que a musica não trate sobre isso, minha opinião é que ficam sexy de terno.

- Você pode falar isso agora eu posso até concordar, mas duvido você convencer o Yugyeom, ele diz que não faz o estilo dele...

- Não temos nos falado tanto assim como eu gostaria, eu estou tão focada em vocês todos, eu sou uma pessoa horrível. 

- Não se martirize, ele odiaria vê- la assim, que tal se você fosse lá em casa de surpresa já que ele esta lá sozinho e todos estão aqui no seu apartamento e perguntasse a ele, ou melhor o cenvencesse._ Bambam pisca para mim e praticamente me expulsa do meu próprio apartamento me dando a sua chave da porta.

Peguei o elevador e fui ate o andar, ao chegar na porta deles e encostei minha cabeça na porta pensando em dar meia volta, coisas assim de surpresa nunca davam certo, sempre estaria acontecendo algo que poderia machucar alguém ou nada e apenas minha mente esta me pregando peças.

Finalmente eu entro, e olho primeiro na sala deles, era um apartamento normal e confortável, minha sala era o apartamento deles inteiro, mas eu o tinha por merecimento, e um dia eles teriam o deles também,  as vezes penso como seria com o meu grupo aqui, se seria o mesmo sucesso.

Continuo andando e chego no corredor dos quartos, eu estava com o sentimento de que não deveria estar ali, antes que pudesse bater na porta do Yugyeom eu ouvi um alto gemido de mulher, eu tive um aperto no coração nesse momento, mas ainda assim bati na porta e o Yugyeom ofegante respondeu.

- Youngjae diga que vou mais tarde, estou ocupado._ ele ri e ouço beijar a moça que estaria com ele.

- E vai estar ocupado por um bom tempo_ aquela que estaria com ele diz e volta a beija-lo.

Eu fico estática, isso não poderia estar acontecendo, tentava conter as lágrimas que escorriam pelo meu rosto, mas nada disso adiantaria, eu corro para fora do apartamento, subo para o meu, antes de entrar limpo meu rosto como se nada tivesse acontecido e devolvo as chaves do Bambam, ele me olha sorrindo.

- Mas já?  Pensei que demoraria com aquele cabeça dura.

- Ele aceitou de boa e sugeriu ser até vermelho o terno._ por um momento Bambam me olha meio desconfiado, mas depois se alegra e finalmente chegamos a decisão de como tudo seria. 

- Então já posso chamar meu estilista, JB se importa de ligar para o Yugyeom subir, o estilista vai tirar a medida de todos, mas não ligue agora, apenas quando eu lhe der o sinal._ ele assentiu, e foi dar uma olhada no que eu e bambam haviamos pensado.

Peguei meu telefone e segui para o estudio de gravação onde ninguém poderia me escutar, fechei a porta atrás de mim e comecei a gritar o mais alto que pude e chorar, deixei toda a magoa vir de uma vez só, por que isso tinha que machucar tanto, aquilo era tão pior quanto todas as vezes que ele morria das suas supostas mortes acidentais, pensei em ligar para Sehun, mas desisti, ele precisava continuar em Londres e eu debuta-los para depois ir ao seu encontro.

Alguém entrou no estudio sem ter batido ma porta e me viu naquele estado, suas mãos me envolveram para um abraço quente e com um tecido tentava secar minhas lágrimas, olhei para cima e vi o rosto do Jinyoung tão próximo do meu.

- Tranca...a..porta...por favor_ disse a ele entre soluços, e ele me deixou por alguns segundos para faze-lo e então voltar para seu abraço quente que me envolvia.

Ele beijava minha testa e fazia carinho em minhas costas com a intenção de me acalmar apenas, em nenhum momento ele quis saber o que havia acontecido, ele apenas cuidou de mim como um bom amigo.

- O Estilista chegou..._ sua voz grossa falou em meu ouvido_ preciso ir, mas assim que acabar eu volto, e trago algo para você comer.

_ Vá,  ficarei bem, apenas não quero ver mais ninguém hoje, diga que após as medidas todos estão liberados._ me levantei junto a ele e ambos saimos dali, ele foi em direção a sala e eu ao quarto de hóspedes, mais conhecido como o meu esconderijo, já que eu fiz questão de que este teria a porta camuflada.

[Jinyoung]

Após vê-la virar o corredor para se esconder dessa vez em algum quarto eu segui para a sala, estavam todos lá menos o Yugyeom,  sabia de alguma forma que o estado dela tinha algo a ver com aquela criança, e foi o momento de que pisei na sala e ele entrar pela porta com o cabelo todo bagunçado e marcas de chupões pelo pescoço, como eu queria soca-lo.

- Desculpe a demora gente, eu estqva arrumando o meu quarto._ disse ele com sua desculpa esfarrapada, que poderia até funcionar com alguns mas não comigo, não depois de ver o estado da Noah.

- E você Jinyoung onde estava?_ perguntou JB, o que levou todos os olhares a mim inclusive do idiota.

- Estava com a Noah, parece que ela estava passando muito mal, e pediu que assim que tirassemos as medidas estaríamos liberados, por que o Yugyeom não vai primeiro? Assim ele pode voltar a arrumar o quarto dele sem problemas.

- Vocês estão aqui a mais tempo podem ir na frente, vou ver como a Noah está._ ele tenta passar por mim, mas seguro seu braço.

- Ela não quer ver ninguém_ ele me olha e eu falo baixo só para ele ouvir_ especialmente você._ e ele me olha supreso.

- Então ta serei o primeiro, qual o modelo, do que vamos vestir no primeiro show?_ perguntou ele se aproximando do desenho_ O QUE?! Terno vermelho?! Eu odeio terno e vermelho é chamativo de mais.

- Engraçado que eu pedi pra Noah ir lá no apartamento pedir sua opinião e até dei minha chave pra ela, e ela voltou tão rápido e disse que você aprovou o terno e ainda sugeriu vermelho, eu até estranhei, mas ficou legal._ disse Bambam 

Yugyeom pensou um pouco e então fez uma cara, agora ele estava começando a entender a burrada que fez, e de repente em sua mão apareceu uma tulipa, a flor estava morrendo, e pude ver uma lagrima escorrer por seu rosto.

[Noah Kali]

Mais tarde quando os barulhos da sala se cessaram e ouvi a porta ser fechada, finalmente sairia do meu esconderijo e ia em direção a sala que estava vazia, mas alguém estaria em minha cozinha, pois ouvia barulhos vindos de la.

Cheguei na porta e estava Jinyoung cozinhando distraidamente cantarolando a nova música que em breve iriam apresentar num show que a MCountdown organizaria, sem que ele percebesse eu me aproximei, e o abracei por trás afundando meu rosto em suas costas.

Senti ele se assustar com o ato e depois acariciar meus braços que estariam ao seu rodor.

- Obrigada por tudo.

- Não foi nada, nada comparado a o que esta fazendo por todos nós,  você realmente precisa ir embora depois que debutarmos?

- Depois do que aconteceu hoje é o melhor para mim, Sehun vai me ajudar, por todo esse tempo eu estava esperando ficar finalmente junto a ele, e ele na verdade é um idiota, nunca pensei que sofreria tanto, as mortes dele doeram bem menos que isso, por que de alguma forma eu sabia que voltaria a ve-lo.

- Entendo, ele tentou ir te ver, mas eu o impedi e acho que entendeu o recado.

- De qualquer forma ele não me encontraria, estava escondida. 

- Ah aqui é fácil, seu apartamento é enorme. Que tal se depois da janta vissemos um filme?

- Terror? Podemos ver no meu quarto, se quiser pode dormir comigo...

- Sério que você gosta desse tipo?_ Disse Jinyoung rindo.

- Romance e Drama me fariam chorar e estou cansada de chorar, vamos jantar e farei minha pipoca especial e ver "Quando as Luzes se apagam".

E foi isso, jantamos e conversamos muito, conhecendo mais um ao outro, enquanto ele colocava o filme no quarto eu fazia a pipoca e pegava uma roupa do Sehun para emprestar a ele, mas a bunda dele era maior que a do Sehun significavelmente não caberia porque Sehun era uma tábua reta e sem bunda alguma, ele decidiu que passaria correndo no apartamento dele e pegaria roupas para ele.

Quando voltou eu já estava de banho tomado e debaixo das cobertas, ele foi tomar banho e eu continuei a sua espera, e então finalmente saiu de la já vestido secando os cabelos. O filme começou e fomos assistindo, eu estava deitada em seu peito e ele me abraçava forte, e comiamos a pipoca enquanto continuavamos a ver, aos poucos minhas pálpebras foram ficando pesadas e meus olhos se fecharam caindo em um profundo sono.


Notas Finais


É isso amores, espero que tenham gostado.
Desculpe por qualquer erro ortográfico.
💋💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...